Pré-jogo: Em confronto de histórico equilibrado, São Paulo e Atlético-MG buscam dormir na liderança neste sábado

(Foto: Fábio Martins | SPFC 24 Horas)

Em jogo válido pela quarta rodada do Brasileirão 2018, São Paulo e Atlético-MG se enfrentarão neste sábado (5) às 19 horas no Morumbi, ambos buscam a possibilidade de dormir na liderança do campeonato, para isso precisa ter um vencedor e o América-MG não vencer o Vasco na outra partida de sábado.

Ficha técnica

Jogo: São Paulo x Atlético-MG, válido pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018

Local: Estádio Cícero Pompeu de Toledo, Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: Sábado, 05 de maio de 2018

Horário: 19h00 (de Brasília)

Árbitro: Rafael Traci (PR) – CBF

Assistentes: Bruno Boschilia (FIFA)  e Ivan Carlos Bohn, ambos do PR

Transmissão: Premiere com Gustavo Villani e Wagner Vilaron

Dados históricos

Partidas: 95
Vitórias do São Paulo: 34
Empates: 29
Derrotas: 32
Gols do São Paulo: 134
Gols do Atlético-MG: 117
Primeiro jogo: Atlético-MG 1×3 São Paulo – Estádio Antônio Carlos-MG, Amistoso (04 de março de 1934)
Último jogo: Atlético-MG 1 x 0 São Paulo – Arena Independência, Campeonato Brasileiro de 2017 (11 de outubro de 2017)
Maior vitória: Atlético-MG 0 x 5 São Paulo – Arena Independência, Campeonato Brasileiro 2004 (17 de outubro de 2004)
Maior derrota: São Paulo 2×5 Atlético-MG – Morumbi, Torneio Roberto Gomes Pedrosa 1969 (21 de setembro de 1969)

Último confronto

Os dois últimos confrontos entre São Paulo e Atlético-MG foram no Brasileirão 2017, duas derrotas, no Morumbi 2 a 1 com falha do Lucão no final da partida, que ‘encerrou a passagem’ do zagueiro no clube, e no returno derrota por 1 a 0 que poderia ter sido muito pior, mas Sidão evitou que o placar fosse elástico no Independência, só foi superado em cobrança de pênalti do Fábio Santos aos 6′ do 2T, na ocasião Bruno Alves cometeu pênalti infantil em Valdívia, atleta que agora pertence ao São Paulo.

Curiosidades

Em um confronto bastante equilibrado historicamente, São Paulo e Atlético-MG já se enfrentaram em duas finais de Brasileirão, em 1971 no triangular final entre São Paulo, Botafogo e Atlético-MG, naquele que seria o primeiro Campeonato Brasileiro oficial, com esse nome e tudo, a equipe mineira venceu o São Paulo por 1 a 0 no Mineirão, logo no primeiro jogo do triangular e depois garantiu o título ao vencer o Botafogo-RJ, na época não teve ida e volta.

A ‘revanche’ veio anos mais tarde, em março de 1978, São Paulo e Atlético-MG duelaram pelo título do Brasileirão de 1977, jogo cheio de história, de um lado Serginho Chulapa suspenso, de outro Reinaldo machucado, ambos ameaçaram colocar os artilheiros em campo, nenhum jogou, e o placar ficou no 0 a 0, decisão nos pênaltis deu São Paulo por 3 a 2

Recentemente São Paulo e Atlético-MG proporcionaram jogos decisivos na Copa Libertadores, em 2013 estreia com derrota por 2 a 1, jogo que o Ronaldinho Gaúcho pediu água para o Rogério Ceni e no lance aproveitaram lateral, na volta o São Paulo que podia ser eliminado naquela última rodada da fase de grupo, vitória por 2 a 0, e o reencontro seria nas oitavas, o São Paulo vencia por 1 a 0 no Morumbi, Lúcio foi expulso e o rival virou 2 a 1, na volta sem chances, 4 a 1 para os mineiros que seriam campeões da Libertadores naquele ano. Em 2016 o reencontro, com Aguirre no Atlético-MG, o São Paulo venceu a ida das quartas por 1 a 0, na volta começo arrasador dos mineiros, mas gol de Maicon classificou o São Paulo para a semifinal.

Atlético busca liderança

Com quatro jogos sem perder, o Atlético-MG busca manter a sequência e consequentemente dormir líder do campeonato, para isso o técnico Thiago Larghi não pretende poupar ninguém: “A minha expectativa é de que tenha todo grupo disponível, o grupo que começou jogando as duas últimas partidas, e com as opções que a gente tem no banco. Se tivermos que fazer alguma alteração, a gente vai fazer. Ainda vamos pensar”, e diz que a expectativa dele é de duas equipes propondo o jogo.

O Atlético-MG atuou no meio de semana contra a Chapecoense pelas oitavas de final da Copa do Brasil, e nesta terça-feira (8) enfrentará o San Lorenzo pela Copa Sul-Americana.

Confira a análise detalhada da equipe do Atlético-MG

Com estilo ofensivo, Thiago Larghi deve vir no 4-2-3-1, contém uma dúvida na armação do time, manutenção do Luan, ou retorno do meia Cazares, por outro lado Roger Guedes vive bom momento, são três gols nos últimos quatro jogos. Já Otero, rei das assistências, são 9 e Ricardo Oliveira artilheiro com 10 gols.

São Paulo fator casa

Após empatar os dois jogos fora de casa, o São Paulo de Aguirre buscará a vitória dentro do Morumbi, como o técnico são-paulino costuma frisar, é preciso fazer a lição de casa para almejar voos maiores na competição, e o momento de se afirmar no campeonato é vencendo um concorrência direto na briga de cima.

Diferente do adversário, o São Paulo teve uma semana de treinamentos, e sobre o time de Aguirre é sempre imprevisível, mas o retorno do lateral-esquerdo Reinaldo é a certeza neste momento.

Prováveis escalações

SÃO PAULO: Sidão; Militão, Bruno Alves, Arboleda; Régis, Jucilei, Petros (Liziero) e Reinaldo; Nenê,  Everton e Diego Souza; Treinador: Diego Aguirre.

Desfalques: Rodrigo Caio e Carneiro

Atlético-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson e Gustavo Blanco; Otero, Luan (Cazares) e Róger Guedes; Ricardo Oliveira

Desfalques: Samuel Xavier, Uilson e Clayton

Caso tenha alguma correção, informação ou palpitar sobre o resultado, deixe o seu comentário!

Fábio Martins

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: