Jogadores Icônicos: Episódio 11 – Borges, o Cyborges

(Foto: Divulgação)

Fala torcedor tricolor! Tudo bom com vocês? Aviso: tomem os devidos cuidados com o COVID-19 e muita saúde. Pois bem, hoje iremos falar sobre o Humberlito Borges Teixeira, o Borges. Atacante de origem, que dificilmente perdia gols.

Borges assinou o contrato com o São Paulo em 2007, outro que participou do Hexa-tri. Depois de ter atuado pelo Vegalta Sendai, clube japonês, no qual fez excelentes partidas e conquistou a artilharia da segunda divisão da Liga Japonesa, em 2006.

Chegou para suprir as lacunas que Serginho Chulapa, Fabuloso, Amaral e França deixaram naquela região do Gramado. Grande responsabilidade. Exigido pela torcida que já vinha acostumada com grandes artilheiros, no Brasileiro de 2007 foi o artilheiro do time ao lado de Dagol e do Mito Rogério Ceni. Com atuações perfeitas, não deixou dúvidas de que iria honrar o manto tricolor. Naquele mesmo ano ganhou o Campeonato Brasileiro, além, de alguns prêmios individuais.

Em 2008, a história não poderia ser diferente. Mais entrosado com o elenco e com um melhor preparo físico, pôde iniciar jogando o Campeonato Paulista, onde se destacou marcando 16 gols numa disputa acirradíssima pela artilharia, que infelizmente não veio. Destaque também para o jogo entre São Paulo × Portuguesa no Estádio Canindé pela 34° rodada do Brasileirão, jogo ao qual terminou em 2 × 3 pro Tricolor do Morumbi, neste jogo Borges fez um hat-trick num jogo maravilhoso de se assistir numa partida espetacular do tricolor pelo Brasileirão.

Continuando em 2008, Borges ainda marcou 16 gols, onde a cada partida ganha, era uma emoção a mais. O que surpreende é que o São Paulo obteve uma crescente e assustadora evolução saindo de posições subsequentes para o título inédito tri consecutivo do Campeonato Brasileiro. Em 2009, apesar de não ter conquistado nenhum título, Borges ainda se destacou na Copa Libertadores ao se tornar o artilheiro da competição com 5 gols. Ao fim do seu contrato e sem nenhuma movimentação sobre uma possível renovação, o jogador e o clive tiveram um desgastes nas várias conversas o que resultou na não renovação e em 2010 o atacante mudou de ares. Borges se aposentou em 2016 e pelo São Paulo fez 125 jogos e marcou 43 gols, tido isso em conjunto resultaram em grandes partidas.

Instagram: @Srlopez7

Twitter: @NenLopez1

Facebook: Nenê Lopez

Nenê Lopes

Nenê Lopes

22 anos, estudante de comunicação social hab. Rádio e TV, apaixonado pelo São Paulo FC, baiano "retado". Ex colaborador da página spfc mil grau e design gráfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.