Análise: O São Paulo no Campeonato Paulista de Basquete, o que tirar de lição?

(Foto: Newton Nogueira)

O São Paulo encerrou sua participação no Campeonato Paulista de Basquete 2019 na sexta-feira (27). A equipe se despediu da competição na fase de semifinais, após a melancólica derrota para o SESI/Franca, iniciando depois dali, a preparação para o NBB.

Um dos revés do tricolor no torneio foi a lesão de Desmond Holloway, um dos principais jogadores do elenco, e que desfalcará o time do Morumbi por no mínimo 4 meses, devido a uma cirurgia no ombro. Com a lesão do ala-armador, a diretoria são-paulina busca no mercado uma reposição, e ainda está a procura de um armador e de um ala. A vinda de um jogador para a armação pode mudar Georginho de Paula de posição, que passaria a fazer a função de Holloway. Além disso, o São Paulo anunciou a contratação do pivô Murilo Becker para a disputa do principal torneio nacional de basquete.

SÃO PAULO NO CAMPEONATO PAULISTA DE BASQUETE:

RETROSPECTO DA PRIMEIRA FASE:

8 vitórias: 72×64 (Osasco), 97×61 (América), 95×79 (LSB), 91×87 (Mogi)*, 84×83 (Pinheiros)*, 102×86 (Osasco)*, 88×69 (LSB)* e 116×65 (América)*.

4 derrotas: 76×83 (Mogi), 68×73 (Pinheiros), 75×93 (Franca) e 81×98 (Franca)*.

* = Segundo turno.

RETROSPECTO DOS PLAYOFFS:

4 vitórias: 86×72 (UNIFAE)*, 97×71 (UNIFAE), 89×83 (Bauru) e 93×87 (Bauru)*

3 derrotas: 71×68 (Bauru)*, 89×77 (Franca) e 92×88 (Franca)*

* = Fora de casa.

ESTATÍSTICAS DO TIME:

Pontos por jogo: 86,5;

Rebotes por jogo: 37,0;

Assistências por jogo: 17,4;

Pontos permitidos por jogo: 79,3;

59,0% de acerto na bola de 2;

33,7% de acerto na bola de 3;

75,9% de acerto no lance livre.

ESTATÍSTICAS DOS JOGADORES:

Jogos:

19: Jalen Jones, Renan Lenz, Georginho de Paula e Shamell Stallworth.

18: Jefferson William e Cassiano Bueno.

17: Douglas Kurtz e Desmond Holloway.

9: João Mamedes.

6: Danilo Penteado.

5: Nilo Jr.

0: Igor Araujo.

Minutos/Pontos/Rebotes/Assistências/2PT/3PT/Lance Livre:

Georginho de Paula: 32,1 min/ 15,8 pts/ 8,2 reb/ 4,9 ast/ 75-113 (66,4%)/ 32-91 (35,2%)/ 55-71 (77,5%)

Renan Lenz: 30,1 min/ 12,8 pts/ 5,8 reb/ 1,3 ast/ 41-69 (59,4%)/ 46-94 (48,9%)/ 23-27 (85,2%)

Shamell Stallworth: 29,6 min/ 12,6 pts/ 2,8 reb/ 3,6 ast/ 60-96 (62,5%)/ 27-111 (24,3%)/ 38-47 (80,9%)

Desmond Holloway: 28,5 min/ 15,2 pts/ 4,5 reb/ 2,1 ast/ 74-121 (61,2%)/ 19-67 (28,4%)/ 53-69 (76.8%)

Jefferson William: 27,4 min/ 11,6 pts/ 5,9 reb/ 2,3 ast/ 37-72 (51,4%)/ 34-93  (36,6%)/ 32-41 (78%)

Jalen Jones: 20,5 min/ 8,6 pts/ 2,8 reb/ 1,4 ast/ 45-82 (54,9%)/ 19-65 (29,2%)/ 17-22 (77,3%)

Cassiano Bueno: 15,6 min/ 5,1 pts/ 2,7 reb/ 1,7 ast/ 24-50 (48,0%)/ 9-23 (39,1%)/ 16-26 (61,5%)

Douglas Kurtz: 14,1 min/ 6,1 pts/ 3,8 reb/ 0,4 ast/ 41-63 (65,1%)/ 0-0 (0%)/ 22-34 (64,7%)

João Mamedes: 7,0 min/ 2,2 pts/ 2,2 reb/ 0,3 ast/ 8-20 (40,0%)/ 0-0 (0%)/ 4-6 (66,7%)

Danilo Penteado: 5,6 min/ 0,4 pts/ 1,2 reb/ 0,2 ast/ 1-3 (50%)/ 0-6 (0%)/ 0-0 (0%)

