Bruno Rodrigues vira assunto após empate no Uruguai

(Foto: São Paulo FC)

Bruno Rodrigues tem sido a grande pauta depois do empate do jogo contra o Rentistas. Além do atacante não ter entrado durante o jogo no Uruguai, pouco tempo depois saiu a notícia de que ele foi retirado da lista do campeonato Paulista para dar lugar a Paulinho Boia, jogador que volta de lesão e quase foi negociado para o Vasco na vinda de Martín Benitez. Além de Bruno, o goleiro Thiago Couto saiu da lista para lugar a Shaylon.

O atacante de 24 anos foi a primeira contratação da Era Hernán Crespo, porém foi o que atuou menos minutos, apenas 65 em cinco jogos, nenhum como titular. Até Orejuela que fez sua estreia ontem já jogou mais, 86. Com a falta de oportunidade as dúvidas começaram a surgir entre os torcedores do São Paulo nas redes sociais. Será que é apenas opção da comissão ou tem algo no extracampo.

Alguns setoristas trouxeram informações na manhã/tarde esta quinta-feira que dão conta de que a questão é unicamente técnica. Bruno Rodrigues é visto como um jovem que tem comportamento exemplar dentre as pessoas do clube. Crespo já deixou claro mais de uma vez em entrevista que só joga quem vai bem nos treinos.

Bruno Rodrigues em campo

O camisa 28 é uma das poucas opções de velocidade que tem no elenco. Junto dele tem Galeano, Rojas e agora de volta Paulinho Boia. Bruno, porém, tem uma característica diferente desses outros jogadores citados. Rojas e Galeano tem como “função” chegar ao fundo e cruzar, o paraguaio inclusive as vezes atua como ala direita.

 Já Bruno Rodrigues tem como sua característica o chute, cortar para dentro e chutar. Essa função é mais difícil de se encaixar dentro do 3-5-2 e pelo jeito o ponta não tem se adapto para atuar um pouco mais centralizado.

Muita gente questiona o fato de Bruno nunca ter tido chances como titular, nem mesmo quando os reservas estavam em campo. Isso também atrapalha, afinal, quando ele entra já no segundo tempo, tem poucos minutos para convencer Crespo de que pode ganhar mais participações. Nos poucos minutos que participou ele foi bem discreto, apenas uma finalização no gol, não marcou e nem deu assistência.

Bom lembrar também que ele ainda continua inscrito na Libertadores e pode atuar contra Racing e Sporting Cristal. O ponta atravessa uma fase muito ruim, mas não quer dizer que será sempre assim. Exemplo são Shaylon e Boia que conquistaram o treinador Tricolor nos treinamentos, Bruno Rodrigues também pode eventualmente evoluir e ter chances.

Fato é que a história de Bruno Rodrigues no São Paulo é bem incerta, afinal ele veio emprestado e poderá ser devolvido até mesmo antes do fim do contrato por empréstimo, mas nós torcemos para que ele se recupere e vire mais uma boa opção para Hernán Crespo.

Gustavo Dervelan

20 anos, Paulistano e são-paulino de berço! Estudante de Jornalismo na Universidade São Judas Tadeu. Apaixonado por esportes Brasil a fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.