Ricardo Oliveira coloca São Paulo na briga pela parte de cima e relembra passagem pelo clube: “Algo feliz na minha carreira, levo as melhores recordações”

(Foto: Divulgação)

O centroavante Ricardo Oliveira contém duas passagens pelo São Paulo, em 2006 e em 2010, ambas chegando em fases decisivas pelo clube são-paulino na Copa Libertadores, pois neste sábado (5) ele retorna ao Morumbi mais uma vez, agora com uma camisa diferente, a do Atlético-MG, e mostrou respeito em entrevista ao Lance! antes de enfrentar o ex-time.

Fiz gols importantes lá, sim. Jogar no Morumbi é especial pela história do estádio, pela grandeza que possui e também um clássico. Jogar contra o São Paulo, no Morumbi, é sempre muito difícil. Mas nosso time vem bem. Estamos em uma sequência legal, confiantes, fazendo bons jogos e a expectativa é fazer uma grande partida, em busca da vitória. É importante para nós a vitória dentro dessa competição, mas respeitando o São Paulo e sabendo a dificuldade que é. A motivação é essa: jogar no Morumbi, em um campo histórico e diante de uma grande equipe que vai exigir muito da gente.”

Apesar de duas passagens pelo São Paulo, Ricardo Oliveira atuou pouco no clube do Morumbi, já que em ambas foram períodos relâmpagos, e já fazem 8 anos do período no Morumbi, pois o atacante segue lembrando com carinho do clube: “Tenho meu passado com o São Paulo como algo bonito e feliz na minha carreira, levo as melhores recordações. Porém, sou um profissional, e hoje defendo com muita alegria e honra a camisa do Atlético. Vou dar o meu melhor por esta camisa para que o clube possa alcançar seus objetivos e dar muitas alegrias ao nosso torcedor.”

Sobre o atual momento do São Paulo, o experiente atacante do Atlético-MG também ressaltou a grandeza do clube rival e colocou seu ex-time na briga por coisas maiores no Brasileirão.

Eu seria muito infantil ou ignorante se não colocasse o São Paulo na briga pela parte de cima em qualquer competição. Pela história e grandeza do clube, o São Paulo tem esse potencial. Como atletas profissionais, entendemos que não é fácil enfrentar o São Paulo no Morumbi, respeitamos sua grandeza e história. Mas somos o Atlético. Daremos o nosso melhor. Vamos procurar fazer um grande jogo, errar o mínimo possível e acertar para vencer”

Para enfrentar o São Paulo de Aguirre que costuma jogar nos três zagueiros, Ricardo Oliveira não pretende mudar sua maneira de jogar e disse: “Não, não muda nada minha função. A dificuldade é a mesma. Obviamente que, coletivamente, vamos montar uma estratégia para jogar contra o São Paulo no Morumbi, tendo em vista a dificuldade que é jogar aí, mas, independentemente da forma que eles armam o time para jogar, a dificuldade vai ser grande. Vou procurar fazer bem o meu trabalho, movimentar bastante, finalizar ao gol e aproveitar as oportunidades que surgirem para que a gente faça um grande jogo e consiga um ótimo resultado.”

Ricardo Oliveira ainda completou mostrando muito respeito para a partida deste sábado (5) às 19 horas no Morumbi: “A gente acompanha os jogos de todos os clubes. Sabemos a dificuldade que é jogar contra o São Paulo no Morumbi. Vamos procurar fazer um jogo consistente, forte, com poucos erros, para tentar furar esse bloqueio defensivo e conquistar o resultado que desejamos.” 

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: