Precisamos falar sobre o Miranda

Foto: São Paulo FC
Foto: São Paulo FC

No início da temporada de 2021, o São Paulo contou com a volta de um grande ídolo do clube: Miranda. Multicampeão pelo Tricolor no final da última década, o zagueiro retornou ao clube 10 anos após usa partida para Europa. Foram diversas temporadas de saudades até o seu retorno.

Neste meio tempo, é nítida a evolução de Miranda como jogador. Contudo pelo Atlético de Madrid, da Espanha, o zagueiro mudou seu patamar dentro do futebol europeu. Inclusive, foi o autor do gol do título da Copa Del Rei dos colchoneros, em 2013.

Em 2015, após anos de sucesso na Espanha, Miranda se transferiu para a Inter de Milão. Pelo clube italiano, enfim conseguiu se concretizar como titular da seleção brasileira, por quem disputou a última Copa do mundo, em 2018.

RETORNO AO SÃO PAULO
Foto: Wander Roberto | Vipcomm
Foto: Wander Roberto | Vipcomm

Ao lado de Hernanes, Miranda talvez seja o último ídolo tricolor em atividade. Retornou ao clube como capitão e referência dentro do vestiário. Pois junto com a sua volta, tivemos o retorno do tradicional e muito vencedor 3-5-2 no São Paulo.

Há 10 anos, quando saiu, o zagueiro se despediu de um tricolor multicampeão. Já no seu retorno, além da expectativa sobre seu futebol, o torcedor tinha uma expectativa de um retorno também dos dias de glória. Isso porque o clube já somava 9 anos sem taças e uma imensa insatisfação do seu torcedor.

Com muito trabalho e dedicação, Miranda e sua experiência foram muito importantes para o título paulista de 2021, que tirou o São Paulo da fila. Porém, assim como aconteceu com o restante do elenco, seu futebol sumiu após a conquista do estadual.

Com a saída de Hernán Crespo, o São Paulo de Rogério Ceni flerta com um 4-1-2-1-2, com um losango no meio-campo. Para isso, seria necessária uma mudança de formação que impactaria, principalmente, o sistema defensivo da defesa. Fato é, que o trio de zaga formado por Arboleda, Miranda e Léo se tornou um pilar desse elenco são-paulino.

MIRANDA É TITULAR ABSOLUTO?
Imagem: GLEDSTON TAVARES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: GLEDSTON TAVARES/FRAMEPHOTO/FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Quando teve todos à sua disposição, Rogério optou por Léo na reserva. Justamente o zagueiro com a melhor saída de jogo e velocidade. Ou seja, não deu outra, foi titular novamente contra o Internacional e Bahia.

Já o equatoriano Arboleda, mostra jogo após jogo que é titular absoluto do São Paulo. Mas não é loucura dizer que hoje, caso opte por um sistema com a linha de 4, Miranda seja reserva do tricolor.

Em termos de futebol praticado, o ídolo do clube é o zagueiro que vem desempenhando menos dentre os três. Entretanto, para o torcedor, pode parecer loucura pensar isso. No entanto, olhando para o time e suas características, Miranda não é absoluto neste elenco.

Deixe um comentário