Crespo e Volpi com pés no chão, Bueno comenta nova função

(SPFCTV)

Crespo, Volpi e Vitor Bueno falaram logo após a vitória de 2×0 sobre o Santo André na 6ª rodada do Paulistão 2021.

As falas de Crespo

Sobre o futuro e mirando o mês complicado que virá em maio, Crespo pediu calma: “Falta tempo. Continuamos a trabalhar nesse modo, com a disposição dos atletas. Podemos mudar os jogadores, mas a identidade é a mesma. Depois é justo pensar e sonhar, mas eu vivo o dia a dia. Só o tempo vai dizer quão grande e bom somos todos”.

Destaque nos últimos jogos, Daniel Alves foi elogiado novamente por Crespo: “Daniel Alves está jogando muito, muito bem na posição. Melhor lateral do mundo. Está confirmando isso em todos os dias. Acredito que ter um jogador como Daniel Alves é fundamental. Pessoalmente não me surpreende, porque se ele chegou a jogar no nível que jogou e a ganhar tudo que ganhou, é por um motivo. Se a gente pensa em ganhar e em ser competitivos, é questão de escutar o Daniel”.

Elogios para Joao Rojas e falou sobre o momento: “Rojas é um jogador importante hoje. No futuro, veremos. O mercado está aberto, não está fechado. O futebol é dinâmico. Hoje, está tudo bom. Amanhã, talvez não. É o dia a dia. Todos temos que conquistar um espaço no dia a dia”.

Grande momento foi quando Crespo citou sobre ter um Time A e um Time B, falou: “Temos um solo São Paulo, um grupo, um elenco, todos. Ninguém é mais importante que outro”.

Vitor Bueno

Crespo falou sobre Vitor Bueno que fez 2 gols em 2 jogos como centroavante: “Sobre o Vitor Bueno, eu vi características que poderia ajudar ele e o time. É uma posição nova, um desafio e eu tenho uma ideia, propus essa ideia, ele aceitou e está fazendo muito bem”.

E o Bueno falou sobre a nova função: “Sempre tive curiosidade de jogar nessa posição (centroavante), pois uma das minhas principais características é o chute. Tivemos um período sem jogo, treinamos algumas vezes ali, ele veio conversar comigo perguntando se eu queria testar nessa posição e eu topei”.

Destaque na partida, Volpi e os pés no chão

Na saída da partida, Volpi que fez três defesas complicadas na partida, falou: “O mais importante disso tudo é vencer. A gente vem de uma maratona complicada de jogos, de uma viagem longa. A equipe se dedicou ao máximo, não foi nosso melhor jogo, mas fizemos o dever de ganhar para continuar essa sequência. Agora é pé no chão que domingo tem outro”.

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.