O foco atual do SPFC é competição continental ou se livrar do rebaixamento?

(Foto: Heber Gomes/AGIF)

O São Paulo está na décima quinta colocação do Brasileirão, há 2 pontos da zona de rebaixamento, e com 1 jogo a mais que seus rivais diretos, Bahia e Juventude. Caso ambos ganhem o próximo jogo (Bahia enfrenta o Sport na Ilha do Retiro na quinta 18, e o Juventude enfrenta o Fluminense amanhã, em casa) e o São Paulo tropece contra o Palmeiras no Allianz Park, o Tricolor Paulista vai acabar amargurando na zona de rebaixamento faltando 5 rodadas para o encerramento do campeonato, com 1 ponto de distancia para os dois times.

Entre os times do Z4, o São Paulo tem confronto direto ainda contra 3: Sport, Grêmio e Juventude, em seguida. Dois desses confrontos vão ser no Morumbi, com a força da nossa torcida presente.

Mas e as competições continentais?

Bom, o foco do São Paulo no momento é se livrar dessa incomoda posição na tabela, competições continentais seriam um “prêmio” para coroar uma temporada tão desastrosa como essa. O Tricolor está há 1 ponto do primeiro classificado para a Sul-Americana, que é o Santos, em 12°, porém, abaixo do clube da Vila Belmiro tem o Cuiabá, com os mesmos 39 pontos, e o Atlético-GO, com os 38 pontos do São Paulo. Da Libertadores, a distância já é mais longa, o primeiro classificado pra Pré-Libertadores é o Fortaleza com 49 pontos, há 11 de distância.

Só teremos um G9 no Brasileirão, se os campeões da Libertadores, Sul-Americana e Copa do Brasil terminarem entre os 6 primeiros colocados, ou caso um time ganhar mais de uma taça, que pode ser o caso do Atlético Mineiro, ou Athletico-PR.

Na Sul-Americana, a final brasileira vai ser entre RB Bragantino x Athletico-PR, e por enquanto, só vai abrir mais uma vaga caso o RB Bragantino for campeão, pois está em 4° colocado no Brasileirão. Na Libertadores, a final é entre o 2° e 3° colocados, Flamengo x Palmeiras, nesse caso, qualquer um que vencer, abre mais uma vaga. Pela Copa do Brasil, a final entre Athletico-PR x Atlético-MG, caso o Atlético-MG vença as duas competições nacionais, abre mais uma vaga, e se caso o Athletico-PR vença a Copa do Brasil e a Sul-Americana, nesse caso abre outra vaga.

Para o São Paulo seria interessante classificar para uma competição continental, já que tem uma divida na casa dos R$ 600 milhões e também pensando pelo lado financeiro, seria uma excelente receita entrando para o clube. O clube está no “meio termo” entre ambos, está na metade do caminho pra Zona de Rebaixamento, e na metade do caminho pro Z4, com Ceni o Tricolor vem sendo bem instável,  na excursão para o Nordeste, não conseguiu jogar bem nos dois jogos que teve, contra Bahia e Fortaleza, e nem preciso citar o desastre contra o Flamengo, em pleno Morumbi, que infelizmente, eu estava presente.

Além de péssimas atuações, Rogério Ceni ainda tem algumas invenções, que não dão certo, como por exemplo, colocar o zagueiro Diego Costa, que não atuava como titular do time há 3 meses, e ainda tinha a dura missão de parar o Michael. Ceni ainda tentou surpreender o Flamengo com Marquinhos, atuando na direita, como um meia aberto, que não deu certo também. Porém, temos que concordar que o time encontra-se nessa situação devido ao péssimo começo na competição, onde só conseguiu vencer a primeira partida apenas na 10° rodada. O Globo Esporte fez um levantamento e de acordo com as estatísticas, as chances matemáticas do São Paulo ser rebaixado são de 19%.

Julio Casares, presidente atual do São Paulo Futebol Clube, que prometeu transparência zero em sua campanha de eleição, deve MUITA explicação sobre o que acontece dentro da instituição. Trouxe um dos maiores ídolos da história de volta, para assumir essa bomba-relógio, e para tentar se blindar de criticas, mas enfim, é um assunto para outro texto.

Uma temporada que começou bem, com o Tricolor saindo da fila de títulos após 9 anos, infelizmente, pode acabar tendo um final desastroso, com a possibilidade do time ser rebaixado para a série B pela primeira vez na história, esperamos que isso não aconteça, precisamos mais do que nunca salvar o gigante, como a torcida vem fazendo nos últimos anos…

Dudu Azevedo

Tenho 21 anos, e sou apaixonado por futebol e principalmente pelo São Paulo Futebol Clube. Sou formado em Gestão Comercial pela FATEC, e sem talento pra me tornar jogador, tenho o grande sonho de ser jornalista esportivo, de contar histórias relacionadas ao futebol e superações. Respiro e vivo futebol 24 horas por dia. Estou no Twitter como @duduaazevedo7 e no Instagram como @duduallucci.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: