São Paulo atropela o Mogi no primeiro jogo da segunda fase do Paulista de Basquete

Time tricolor teve atuação de gala no início da segunda fase do estadual

São Paulo Basquete
Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Nessa segunda-feira (02), o São Paulo foi ao Ginásio Antonio Prado Jr. enfrentar o Mogi, às 17h (horário de Brasília). A partida deu início à caminhada do tricolor na segunda fase do Campeonato Paulista e teve um resultado positivo, pois a equipe do Morumbi venceu por 100 a 61.

1º QUARTO – 27 x 15

Descansado, o São Paulo começou bastante ofensivo e ativo no ataque e na defesa. Quente nas bolas de três e no ótimo trabalho com os pés, Shamell e Lucas Mariano foram os principais jogadores do tricolor no período, sem chance alguma para o Mogi.

2º QUARTO – 20 x 16

O segundo período não teve muita diferença em relação ao primeiro, exceto pela adição de Dawkins ao arsenal tricolor. O atleta, inclusive, iniciou sua atuação com uma bola de três, especialidade da casa na partida. Isaac também entrou muito bem e foi mais um a pontuar com bolas triplas. O MVP, como de praxe, tornou o entretenimento ainda mais divertido. Shamell terminou o primeiro tempo como o cestinha do São Paulo com 12 pontos (sendo 4-4 3 PTs).

3º QUARTO – 22 x 12

Assim como no segundo período, o São Paulo manteve o pé no acelerador e explorou muito bem as falhas presentes do Mogi, de Guerrinha. O adversário cedeu espaços para bolas de três e subiu desatento, possibilitando tocos e roubadas fáceis. Melhor para Lucas Mariano e Shamell, quentes em ambas as partes da quadra. O primeiro, aliás, já somava 14 pontos e 7 rebotes.

4º QUARTO – 31 x 20

Já encaminhando mais uma vitória no Campeonato Paulista 2020, o São Paulo não descansou no último período e manteve os principais atletas em quadra. O destaque, porém, fica para a entrada de Dawkins, que terminou a partida com 13 pontos, auxiliando muito bem na organização ofensiva. A atuação do armador coroou a ótima exibição da equipe. Fim de jogo, 100 x 61.

A “estreia” do São Paulo na segunda fase do Paulista pode ser avaliada como sólida, apesar de ser diante de uma equipe em construção. O Mogi não soube aproveitar as falhas do tricolor, mas o contrário ocorreu com grande satisfação.

DESTAQUES

Se na partida diante do Corinthians Lucas Mariano saiu zerado, dessa vez ele foi o grande líder em quadra. Em 22 minutos, o pivô anotou sólidos 14 pontos, oito rebotes e 6-8 no aproveitamento de quadra. Shamell, como de costume, acabou por ser o cestinha da partida com 16 pontos, com cinco bolas de três convertidas. Corderro Bennett teve 14 pontos e quatro assistências.

Arremesso Tricolor: ouça o podcast de basquete do SPFC24Horas em seu agregador favorito.

O Arremesso Tricolor é uma proposta independente e totalmente exclusiva do site SPFC 24 Horas.

Meu twitter: @tlsvick

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: