São Paulo viaja até o interior do estado para enfrentar o Franca. Duelo é válido pelo jogo 2 das semifinais do Campeonato Paulista de Basquete

 

Levi Bianco/saopaulofc.net
Levi Bianco/saopaulofc.net

O São Paulo saiu derrotado no primeiro jogo da semifinal diante do Franca, perdendo por 89×77. Com o revés, viu o adversário abrir 1-0 nas série e ficar a apenas uma vitória de se classificar para a final do Campeonato Paulista de Basquete.

JOGO 1

O tricolor paulista não contou com o ala-armador Desmond Holloway na última partida, um dos titulares e pilares do esquema de Cláudio Mortari sofreu uma lesão no ombro e perderá o restante da competição. A perca do atleta mudou a maneira de jogar da equipe do Morumbi, que teve novamente problemas com a rotação e a falta de banco no jogo 1, sofrendo com cansaço e também com a rotatividade da equipe francana. Jalen Jones, substituto de Holloway nos 5 iniciais, fez uma boa partida e deve ser mais utilizado no jogo 2, junto também de Cassiano Bueno, que deverá ter mais minutos.

O QUE ESPERAR DO JOGO 2?

O esperado é uma vitória do SESI Franca, que enfrentou o São Paulo três vezes na competição e ainda não sabe o que é perder para a equipe tricolor, e não deve ser diferente nesse domingo, os francanos são favoritos para garantir a classificação ás finais novamente, já que foram campeões paulistas no ano passado. É claro que o São Paulo pode surpreender o time do interior paulista e sair do Pedrocão com uma vitória, mas é uma situação muito difícil. É importante ressaltar que o Franca é uma das equipes com maior investimento no basquete nacional, sendo o atual vice-campeão do NBB, possuindo atletas a nível de seleção. Bater de frente com uma equipe desse porte, ainda mais no segundo ano de projeto é algo que não entra nos planos de um time vice-campeão da Liga Ouro.

FICHA TÉCNICA:

Jogo: Franca x São Paulo

Local: Ginásio Pedrocão, Franca (SP)
Data: 29 de setembro, às 18h.

Transmissão: GCS Sports (YouTube)

PROVÁVEIS TITULARES:

São Paulo: Georginho de Paula, Jalen Jones, Shamell Stallworth, Jefferson William e Renan Lenz. Técnico: Cláudio Mortari.

Franca: Luciano Parodi, Leonel Schattmann, David Jackson, Lucas Dias e Rafael Hettsheimeir. Técnico: Helinho.

 

Diego Marcondes

17 anos. Amante de basquete e são-paulino. Um dos percusores do Arremesso Tricolor. Também colaboro em Jumper Brasil e BasCast Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: