Heróico! Goleiro Júnior pega pênalti aos 44 do segundo tempo e São Paulo está nas semifinais da Libertadores Sub-20

Júnior foi o herói da classificação do São Paulo na Libertadores Sub-20. (Foto: Divulgação/Twitter Conmebol)

O São Paulo enfrentou o Talleres, nesta quinta-feira, em jogo decisivo do Grupo A da Copa Libertadores Sub-20, sediada no Uruguai. Jogando apenas por um empate no Estádio Nacional, em Montevidéu, os meninos de Cotia seguraram a igualdade por 1 a 1 de forma épica e garantiram a classificação para as semifinais. Com um jogador a menos desde o início da primeira etapa, os garotos ainda contaram com defesa de pênalti do goleiro Júnior, aos 44 do segundo tempo.

O treinador André Jardine escalou a equipe com Júnior no gol; Tuta, Walce, Rodrigo e Liziero; Diego, Luan, Gabriel Sara; Igor Gomes, Helinho e Toró.

Pouca emoção e cartão vermelho

O jogo começou truncado, com muitas faltas e pouca bola rolando. A marcação forte das duas equipes não permitiu a criação de oportunidades claras de gol no início do primeiro tempo. O Tricolor até tentou na base da bola parada, mas não ofereceu muito perigo.

Aos 18 minutos, um dos lances capitais da partida. Após falta comum de jogo, o volante Diego recebeu o cartão vermelho direto do árbitro paraguaio, José Acosta. A expulsão injusta revoltou jogadores e comissão técnica do São Paulo, que protestaram bastante com o juiz. Mas já estava decretado e os meninos de Cotia teriam de jogar com dez o restante da partida. André Jardine optou por não mexer na equipe e, sim, adaptar o posicionamento dentro de campo.

Com um a menos, São Paulo se defendeu como pôde na partida. (Foto: Divulgação/Twitter Conmebol)

Com um jogador a mais, o Talleres foi para cima, começou a dominar a posse de bola e controlar o meio de campo. Recuado, o Tricolor conseguiu se segurar sem ceder nenhuma chance de gol ao adversário na primeira etapa. Intervalo de jogo com o placar inalterado.

Que sufoco!

O segundo tempo começou e, de mudança, apenas o uniforme do Talleres, a pedido do árbitro. A camisa da equipe argentina, listrada em azul e branco, tem as costas toda branca e se confundiu bastante com o manto Tricolor na primeira etapa.

O Talleres voltou dos vestiários imprimindo um ritmo mais forte. Logo aos 3 minutos, a equipe argentina teve boa chance de gol, mas parou na defesa de  Júnior. Aos 15, Jardine promoveu as primeiras mudanças no São Paulo, colocando Gabriel Novaes e Fabinho, no lugar de Helinho e Toró, na tentativa de mudar o panorama do jogo.

E deu certo! Apesar do bom início do Talleres, foi o Tricolor que tirou o zero do placar. Liziero, aos 17 minutos, aproveitou rebatida errada do goleiro adversário e marcou um lindo gol de cobertura. 1 a 0 para o São Paulo.

Confira o golaço de Liziero

O jogo seguiu truncado e o Talleres, precisando do resultado, partiu com tudo para cima. Aos 30 minutos, os argentinos conseguiram o empate, com gol de cabeça do camisa 7, Marcos Arturia. Após o gol, o São Paulo recuou novamente e a equipe argentina foi em busca da virada.

De uniforme ‘novo’, Tallares sufocou o São Paulo após o empate. (Foto: Divulgação/Twitter Conmebol)

O final de jogo foi dramático. Aos 42 do segundo tempo, o Talleres anotou o que seria o gol da classificação, mas o tento foi anulado com marcação de impedimento. Dois minutos mais tarde, aos 44, a equipe argentina chegou novamente com perigo à área são-paulina e, dessa vez, o árbitro assinalou penalidade máxima a favor do Talleres.

Foi então que surgiu o herói tricolor nesta tarde de quinta-feira. Cristian Ojeda foi para a cobrança, bateu no canto esquerdo do gol e o arqueiro são-paulino, Denis Júnior, voou para defender a cobrança de forma magistral.

Milagre de Júnior no pênalti a favor dos argentinos; Tricolor classificado. (Foto: Divulgação/Twitter Conmebol)

Após a defesa, sobrou pouco tempo para o Talleres tentar o gol salvador. Jardine tirou Gabriel Novaes e colocou Antony para gastar os minutos restantes. O juiz, enfim, apitou o final da partida, para alívio dos meninos de Cotia, da comissão técnica e de André Jardine. Partida encerrada com o placar em 1 a 1, Tricolor classificado para as semifinais da Libertadores Sub-20.

Confira a defesa do Denis

Sequência

O São Paulo aguarda pelo adversário na semifinal do torneio, que sairá no domingo (18), da partida entre Nacional, do Uruguai e Independiente Del Valle, do Equador, ambos do Grupo C. Já o Atlético Talleres, também estará de olho nessa partida, pois ainda tem chances de se classificar às semifinais como melhor segundo colocado.

Caso a partida entre Nacional e Del Valle termine empatada, a equipe argentina está eliminada da competição. No sábado (17), o classificado do Grupo B será decidido. Libertad e River Plate, do Uruguai brigam pela vaga.

As semifinais ocorrem no dia 21 de fevereiro e o jogo do São Paulo será televisionado. O Tricolor defende o título da competição conquistado em 2016.

Em breve, os gols do jogo. Fique ligado!

Álvaro Logullo

Álvaro Logullo

21 anos, estudante de jornalismo e devoto do São Paulo FC. Filho, neto, irmão e sobrinho de são-paulinos. Apaixonado por estádios de futebol, pretendo ir a todos os jogos do Tricolor, no Morumbi, em 2018. Porque se a fase é ruim, o amor é eterno!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.