Sessão Emprestados: Os desempenhos e futuro dos jogadores

Reprodução

 

A Sessão Emprestados fala sobre a situação dos empréstimos são-paulinos, vamos ao resumão na temporada de 2021:

Desempenhos –
Goleiros

Denis Junior (Bahia) – Foram 11 jogos pela equipe sub-23, no Brasileirão de Aspirantes, e 4 na equipe profissional, todas durante o Baiano. Ou seja, no rebaixamento do Brasileirão, não jogou, e esteve pouco no banco.

Jean (Cerro Porteño) – Vivia grande fase no clube e estava para ser adquirido em definitivo, pois na Supercopa contra o Olimpia foi expulso antes do jogo, no VAR e… Gerou problemas, Arce criticou postura e disse que reavaliaria contratação.

Mas são 25 jogos pela equipe, sendo 13 vitórias, 6 empates e 6 derrotas, sofreu apenas 16 gols. Pois sua equipe foi a campeã do Clausura no Paraguai,

Zagueiros

Lucas Kal (América-MG) – Em meio a um momento delicado do time no Brasileirão, entrou como primeiro volante com Mancini, pela falta de jogadores. Pois desde então, foram 20 jogos, marcou um gol e deu 4 assistências. Ou seja, ajudou o time a classificar para a Libertadores de 2022.

Teve uma média de 1.6 desarmes e cortes por partida, uma interceptação por jogo, ainda venceu 46% das disputas de bola no Brasileirão. Ainda acertou 79% dos passes, e 57% de bolas longas, sendo que teve média de 3 por jogo. Agradou, e tem contrato até março de 2022 em Minas Gerais.

Volantes

Marcos Jr (Ponte Preta) – Foram 29 jogos pela equipe de Campinas, sendo 25 na Série B, onde ganhou espaço no decorrer. Mas com 19 partidas sendo o titular da equipe, com dois gols marcados e uma assistência.

Acertou 80% dos passes, 41% das bolas longas, mas em desarmes, cortes e interceptação não chegou a ter uma por partida em média. No geral fez uma Série B positiva, jogador raçudo, e colaborou com a equipe na luta contra o rebaixamento.

Tchê Tchê (Atlético Mineiro) – O ‘coringa’ do Cuca terminou a temporada com dois títulos: Brasileirão e Copa do Brasil. Era o titular do time, mas perdeu espaço no decorrer do ano.

Atuou em 57 partidas na temporada, sendo 40 como titular, enquanto no Brasileirão foram 22 de titular. Portanto, perdeu espaço durante. É um jogador de boa média de passe, acertou 93%, mas sem boa média de desarmes, cortes e interceptações, já em disputas vencidas chegou em 40%. Por fim, marcou um gol e deu duas assistências.

Bruno Tatavitto (São Bernardo) – Atuando no sub-20 do São Bernardo durante o Paulistão da categoria foram 18 jogos e 1 gol marcado, foi expulso na última partida contra o Corinthians na eliminação nas oitavas de final, quando o jogo já estava 3×0.

Hudson (Fluminense) – Fez apenas 4 jogos na temporada, e sofreu uma grave lesão no joelho ainda no Carioca. Pois perdeu a temporada, e seguirá tratamento no clube carioca, em 2022 já não terá mais vinculo com o Tricolor.

Meias

Helinho (RB Bragantino) – Em despedida do quadro, pois será adquirido em definitivo. Ou seja, o ponta teve sucesso no Bragantino, foram 55 jogos na temporada, marcou 8 gols e deu 5 assistências.

Além dos números e de ter perdido posição no fim do ano, foi importante na equipe em uma temporada marcante, foi titular em 39 jogos.

Atacantes

Danilo Gomes (Cuiabá) – O ponta batalhador fez 15 jogos no Cuiabá na temporada, além de 19 pelo Goianiense com 3 gols e 1 assistência. Pois o atacante começou bem em ambos os clubes, mas foi decaindo um pouco de produção.

É conhecido mais pelo lado tático do que pela criação de jogadas, portanto tem média de uma interceptação por jogo, enquanto em grande chance criadas no Brasileirão apenas duas em 14 jogos (8 de titular).

Toró (Atlético-GO) – Começou a temporada no Sport, fez 13 jogos, 2 gols e 1 assistência, mas acabou liberado pela sua condição física. Entretanto surgiu o Goianiense…

Pelo clube goiano foram 15 jogos, nenhum como titular… Sofreu com lesões, e fez um gol, somente na última rodada contra o Flamengo, vitória de 2×0.

Tréllez (Sport) – Outro que está em ritmo de despedida do clube, fez 39 jogos pelo Sport na temporada, marcou um gol e deu um passe, sendo aquém do esperado…

Caso queira autorização para postagem da coluna exclusiva do SPFC 24 Horas, podemos conversar, mas entre em contato.

Fábio Martins

Twitter: @fbiomartins1 | Instagram: @fabiomstella

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário