Na saída do campo, atletas comemoram vitória no clássico, exaltam time guerreiro e agradecem apoio da torcida

(Foto: Reprodução | Premiere)

Na saída do gramado do Morumbi, jogadores conversaram com a imprensa e falaram sobre a importância da vitória no clássico contra o Santos na sexta rodada do Brasileirão.

Hudson

“Mudou a atitude. A gente tava merecendo vencer, já vínhamos de quatro jogos empatando. A torcida acreditou na gente hoje (domingo), lotou o Morumbi, empurrou a gente o tempo todo. Uma vitória que dá confiança e mostra que o trabalho está sendo bem feito”, afirmou o volante na saída do campo para o canal Premiere.

Nene

“Estávamos merecendo, fazendo jogos muito bons. Em alguns detalhes, erros bobos nossos, estávamos deixando escapar. Graças a Deus, hoje (domingo), poderíamos ter feito mais, ali no primeiro tempo tivemos duas chances claras, mas o importante era a vitória e ficar na parte de cima da tabela. O time está de parabéns e temos que agradecer à torcida pelo apoio o tempo inteiro”, revelou também ao Premiere.

VEJA ⇒ Aguirre comemora vitória, explica mudanças no time, mas pede: “Temos que ter mais regularidade”

Sidão

O capitão também falou na saída do gramado: “Costumo falar muito de pagar o preço, então, isso dai é o preço de uma vitória, um jogo como esse, clássico, com intensidade altíssima, essas câimbras ai, o cara ficar até o final, brigando, lutando, esse é o preço que se paga para vencer!”

“Nessa rodada, mesmo se não fosse clássico, era importante somar três pontos. Como fizemos. Logo logo, teremos confiança maior para arriscar mais, ampliar o placar. Clássico é diferente.”

“No Brasileiro, é difícil jogar o tempo todo para cima, porque abre para contra-ataque e você pode levar o gol que te tira a vitória. Mas tivemos chance para matar o jogo. E o importante é manter o resultado do começo ao fim”

Bruno Alves

“Várias situações no primeiro tempo e não fizemos o gol. Eu falei para o Diego (Souza) que, em algum momento, o gol iria sair. Três pontos para dar confiança.”

CONFIRA ⇒ Diego Souza exaltou o grupo são-paulino

“Fomos coroados com três pontos porque fizemos um jogo bom. São Paulo é isso, emoção até o fim. O time foi guerreiro, batalhando até o fim, todo jogador disputando a bola como se fosse um prato de comida. Aguirre deixou claro que tem um elenco, e não titulares ou reservas. Essa rotatividade é importante para todos estarem preparados.”

Entrevistas do Sidão, Nene e Hudson na saída do gramado:

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.