Sessão Emprestados – Helinho estreia bem, Weverson titular e Danilo com moral

Foto: Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

A Sessão Emprestados fala sobre a situação dos empréstimos são-paulinos, essa coluna contará sobre o período entre os dias 06/11 até 16/11.

Desempenhos –

Goleiros

Jean (Atlético Goianiense) – Atuou no empate em 1×1 com o Corinthians, errou muitos passes, por sinal vive uma fase ruim com os pés, errando bastante e chegando a comprometer nas partidas. Foram 22 passes, acertou só 12, e fez uma defesa na partida, no gol sem chance.

Contra o Flamengo foi muito exigido, novo empate de 1×1, 5 defesas, foi uma boa partida do goleiro que deu sustos com a saída com os pés.

Laterais

Weverson (Red Bull Bragantino) – Atuou 72 minutos no empate de 1×1 contra o Santos, foram 3 cortes, 2 desarmes e 1 interceptação, disputou 5 bolas no chão e venceu 3, no geral fez uma partida regular.

Depois foi titular na vitória de 2×1 contra o Botafogo e teve uma atuação melhor, acetando mais as jogadas e seguiu sem comprometer o time, só um lance que foi bisonho ao tentar dominar e sair com a bola, mas nada que comprometesse a atuação regular.

Junior Tavares (Sport) – Foi titular atuando pela ponta esquerda, na partida contra o Ceará, empate de 0x0. Deu 2 cortes na partida, 1 desarme, 1 interceptações, venceu 7 de 14 duelos pelo chão, deu 2 cruzamentos e acertou um. No geral fez uma partida razoável, o Sport se defendeu bastante, e ele foi razoável ajudando no setor pela esquerda,  errou alguns posicionamentos no setor, inclusive fechou a partida na lateral mesmo, e não comprometeu.

Contra o Vasco foram 15 minutos em campo, atuou também com liberdade, venceu 3 de 4 duelos no chão, deu 2 desarmes e acertou 75% do passes, mas não produziu muito.

Zagueiros

Lucas Kal (Nacional-POR) – Titular na vitória de 2×1 sobre o Gil Vicente, foram 3 cortes, 2 interceptações e 1 desarme na partida, venceu os 3 duelos que disputou no jogo. Tentou 14 bolas longas e só acertou 5, deu 60 passes e acertou 47. O primeiro tempo do sistema defensivo do time foi ruim, cometeram dois pênaltis, que o adversário perdeu, depois no fim sofreu gol em cruzamento na bola parada, mas não foi erro direto do brasileiro.

Volantes

Hudson (Fluminense) – Titular nas derrotas para Grêmio e Palmeiras. O volante fez uma partida forte na marcação contra o Grêmio, 4 desarmes, 1 corte, venceu 7 de 13 duelos pelo chão, tentou uma finalização e acertou o gol, foi uma partida ok.

Contra o Palmeiras deu um passe decisivo, deu 2 desarmes, mas no geral não foi das melhores partidas do seu time e nem dele.

Meias

Rafael (Brasil de Pelotas) – Não foi opção nas últimas partidas do time catarinense.

Everton Felipe (Atlético-GO) – Em novembro reapareceu e foi banco contra o Corinthians e Flamengo, mas não entrou nas partidas.

Calebe (Atlético-MG) – Segue sendo opção de banco na equipe profissional do Galo.

Shaylon (Goiás) – O meia ficou fora contra o São Paulo por conta do contrato. Na derrota em casa para o Athlético-PR começou no banco, mas entrou no intervalo, foram 15 passes e 11 certos, 9 cruzamentos e 4 certos, na reta final tentou duas vezes e quase gerou gol, deu um passe decisivo, tentou…

Oliveira (Louletano) – Entrou com apenas 20 minutos contra o Juventude Évora, e atuou 70 minutos na derrota de 1×0. Foi titular contra o Moncarapachense, vitória do seu time por 3×1, fora de casa, sem maiores detalhes sobre a atuação, mas o meia reconquistou seu espaço na equipe titular, bom sinal.

Helinho (RB Bragantino) – Chegou com moral sob muitos elogios do técnico Mauricio Barbieri: “É um jogador que tem capacidade de desequilíbrio muito grande, um driblador nato, um jogador de boa técnica, que tem boa leitura e consegue se associar bem, jogando aberto ou jogando por dentro. É claro que temos que ter um pouco de cuidado em relação a expectativa, porque o Helinho ainda não veio a campo. Precisamos ver como ele vai vir, como vai se ajustar ao nível de intensidade, de agressividade que a equipe vem apresentando”.

E estreou nesta segunda-feira (16) na vitória de 2×1 sobre o Botafogo. Entrou com muita vontade, atuando pela ponta esquerda, logo tomou cartão amarelo por entrada forte no adversário. Depois participou de dois lances polêmicos, no primeiro pênalti que o juiz decidiu não dar no VAR, após cruzamento dele na esquerda e o Arthur finalizar, ia ser gol, mas teve um corte no caminho. No segundo fintou adversários pelo meio, tocou e o defensor do Botafogo chutou a bola que bateu na mão de outro companheiro, pênalti e o gol da vitória veio nesta cobrança do Claudinho.

Atacantes

Danilo Gomes (Brasil de Pelotas) – Na vitória do Brasil de Pelotas de 3×0 contra o Cuiabá, Danilo Gomes atuou 84 minutos, e fez uma boa partida, curioso que o melhor número foi de interceptações, foram 7 na partida. Tentou duas finalizações, uma no gol e outra bloqueada, colaborou na excelente vitória contra o time sensação da Série B.

Contra a Ponte Preta, empate em 1×1 e apesar de vencer 4 dos 5 duelos disputados no chão, produziu muito pouco, um cruzamento e duas bolas longas, mas pouco produtivo no jogo.

Calazans (CRB) – Segue em tratamento de grave lesão no joelho…

Gabriel Novaes (Bahia) – Ele voltou! Depois de empréstimo para o Juventude sem grande sucesso, o centroavante atuará pelo Bahia, deve ficar até o fim de 2021 no clube baiano.

Indefinidos

Caique e Caio Felipe seguem sem um destino, Caio Felipe junto com dupla do sub-20 completaram treino da seleção brasileira no final de semana no CT do São Paulo. Enquanto o Felipe Camargo que pouco atuou no sub-20 do clube em 2018, partiu para o Avaí em definitivo.

Caso queira autorização para postagem da coluna exclusiva do SPFC 24 Horas, podemos conversar, mas entre em contato conosco.

Fábio Martins

Twitter: @fbiomartins1

Instagram: @fabiomstella

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.