Análise de reforço – João Miranda

Análise de reforço - Miranda

O reforço que faz parte das 6 novas contratações do São Paulo para esta temporada foi finalmente anunciado no dia 17 de março.

O zagueiro João Miranda voltou novamente para o tricolor e é o novo jogador que irá fazer parte do elenco comandando por Crespo, e aqui neste texto iremos trazer para você alguns detalhes deste reforço.

Início positivo e ida rápida para a Europa

Com apenas 18 anos, Miranda subiu para o profissional do Coritiba e por lá atuou em 89 jogos.

Em sua primeira temporada profissional, o zagueiro já conquistou o campeonato paranaense e foi destaque do time. Depois de 1 ano e meio atuando, sendo de praticamente titular e tendo boas atuações no time de Curitibano, Miranda partiu para o time francês do Sochaux, no qual teve uma passagem sem destaque de 1 ano e meio.

Por causa da pouca utilização, voltou para o Brasil e foi emprestado ao São Paulo.

CONFIRA→ Análise completa do Éder

Momento de consolidação

Após passagem apagada pela Europa, João Miranda encontrou novamente seu bom futebol no empréstimo ao São Paulo, feito em 2006. Nesta sua volta ao continente sul-americano, o zagueiro evoluiu muito taticamente e foi importantíssimo no pilar defensivo montado pelo então técnico Muricy Ramalho na conquista do tri campeonato brasileiro, o que acabou rendendo também para o zagueiro, sua primeira convocação para a seleção brasileira, feita no ano de 2009. Na passagem de 6 anos pelo São Paulo, Miranda anotou 10 gols e atuou em 260 jogos.

História na Europa e última temporada

Depois de uma passagem histórica no São Paulo, Miranda embarcou no ano de 2011 rumo ao velho continente para fazer história por lá também. Na Europa, jogou na Espanha (Atlético de Madrid) e Itália (Inter de Milão), e fez parte de conquistas como o campeonato espanhol de 2014 e a copa do rei de 2013, título no qual marcou o gol decisivo. Em um diagnóstico completo, pode-se dizer que na passagem de 8 anos do Miranda pelo continente europeu, o zagueiro fez ótimas atuações, atuando na maioria dos jogos e ajudando muitas vezes na defesa com seus cortes e interceptações precisos, mas nunca deixando de lado suas boas chegadas ao ataque.

Na sua última temporada, João Miranda atuou pelo Jiangsu Suning, time chinês. Neste período, o zagueiro anotou 1 gol e 1 assistência e conquistou o título do campeonato chinês. Fazendo uma análise, mesmo com 36 anos, o zagueiro destro alternou entre a posição de zagueiro central e zagueiro direito com muita qualidade, sempre comprometendo pouco e fazendo boas interceptações, cortes e desarmes, demonstrando que ainda tem futebol para render.

 

PONTO FORTE

É um jogador experiente, que já foi capitão da seleção brasileira, e que possui uma carreira muito vitoriosa. Pode agregar muita qualidade ao time e trazer experiência ao elenco.

PONTO FRACO

É evidente que o Crespo está procurando um zagueiro canhoto que atue pela esquerda, e Miranda não se encaixa neste quesito. Além disto, por já ter 36 anos, pode cansar e sentir o calendário pesado e incessante do futebol brasileiro.

Caso tenha alguma correção ou queira acrescentar algo, fique à vontade nos comentários.

Patrick Rehder

Patrick Rehder

Patrick Rehder

Estudante de jornalismo. Colunista e ADM do SPFC 24 HORAS. Twitter: @1caraQualqueer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.