Relembre uma das eliminações mais inacreditáveis que completa um ano nesta quinta-feira

São Paulo x Lanús pela Sul-Americana (Foto: Reuters)
São Paulo faz 4 a 2 no final do segundo tempo, mas cede o terceiro gol ao time argentino nos acréscimos

No dia 04 de novembro de 2020 o Tricolor Paulista recebia o Lanús dentro do Morumbi pela partida de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, e consolidou 22ª eliminação desde seu último título internacional, a Copa Sul-Americana de 2012.

O clube paulista havia perdido o primeiro jogo em Buenos Aires por 3 a 2 levando à decisão dentro de casa na semana seguinte, bastando apenas uma vitória simples para continuar vivo na competição.

PRIMEIRO TEMPO:

Precisando do resultado, o Tricolor começou bem, mas saiu atrás graças a um golaço de Pedro De La Vega. O São Paulo demorou para esboçar uma reação conseguindo o empate no minuto 27, na bola parada com Daniel Alves. Enquanto o Tricolor tinha dificuldades na conclusão, o Lanús foi eficiente. E aos 43, com extrema facilidade, o time argentino fez o segundo com Aguirre.

SEGUNDO TEMPO :

Na segunda etapa o São Paulo voltou mais ofensivo. O nervosismo e a pressão por reverter o resultado tomava conta dos jogadores, até que Daniel Alves aos 16 deu linda assistência para Pablo bater cruzado e empatar a partida. Após o empate, o Lanús apenas se defendia visto que, o resultado ainda era favorável à eles. Após o erro do adversário o São Paulo conseguiu a virada. Faltava apenas o gol da classificação. E saiu. Na cabeçada de Gabriel Sara o herói que parecia classificar o São Paulo.

Mas quando se trata de São Paulo o contexto é sempre o mais dramático possível. E, no apagar das luzes do Morumbi, com a classificação garantida o Lanús jogou um balde de água fria nos milhares de são-paulinos espalhados pelo mundo. Em seu único ataque na segunda etapa. Orisini, sozinho, diminuiu para 4 a 3 e classificou os argentinos pelo critério do gol fora.

E NÃO PAROU POR AÍ…

Após consolidar de forma inimaginável a 22ª eliminação, o Tricolor caiu para o Grêmio dentro do Morumbi, pela semifinal da Copa do Brasil o que acarretou a perda do título brasileiro de 2020 mesmo com a vasta diferença de sete pontos do segundo colocado.

Mas com o intuito de não terminar o texto com essa triste lembrança para nós torcedores, na temporada atual sob comando do ex técnico Hernan Crespo, o São Paulo se consagrou campeão Paulista e pôs fim ao jejum de oito anos sem títulos.

@_llariferraz

Larissa Ferraz

Jornalista em formação na Unifaat, falo de futebol feminino, São Paulo e algumas bobagens .

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.