Arnaldo Ribeiro sobre processo de Maicon: “Não é o clube que manda você jogar em determinadas datas ou horários”

Chamou atenção a ação de Maicon contra o São Paulo. No processo, o volante, que atualmente está no Grêmio, acionou o SPFC judicialmente exigindo o pagamento de adicional por jogos noturnos, domingos e feriados. Arnaldo Ribeiro, no podcast Posse de Bola, do portal UOL Esporte, defendeu o clube. Para ele, outras instituições deveriam ser acionadas.

Perguntado sobre de quem seria a culpa, Arnaldo foi enfático. “A confederação tem, a federação tem, a televisão tem. Não é o clube que manda você jogar em determinadas datas ou horários. Nunca é o clube. O precedente é perigoso e soa mal, é indecente. Quem não está por dentro de toda a situação vai achar que os caras são sacanas. Não tem justificativa isso. Não estão entre os menos favorecidos: muito pelo contrário: é um nicho privilegiadíssimo da sociedade brasileira, que não corresponde à maioria dos atletas de futebol, muito pelo contrário. Não pega bem, não é correto, chega a ser um escárnio. O clube deveria ter autonomia sobre quando joga, mas não tem. Quando for reclamar de adicional noturno, que vá reclamar com quem é de direito, que não é o clube de futebol, que paga o salário dele”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.