Nilo Júnior: 4,0 min/ 2,2 pts/ 1,2 reb/ 0,2 ast/ 6-9 (85,7%)/ 0-2 (0%)/ 1-1 (100%)

Igor Araujo: 0,0 min/ 0,0 pts/ 0,0 reb/ 0,0 ast/ 0-0 (0%)/ 0-0 (0%)/ 0-0 (o%)

Murilo Becker: 26,4 min/ 13,4 pts/ 5,6 reb/ 1,9 ast/ 23-69 (33,3%)/ 14-42 (33,3%)/ 19-28 (67,9%)*

*= Disputou o campeonato por outra equipe.

RECORDES:

Líder em pontos: Georginho de Paula (1º entre todos os jogadores)

Líder em rebotes: Georginho de Paula (1º entre todos os jogadores)

Líder em assistências: Georginho de Paula (3º entre todos os jogadores)

Líder em roubos de bola: Desmond Holloway (4º entre todos os jogadores)

Líder em tocos: Renan Lenz (3º entre todos os jogadores)

Líder em eficiência: Georginho de Paula (1º entre todos os jogadores)

Líder em bolas de 3: Renan Lenz (1º entre todos os jogadores)

ANÁLISE:

O São Paulo encerrou o Campeonato Paulista com sensação de dever cumprido, chegando ás semifinais, sendo eliminado apenas pelo atual campeão paulista e vice-campeão do NBB, além de desbancar uma equipe gigante nacionalmente nas quartas de final, grande campanha do tricolor. O que fica de revés até então é a forma do time jogar, que não se encontrou durante todo o torneio. Muitas bolas de 3, jogadas de 1 contra 1, poucos jogadores ajudam o time quando estão sem a bola. O destaque positivo fica para o armador Georginho de Paula, que liderou o time do Morumbi, sendo o melhor jogador da equipe e um dos melhores do estadual. O destaque negativo é coletivo, dividido entre a comissão técnica, que cometeu muitos erros de escolhas de jogadas, rotações e também de bolas decisivas, que custaram algumas vitórias durante o Paulistão e também para os jogadores mais experientes, como Shamell e Jefferson, que produziram muito pouco comparado ao que produziam em suas ex-equipes, tendo um início muito abaixo da expectativa.

ROTAÇÃO:

O São Paulo ainda necessita de reforços para não passar sufoco no NBB, atualmente a provável rotação do time conta com: Georginho de Paula, Jalen Jones, Shamell Stallworth, Jefferson William e Renan Lenz, titulares. Cassiano Bueno, Douglas Kurtz e Murilo Becker, vindo do banco. 8 jogadores na rotação é muito pouco, a lesão do Holloway complicou a vida do tricolor, que ainda tem vaga no elenco para mais um estrangeiro, e está em busca de um pontuador para agregar na rodagem.

OPINIÃO:

O ideal seria a diretoria focar em um armador estrangeiro, com uma boa capacidade de armar e defender, deslocando o Georginho de Paula para a posição 2, e colocando Murilo Becker na posição 5 de titular, levando o Jefferson a ter mais minutos, só que vindo do banco. Também precisaria de um backup para o Shamell, que já não é mais um menino, um ala reserva seria fundamental nessa equipe, que ficaria com:

(Reforço), Georginho, Shamell, Lenz e Becker.

Cassiano, Jones, (Reforço), Jefferson e Kurtz.

Igor, Holloway* Danilo, Nilo e Mamedes.

Um dos traumas do time são-paulino no Campeonato Paulista estaria resolvido com essas peças. Um armador defensivo e playmaker daria força na defesa e organizaria o jogo, dando liberdade para Georginho, Shamell e Lenz pontuarem, sendo o Murilo Becker a quinta força ofensiva, mas com um bom arsenal. O maior pró seria o banco, que contaria com grandes pontuadores como Jones e Jefferson, armadores com Cassiano e também alguém pra jogar no garrafão quando necessário, como o Kurtz. A vinda de um ala jovem e defensivo daria mais profundidade a todo o elenco.

NBB:

O São Paulo inicia sua primeira participação no NBB na terça-feira (15), em um majestoso. O tricolor enfrentará o Corinthians, no Pq. São Jorge, ás 20h (horário de Brasilia). A Partida contará com torcida única e transmissão da ESPN.

Diego Marcondes, SPFC 24 Horas.

 

 

Diego Marcondes

17 anos. Amante de basquete e são-paulino. Um dos percusores do Arremesso Tricolor. Também colaboro em Jumper Brasil e BasCast Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: