Sem gol fora de casa? Tricolores comemoram decisão da Conmebol!

Por: Lucas Lima JT

Traumas recentes indicam alívio por parte da torcida são-paulina após decisão da Conmebol de extinguir com a regra do gol fora de casa, nesta manhã (25).

O anúncio foi feito via Twitter, pelo presidente da instituição Alejandro Domínguez e entrará em vigor no próximo ano tanto na Libertadores quanto Sul-americana.

Falo de traumas, pois, quase que em anos  subsequentes o torcedor são-paulino observou eliminações dramáticas por conta da tal regra e nada pôde fazer.

Defensa y Justicia, 2017

Naquela oportunidade o time estava em Maio e já acumulava eliminações tanto na Copa do Brasil quanto no Paulistão, porém, ninguém esperava que buraco seria mais embaixo. Ao empatar por 0x0 na Argentina e levar a decisão ao Morumbi o São Paulo tinha como obrigação fazer um bom jogo e despachar o ainda pouco promissor time do Defensa. Coisa que não aconteceu. Empate por 1×1 e Tricolor eliminado na 1ª fase da Sula.

Lanús, 2020

Dois anos mais tarde o mesmo roteiro era seguido. Sem vitória no jogo de ida na Argentina o São Paulo de Fernando Diniz buscava o resultado minino de dois gols de vantagem para sair classificado.

Com requintes de crueldade após buscar um gol heróico que daria condições de classificação aos 45 do segundo tempo, o torcedor viu a equipe “Granate” descontar minutos depois e terminar com o sonho do são-paulino do bicampeonato. Final de jogo 4×3 pró São Paulo. (Placar agregado: 6×6)

Opinião pessoal:

De fato, tenho uma opinião pessoal que independe de quaisquer revés que o Tricolor levou nos últimos anos com tal regra. Acho uma mudança significativa para o BEM do futebol. Times que agora não tenham medo de jogar dentro de suas próprias casas. Um estilo de jogo que acaba sobressaindo aos melhores times e desfavorecendo idéias de jogos que não me agradam.

Ao lado de seu torcedor, entende-se que o time cresça de rendimento e busque o placar favorável em casa. Porém, com essa antiga regra a equipe poderia colocar a classificação em cheque caso sofresse gols em seu próprio território.

Desculpe, mas não dá pra um time passar para a fase seguinte com dois empates. Isso não entra na minha cabeça. Os gols com o mesmo peso, tanto dentro quanto fora de casa é a decisão mais certa e justa da Conmebol nos últimos anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: