Ceni fala em jogo perdido com oito minutos, Luciano e Calleri pedem desculpas

(Reprodução SPFCTV)

Após a goleada sofrida para o Flamengo em pleno Morumbi, 4×0, o técnico Rogério Ceni conversou com a imprensa…

Sobre a partida

Na primeira pergunta, Ceni respondeu: “É difícil convencer que foi feito o melhor, pois o jogo acabou praticamente antes dele começar, com 24 segundos na primeira posse que tivemos cedemos o gol. Primeiro contra-ataque cedemos o segundo, e com 8 sofremos a expulsão do Calleri”.

Em seguida, falou sobre o trabalho e a ideia no jogo: “Trabalhamos bem durante essa semana. Trabalhamos com uma linha de quatro, tentando colocar mais um homem de frente para velocidade, que é o Marquinhos, para fazer o lado direito. Deixando Diego para a marcação, elevando altura da equipe, Flamengo tem bons cabeceadores”.

Mas em outro momento, foi direto sobre ‘possível evolução’ do time: “Depois que perde de 4×0, o jogo, não existe falar em evolução”.

Ideia do Diego Costa como lateral

A explicação sobre a escolha do Diego no setor: “Ter boa mobilidade apesar de zagueiro. Ele perdeu o tempo da bola no segundo gol, a bola quica, sai, Michael sai em velocidade. Mas não posso dizer que foi bem ou mal, o jogo acaba muito cedo, a intenção era manter linha de quatro hoje”.

Expulsão do Calleri

Um dos principais comentários do treinador foi: “Menos de 10% do tempo, tivemos o time completo no campo. Cometemos erros cruciais no começo. E depois a expulsão que muda todo o panorama, não tem como ter uma análise do jogo em si”.

Time quieto? E o futuro

Pois Ceni fez um relato forte sobre a postura do time: “É um time mais calado. De jogadores alguns jovens, que são calados, outros mais velhos que não tem como característica de jogadores eloquentes de falar o tempo todo. É um time quieto, estamos tentando desenvolver isso para participar mais, falar antes, durante… Ou seja, é como característica, um time calado…”

Questionado sobre o futuro, Rogério Ceni ressaltou: “Com tranquilidade não vai acontecer nada. Vai ser com muito trabalho, sofrimento, passando sufoco, mas vamos ter que fazer de uma maneira ou outra, vencer um jogo. Uma vitória nos ajudaria muito, temos confrontos diretos, infelizmente não era isso que a gente queria”.

O risco de rebaixamento

Por fim, Ceni falou sobre o risco de queda: “Quando chega uma situação dessa no campeonato, nas últimas posições, mesmo fora da zona de rebaixamento, em qualquer situação preocupa. Vamos montar um time, analisar Palmeiras e outros adversário, depois temos um intervalo. Sequência é difícil”.

Luciano pede desculpas

Na saída do campo após goleada sofrida, Luciano falou: “É pedir desculpas a eles que apoiaram do começo ao final. Fizemos todos um jogo ruim, precisa ter atenção em um jogo desse tamanho. Desculpa de novo. Agora é pensar na quarta. Eles têm toda razão, vieram e não viram um belo futebol, agora é pensar na quarta-feira”.

Calleri também pediu desculpas, só que no Instagram

Expulso com 10 minutos de jogo, com o time perdendo de 2×0, Calleri prejudicou a equipe… Pois o argentino fez postagem de desculpa aos companheiros e torcedores: “Gostaria de pedir desculpas aos meus companheiros e a toda a de São Paulo. Hoje, infelizmente, por causa de excesso de vontade, acabei sendo expulso no começo da partida e prejudiquei a equipe. Não tive a intenção de entrar forte, eu só quis dar o meu máximo, como sempre faço em todos os lances e em todos os jogos”…

Completando, Calleri citou: “Seguirei trabalhando forte e com muita dedicação para ajudar o São Paulo a sair a

LEIA TAMBÉM: Belmonte e Casares fazem postagem nas redes sociais, mas desativam comentários

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: