Em virada histórica, o São Paulo vence o Minas no jogo 2

Pelo segundo jogo da Semifinal do NBB o Tricolor enfrentou o Minas, no Maracanãzinho, e venceu após uma virada histórica. Chegamos a ficar 18 pontos atrás no marcador antes do intervalo e com a ajuda de Georginho, Bennet e Lucas Mariano, viramos em uma partida que ficará na história do basquete nacional.

Primeiro Período – São Paulo 23 x 32 – Parcial no quarto (23 x 32 – Total) Minas

O São Paulo não foi bem no primeiro quarto, é fato, mas mais do que culpa Tricolor, existe mérito Minatenista na história. O Minas Tênis Clube teve um aproveitamento sensacional da linha de 3, acertando 6 dos 8 arremessos tentados. Parodi foi um maestro, bagunçou a defesa do São Paulo que teve dificuldades com as jogadas ensaiadas do Minas.

Segundo Período – São Paulo 23 x 22 – Parcial no quarto (37 x 54 – Total) Minas

Apesar de equilibrar a partida no segundo quarto, o Tricolor seguiu com problemas defensivos. Com a entrada de Dawkins e Renan ,o São Paulo melhorou no mano a mano, mas em questão de posicionamento continuou mal, sempre com picks erradas e deixando espaço nas costas.

Terceiro Período – São Paulo 23 x 15 – Parcial no quarto (60 x 69 – Total) Minas

Após o intervalo a equipe voltou com outra mentalidade. Não dá pra saber o que o Mortari falou para seus comandados, mas queremos que fale novamente. O São Paulo voltou com outra mentalidade, se esforçando muito na marcação, ajeitando suas bolas de 3. Bennet assumiu a pontuação, marcando 10 pontos no quarto e ajudando na defesa.

Quarto Período – São Paulo 30 x 16 – Parcial no quarto (90 x 85 – Total) Minas

O terceiro quarto foi o quarto dos sonhos. Ensaiando uma retomada no terceiro, o Tricolor entrou no quarto período com uma corrida de 8 pontos, deixando a partida a 1 ponto de diferença. A confiança do Minas foi pro chão, jogadores como Parodi e David Jackson sequer pontuaram direito. Lucas Mariano começou a marcar, foram 12 pontos, sendo que até então só havia anotado 6. Georginho foi espetacular, assumiu a responsa e fez o jogo rolar, entregou 9 pontos e mais duas boas assistências. Jefferson, Shamell e Bennet ainda encaixaram na defesa, dando a vitória para o São Paulo.

NOTAS:

Georginho: 9.5 – O armador nos relembrou o porque de ter ganhando o MVP da ultima temporada. Com 22 pontos e 11 rebotes, o armador ficou a uma assistência de se tornar o primeiro da história anotar um triplo duplo nos playoffs do NBB. Georginho jogou literalmente todos os minutos em quadra.

Bennet: 9.0 – Até mesmo nos momentos mais complicados do jogo o ala-armador não caiu de produção. 17 pontos e um monstro na defesa.

Shamell: 7.5 – Longe de fazer uma partida digna de Shamell Stallworth, nosso capitão teve problemas com a defesa no começo do jogo, mas anotou 12 pontos, anotando 3/5 nas bolas de 3.

Jefferson: 7.0 – Assim como o Shamell, o Jefferson teve problemas com a defesa no começo do jogo, tanto que começou a render depois da entrada do Renan. Anotou 13 pontos e pegou 4 rebotes.

Lucas Mariano: 8.0 – O ponto de ligação que faltava para a arrancada do São Paulo. Lucão fez uma falta danada no começo do jogo, nos 3 primeiros quartos anotou apenas 6 pontos, mas ajudou muito no ultimo quarto, sendo extremamente decisivo.

Kenny Dawkins: 7.5 – O baixinho entrou com pouco tempo de quadra para dar um pouco de descanso ao Bennet e foi bem no que foi proposto, que era defender e pensar mais o jogo. Apenas 3 pontos.

Renan Lenz: 7.5 – Renan foi um dos responsáveis por ajudar a frear a vantagem do Minas. Ainda anotou uma bola de 3 e pegou 3 rebotes.

Gerson: Não jogou

Isaac: Não jogou

Igor Araújo: Não jogou

Danilo Penteado: Não jogou

CONSIDERAÇÕES FINAIS

É chato repetir, mas o jogo foi histórico. Quem viu sequer imaginava que venceríamos, outros pensavam que o Minas venceria a série em menos de 5 jogos. Pois bem, 2 a 0 e com bastante ênfase, com garra da equipe São-Paulina. Nosso próximo compromisso é dia sábado (15), as 18:00, com transmissão da ESPN, Twitch, Facebook e TV Cultura.

Arremesso Tricolor: Ouça o podcast de basquete do SPFC24Horas em seu agregador favorito:

O Arremesso Tricolor é uma proposta independente e totalmente exclusiva do site SPFC 24 Horas.

Gustavo Marinheiro

Gustavo Marinheiro

Meu nome é Gustavo Marinheiro, sou estudante de Jornalismo, fotógrafo e professor. Escrevo há 3 anos, sendo sobre o São Paulo há 2.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: