Com orçamento ‘alto’ e compra de franquia, São Paulo deve disputar NBB nesta temporada

Agora é oficial!

A diretoria do São Paulo aguardava ansiosamente o dia 12 de junho, dia em que tão esperado convite para a disputa da NBB poderia chegar. Infelizmente o convite não veio, mas o Tricolor tinha uma carta na manga segundo revelado pelo Blog do Menon.

Em uma jogada de mestre, o Tricolor comprou a franquia do Joinville e assim garantiu sua participação na competição da NBB. O custo da negociação é de R$ 400 mil e será pago em 14 meses.

Além disso, o clube continua a corrida para reforçar a equipe, após contratar os atletas Shamell, cestinha histórico do NBB (ex-Mogi), Renan Lenz, Georginho (ambos do Paulistano), Jefferson William (ex-Bauru), Kurtz (Basquete Cearense) e Cassiano (Campo Mourão). O São Paulo buscava um nome forte para compor o elenco e ao que tudo indica já encontrou.

Trata-se do ala armador Desmond Holloway, que atualmente atuava no Ferrocarril, da Argentina. O atleta já disputou seis temporadas do NBB e tem médias, de 17,8 pontos, 5,1 rebotes, 2,3 assistências e 17,3 de eficiência.

O norte americano Holloway, terá outros dois compatriotas na equipe Tricolor, Jones e Shamell. Pelo regulamento da NBB, um time pode ter até quatro estrangeiros, sendo assim ainda resta uma vaga. Que provavelmente será ocupada a partir do dia 30 de julho.

Com um orçamento anual do basquete girando em torno de R$ 4 milhões, incluindo salários dos jogadores e comissão técnica (todos CLT, sem direito de imagem), viagens e alojamento em apartamentos bancados pelo clube. O clube busca incessantemente por patrocínio, porém até o momento não existe nada fechado.

(Foto: @saopaulofc)

Texto colaborativo da Tathiane Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.