Em busca de retomar o caminho das vitórias, São Paulo enfrenta Unifacisa pelo NBB

Foto: Reprodução/São Paulo FC

Nesta segunda-feira (21), São Paulo entra em quadra pela décima segunda vez nesta temporada do Novo Basquete Brasil (NBB) 2020/21. Após derrota amarga para o Minas, segundo colocado da competição, o tricolor vai enfrentar mais um grande adversário, dessa vez o time da Unifacisa, atual oitava colocada, com 54,5% de aproveitamento. A partida terá mando do Tricolor e acontecerá Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em Pinheiros, às 16h (horário de Brasília) e será transmitida pela DAZN. 

Último confronto: 

Buscando vencer um adversário direto pela liderança do NBB, São Paulo enfrentou a qualificada equipe do Minas no último sábado (19). O primeiro quarto da partida foi bastante disputado, com o São Paulo explorando bastante o perímetro, no entanto, o segundo quarto foi amplamente dominado pela equipe paulistana, conseguindo abrir grande vantagem, terminando 17 pontos na frente no 1º tempo, o que mostrava caminhar para mais uma tranquila vitória. 

No entanto, diferentemente dos jogos anteriores, em que a equipe do técnico Mortari controlava as ações do jogo no segundo tempo, Minas entrou bastante ligado e logo impôs um forte ritmo para buscar superar a desigualdade no placar. Com uma atuação defensiva bastante abaixo do necessário, o tricolor sofreu 64 pontos no 2º tempo, saindo derrotado da partida (96×92) e perdendo a liderança da competição. 

Isaac Rafael, ala da equipe, analisou a derrota “Uma derrota inesperada ainda mais pelo placar que abrimos no primeiro tempo. Mas o basquete é assim, aproveitamos o mau momento deles e depois eles souberam aproveitar o nosso mau momento. Campeonato é longo e ganhar é bom, mas nessas horas aprendemos com nossos erros para não os cometer novamente. Isso vai servir para o amadurecimento da equipe.” 

Os destaques da partida do lado são-paulino foram o pivô Lucas Mariano com 22 pontos e Shamell com 22 pontos e duas assistências. 

O adversário – Unifacisa: 

Atual sexto colocado da competição, a equipe do técnico César Máximo vem de uma grande vitória em cima do fortíssimo Franca, por 92 a 85, sendo seu sexto triunfo em 11 jogos nesta temporada do NBB (54,5% de aproveitamento). A equipe campinense começou mal, acumulando quatro derrotas nos cinco primeiros jogos da competição, mas o mau momento passou e a Unifacisa embalou, conquistando cinco triunfos nos últimos seis confrontos. 

Uma velha conhecida do Tricolor Paulista, a história da equipe de Campina Grande (PB), no Basquete brasileiro, se confunde com a do São Paulo, visto que esses dois times se enfrentaram na Liga Ouro, no ano de 2019, e conquistaram o acesso a elite do basquete juntos, a Unifacisa derrotou o tricolor na final da competição. Entretanto, aqueles times pouco tem a ver com os atuais, ambas as equipes reformularam bastante o plantel de jogadores. 

O elenco do time paraibano foi quase que totalmente trocado após o NBB 2019/20, no qual a equipe ficou na 10ª posição, com 48,1% de aproveitamento. Apenas 3 atletas permanecem no plantel, os armadores Barnes, Gemadinha e o pivô João Victor. As principais perdas foram do armador Pepo Vidal, líder em assistências, e dos alas Malcom Muller e Gemerson. Buscando ter uma campanha melhor nesta temporada, o técnico César Guidetti recebeu uma grande lista de reforços de peso, entre eles, os alas Nehemias Morillo, Felipe Vezaro, Betinho (ala-armador) e Rafa Oliveira (ala-pivô), além disso, teve a chegada do armador Arthur Pecos e do pivô Alexandre Paranhos.  

Os destaques do time paraibano são, o armador Barnes, que teve 19 pontos, 6 rebotes e 7 assistências na última partida, e o armador Pecos, o qual teve 25 pontos e 3 assistências contra o Mogi. 

O jogo: 

A expectativa é de um confronto bastante disputado, visto que, como falado por Isaac, a equipe paraibana vem em uma crescente na competição, acumulando boas atuações e um grande poderio ofensivo, nos cinco últimos jogos marcou mais de 90 pontos em todos, tendo média de 91,6 pontos nos últimos confrontos. A equipe do técnico Mortari tem que buscar controlar as ações do jogo em todos os quartos, visto que qualquer mau momento pode ser suficiente para Unifacisa abrir vantagem. 

O São Paulo tem mostrado uma evolução defensiva em relação a temporada passada, tomando mais de 90 pontos em apenas três jogos dos onze nesta temporada de NBB. Entretanto, a última partida tornou evidente que o clube paulista ainda tem muito a evoluir neste setor da quadra, posto que teve bom rendimento ofensivo, mas a fraca defesa, principalmente no 2º tempo, ocasionou a derrota. 

“Um time que nos últimos jogos cresceu bastante, e tem vários jogadores que podem sair de quadra com 10 ou mais pontos”, disse Isaac acerca da Unifacisa. Além disso, o ala do São Paulo falou sobre a importância da partida para retomar o caminho das vitórias e ganhar tranquilidade para encarar a sequência de jogos duríssimos “Próximo jogo é extremamente importante porque ficamos devendo na última partida, a vitória é de grande importância”. 

Na avaliação do Jefferson: Será um jogo duríssimo Unifacisa vem de uma vitória grande, é um time que joga em conjunto com bons jogadores que chamam a responsabilidade se tivemos uma defesa forte sairemos com a vitória”, e ainda completou: “Esse jogo é muito importante para nós manter no top da tabela. Estamos em evolução e queremos nos firmar no campeonato. E mostra o tamanho da nossa equipe”.

FICHA TÉCNICA:   

Jogo: São Paulo x Unifacisa   

Local: Ginásio Poliesportivo H.Villaboim, São Paulo (SP).   

Data e horário: 21 de dezembro, 20h30 (horário de Brasília).   

Transmissão: DAZN   

PROVÁVEIS TITULARES:   

São Paulo: Georginho de Paula, Corderro Bennett, Shamell Stallworth, Renan Lenz e Lucas Mariano. Técnico: Cláudio Mortari.   

Unifacisa: Arthur Pecos, Nehemias Morillo, Betinho Duarte, Vinicius Pastor e Paranhos de Souza. Técnico: César Guidetti 

Arthur Nóbrega.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: