Ceni elogia trio, mira melhora e diz o motivo de não participar da reunião com torcida

SPFCTV

Após vitória importante por 2×0 contra o Palmeiras no Allianz Parque, os são-paulinos comemoraram…

Ceni sobre esquema e atletas individualmente

Com novidades, Ceni explicou escalação: “Mudanças que fizemos foi pensando na maneira que o Palmeiras joga. Independente da formação que jogariam, não sabíamos os nomes que usariam. Tentamos adaptar com o melhor que eles colocassem em campo”.

Logo na primeira pergunta falaram sobre a fase de Rigoni: “Continua sendo um dos principais jogadores da equipe. Atribuo a lesão que sofreu, a volta da lesão é mais complicada. Hoje fez o melhor na minha opinião, participou mais, fez muito facão. Tem sido útil. Vai ser importante, independente de gols”.

Em sequência, o tema foi para Arboleda: “É um jogador extremamente importante. Foi muito profissional dessa vez. Falamos com ele ontem, coincidentemente estava no estacionamento e ele chegou. Conversei com ele, descansou a tarde e veio para o jogo. É muito bom na bola aérea e precisávamos”.

Ou seja, sobre renovação, falou: “Importante sim que fique para o ano que vem. Diretoria está tentando conduzir da melhor maneira possível para que chegue em acordo. Contrato vence no meio do que vem. Direção dentro do que é possível, no financeiro, que ele fique com a gente.”

Na última pergunta falou sobre dupla de meio: “Já falei aqui sobre Igor Gomes e Gabriel Sara. Na ausência de velocidade, eles tem muita força. Pensei muito com Bueno e Sara com pé trocado, invertido, para finalização, cruzamento. Felizmente Sara fez esse primeiro gol, super bonito. É um jogador de Europa”. Pois complementou sobre Sara: “Pelo biotipo, força física, vai jogar em grande liga, não em times pequenos. E hoje ele ajudou com esse gol, que o Luciano desvia com a bola. Ele treina bastante esse tipo de finalização, tem facilidade de pegar bolas assim”.

Elogio para Igor Vinicius: “Minha condução é sempre a mesma. As vezes tem sucesso, as vezes fracasso. Na ausência de Sara, Igor, não temos jogadores de força. Marquinhos e Igor Vinicius fizeram bom jogo hoje. Fazia tempo que um lateral não fazia um bom jogo”.

Por fim, falou sobre o caso do Luan: “Luan depende do departamento médico, se tiver condição de jogar, sem dúvida nenhuma conta com ele. Talvez único primeiro volante de marcação, na sua essência. Se liberar, mesmo por um jogo, dois, será utilizado”.

Ceni queria falar com torcedores

Na primeira pergunta sobre visita dos torcedores, respondeu: “Mais perigo é a pergunta feita por você, uma conotação especial a isso. Estamos sempre aberto a receber qualquer torcedor. Uma coisa não tem a ver. Senão torcedor pode vir de novo no próximo jogo e é certeza de vitória. Momento é delicado. Mas temos que evoluir”.

Em outro momento, respondeu: “Sobre torcedores que foram ao CT, não os vi. Me coloquei a disposição, e disse que eu conversaria com torcedores para não ter exposição dos atletas. Torcedores que eu defendi durante 25 anos. Mas infelizmente não aceitaram falar comigo, queriam falar com jogadores”.

Prosseguiu falando sobre o caso: “Acho que foram quatro jogadores, me coloquei a disposição para não expor jogadores. Mas como não ocorreu aceite. Eu tive que deixar jogadores. Para não ter consequências piores. Lamento torcedores não conversar comigo, e deveriam pensar”. Entretanto, finalizou com ‘desabafo’: “Alguém que defende mais o clube que eu, que tenta fazer o melhor que eu, não sei, depois de tanto tempo junto. Mas faz parte do processo. Pelo que me passaram foi algo tranquilo, cordial. Quem sabe na próxima oportunidade a gente possa conversar com todos torcedores”.

Torcedor ressarcido?

Segundo Ceni, sugeriu ideia para a diretoria: “Torcedor que foi neste jogo (Flamengo) devia ser ressarcido, não financeiramente, mas com oportunidade de ver novamente o time jogar no Morumbi. Pois pagou ingresso, 50 mil, e não viram o jogar. Não porque o time não quis, mas pela rapidez que tudo aconteceu”.

Treinador fala sobre meta

Pois sem mirar somente os 45 pontos que podem não ser suficientes, Rogério Ceni falou: “Temos que evoluir e não podemos parar por aqui. 45 pontos talvez não seja suficiente para sair, então precisamos vencer e manter o nível de jogo contra o Athlético”.

As cobranças com atletas

Em um momento, Ceni cobra Igor Gomes e Nestor, fica nervoso, pois explicou: “Nunca é pessoal. É um dos clubes mais fáceis de lidar com os jogadores, tranquilos. Sinto até mais falta que eles perguntem, contraponham, é importante para mim. Achar as soluções em conjuntos. Não tenho problema de cobrar dentro do campo”. Ou seja: “Falo para eles, trabalho a semana inteira com eles para entregar eles pronto para os 90 minutos e eles tem que fazer o máximo por mim e para o clube. Essa é a regra que nós temos. Quando acaba o jogo, a amizade é a mesma, cobranças sempre vão existir”.

Mas prosseguiu falando sobre: “Qualquer cobrança excessiva, acaba quando o juiz acaba. Convívio volta ao normal. Isso é padrão. Nunca leve para o pessoal. Quando passo vídeo de correção e cito um nome de jogador, por um erro, nunca é pelo pessoal, é pelo profissional”.

Pois complementou sobre a relação com atletas: “Meus grandes amigos foram aqueles que me ajudaram a vencer. E hoje eles tiveram comportamento exemplar. Algum ajuste de posição quando é do outro lado do campo, você fala mais alto. Vocês se enganam bastante quando falam que nem tenho bom relacionamento com atletas”.

Luciano após partida

Com gol e ‘assistência’ para a vitória no Choque Rei, o atacante saiu satisfeito do jogo e comemorou: “A gente não sabia (reservas do Palmeiras). Nos preparamos pra pegar o time titular deles, mas é o Palmeiras, ganhamos. Tem jogadores que estavam jogando hoje que são titulares de outras equipes do Brasil facilmente. Então, parabéns ao nosso grupo”.

Análise do Abel Ferreira

Contudo, do outro lado, o treinador palmeirense que poupou peças importantes na partida, falou sobre o São Paulo: “Em relação à nossa performance, não foi a melhor, oferecemos erros ao nosso adversário. O adversário ganhou bem, parabéns, ganhou bem, está fechado”.

Volante comemora

Benitez, Belmonte e Sara

Ou seja, o trio fez postagem nas redes sociais, segue:

Ceni dois clássicos e duas vitórias

Vitinho presente e camisa do Rigoni

Veja também:

Papo de Arboleda com presidente da organizada e comemoração do Lucas

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: