Comandado por Lucas Mariano, São Paulo derrota Bauru por 92 x 84

São Paulo FC
Foto: Divulgação

O São Paulo entrou em quadra na noite da última segunda-feira (08), para enfrentar a equipe do Bauru Basket, pela 4° rodada do segundo turno do Novo Basquete Brasil temporada 2020/2021, no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, localizado no Parque São Jorge, na região do Tatuapé.

Vindo de seis vitórias consecutivas, sendo duas na Basketball Champions League Américas e quatro no NBB 20/21, os comandados do técnico Claudio Mortari entraram em quadra para manter a invencibilidade e ir em busca da 5° vitória consecutiva do Tricolor do Morumbi na elite do basquete masculino nacional.

Se no primeiro turno a vitória do Bauru por 79 x 68, em pleno Ginásio do Morumbi, deixou a comissão técnica do São Paulo Basquete furiosa, o duelo da noite da última segunda-feira (08/02) tinha no ar um cheirinho de revanche e promessa de um grande jogo para todos os apaixonados pela modalidade da bola laranja.

Primeiro Período – São Paulo 21 x 20 Bauru

O técnico Claudio Mortari mandou para quadra o seu quinteto titular dos últimos duelos, formado pelos atletas: Corderro Bennett, Shamell, Jefferson William, Georginho e Lucas Mariano. Com um ótimo início de jogo, onde se viu às duas equipes a todo custo buscando balançar às redes e converter o máximo de pontos logo no primeiro quarto de partida. A equipe do interior de São Paulo começou o duelo imprimindo um alto volume de jogo, agressivo na defesa e fazendo o São Paulo forçar jogadas desnecessárias no ataque.

Logo no 1°Q – 08:25, o ala Alex Garcia com uma bola de 3 pontos e uma de 2, colocou a equipe do Bauru em vantagem, com um 5 x 0. O São Paulo que iniciou o confronto com uma defesa muito espaçada e pouco agressiva, sofreu para se encontrar em quadra e teve que correr  atrás do placar desde os primeiros minutos da partida.

Colocando o jogo coletivo para funcionar, o Tricolor do Morumbi rapidamente conseguiu neutralizar às jogadas de garrafão do Bauru, mas o time comandado pelo técnico Léo Figueiró, apresentou uma eficiência acima do normal nas bolas do perímetro, onde chegou a acertar no 1° quarto incríveis 4/6 – 3P. Liderado pelo ala Shamell, com 3/4 – 3P, o São Paulo conseguiu virar o duelo e terminar na frente o 1° quarto de partida: São Paulo 21 x 20 Bauru.

Segundo Período – São Paulo 19 x 26 Bauru

Para o início do 2° quarto, Claudio Mortari e a sua comissão técnica mandaram para quadra o mesmo quinteto que iniciou a partida, mas às bolas do perímetro continuava a cair pelo lado do Bauru e o Tricolor do Morumbi encontrava dificuldades na construção das jogadas. Foi aí que Claudio Mortari sacou Georginho aos 08:32 – 2°Q e entrou Kenny Dawkins, para contribuir na construção das jogadas e infiltrações.

Com 5/8 – 3P, o Bauru virou o jogo e viu um São Paulo desconhecido das suas últimas apresentações em quadra, visto o acúmulo de jogos e jogando duas competições ao mesmo tempo. A equipe de Léo Figueiró aproveitou a brecha e venceu o 2° quarto por 26 x 19. Destaques pelo lado do São Paulo para o armador Kenny Dawkins (6/6 – 2P) e o Lucas Mariano (3/4 – 2P e 2/2 LL).

Terceiro Período – São Paulo 24 x 21 Bauru

Na volta do intervalo, o São Paulo voltou para quadra com o seguinte quinteto: Lucas Mariano, Georginho, Shamell, Isaac e Jefferson William. Precisando mudar a sua postura dentro de quadra, para assim conseguir conquistar a 5° vitória consecutiva no NBB 20/21. O Tricolor do Morumbi liderado pelo pivô Lucas Mariano, cestinha da partida com 34 pontos, anotou no 3° quarto 10 pontos (1/2 – 3P, 3/3 – 2P e 1/2 LL). A equipe do técnico Claudio Mortari voltou para quadra ligada, com uma defesa mais agressiva e disposta a correr atrás do prejuízo, vencendo o 3° quarto por 24 x 21.

Quarto Período – São Paulo 28 x 17 Bauru

Com o trio Shamell, Lucas Mariano e Georginho inspirados, os três juntos anotaram todos os pontos do último quarto do São Paulo, onde decretou a vitória do Tricolor do Morumbi por 92 x 84.

Destaques

São Paulo:

O pivô Lucas Mariano anotou um duplo-duplo, sendo: 34 pontos, 11 rebotes e 36 de eficiência, onde o mesmo quebrou o seu recorde pessoal de pontos em uma única partida do NBB. Antes era 31 pontos, contra o Fortaleza Basquete Cearense, em 23 de dezembro de 2020, atualizando agora para 34 pontos.

Vale destaque para atuação do ala Shamell, que anotou 20 pontos, 2 rebotes e 6 assistências, seguido de perto pelo ala/pivô Jefferson William que fez 9 pontos, 13 rebotes e 4 assistências. O MVP da última temporada do Novo Basquete Brasil também se destacou, anotando 14 pontos, 4 rebotes e 3 assistências.

Bauru:

Pelo lado do Bauru, os destaques foram: Tyrone (18 pontos, 5 rebotes e 2 assistências), Alex (16 pontos e 9 assistências), Larry (14 pontos) e Alexey (13 pontos).

Considerações finais:

O São Paulo conquistou a sua 4° vitória consecutiva neste 2° turno de NBB, onde assegura a equipe nas primeiras colocações da elite do basquete masculino nacional e confirma a boa fase coletiva do grupo que agora calcula 7 jogos de invencibilidade, calculando o NBB e a participação na primeira janela da Basketball Champions League Américas.

Próximo jogo:

Com poucos dias de descanso, o São Paulo volta à quadra nesta quarta-feira, 10 de fevereiro, contra o Esporte Clube Pinheiros, às 17 horas, no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, pela 20° rodada do NBB edição 20/21 e conta com transmissão exclusiva da plataforma de streaming DAZN.

Arremesso Tricolor: ouça o podcast de basquete do SPFC24Horas em seu agregador favorito:

O Arremesso Tricolor é uma proposta independente e totalmente exclusiva do site SPFC 24 Horas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.