Tricolores pelo Mundo: Campeões na Holanda e dupla decide na Espanha

(Reprodução)

Por Fábio Martins (@fbiomartins1)

O novo quadro do SPFC 24 Horas é o Tricolores pelo Mundo. São muitos ex-jogadores são-paulinos atuando em diversos lugares pelo mundo afora, e geralmente as atuações acabam repercutindo entre os torcedores pelas redes sociais.

É a terceira edição neste dia 02/05/2021:

Decisivos em Madrid

Na última semana, Militão e Casemiro estiveram no quadro mas com outro título ‘Drama em Madrid‘, pois bem, desta vez a dupla decidiu ao marcarem os gols da vitória de 2×0 sobre o Osasuña. Com isso, o clube madrileño segue na briga pelo título, chegou aos 74 pontos, dois a menos que o líder Atlético de Madrid.

Vale ressaltar que neste meio de semana tem decisão na semifinal da Liga dos Campeões, jogo de volta contra o Chelsea, na Inglaterra. Com o empate de 1×1 na ida, precisará buscar resultado fora.

Antony e David Neres campeões

Semana sim, semana não, Antony e David Neres são campeões. Depois da conquista da Copa Holandesa com direito a gol decisivo do David Neres no fim do jogo, foi a vez da dupla conquistar a Liga Holandesa, famosa Eredivisie. Pois foi com três rodadas de antecedência e grande margem, 14 pontos do rival PSV.

Antony e Neres foram decisivos na campanha. No total, juntos participaram diretamente de 23 gols do Ajax. Antony marcou 8 gols e deu 8 assistências em 28 jogos, enquanto David Neres marcou 3 gols e deu 4 assistências em 21 jogos.

Reencontro de Cotia no Japão

Do sub-11 em 2011 para duelo no Japão, o meia Gabriel Xavier (Nagoya Grampus) enfrentou o João Schmidt (Kawasaki Frontale), inclusive Schmidt defendia o Nagoya na última temporada. Pois bem, melhor para Schmidt, sua equipe venceu por 4×0, fora de casa, e o volante ainda deu assistência para um dos gols de Leandro Damião. Mas vale um adendo, Gabriel Xavier jogou pouco, entrou aos 85 minutos quando já estava 4×0.

Um detalhe é que o Kawasaki Frontale é líder absoluto do Japonês, venceu 11 de 13 jogos, e segue invicto na competição. Schmidt deu duas assistências em 11 jogos, mas o destaque mesmo é Leandro Damião.

Falando em Japão, teve estreia com gol…

Outro da base, o capitão Bruno Uvini, foi para o FC Tokyo e na estreia marcou gol em jogo da Copa. Foi uma bela cabeçada, o goleiro ainda defendeu, mas a bola entrou.

Todo jogo e um reencontro em Portugal

Portugal é um celeiro de brasileiros, e tem muito Made in Cotia que atuou no país. No duelo Portimonense 0x0 Rio Ave, envolveu muitos ex-são-paulinos. Do lado do Portimonense, a dupla de zaga Mauricio e Lucas Possignolo, meia Dener que tem muita moral no clube português, já tem seus 29 anos e atuou junto com Schmidt e Uvini na base, inclusive no sub-20 de 2011.

Por outro lado, no Rio Ave, o zagueiro Aderllan Santos atuou durante os 90 minutos, enquanto o goleiro, Léo Vieira, ficou na reserva. Léo foi um dos atletas mais longevos do São Paulo, ficou do sub-15 em 2004 até 2016, atuou apenas uma partida, a última de 2016 e seguiu sua carreira, atualmente está no futebol português, apenas dois jogos.

Falando da geração de 1993, ou do sub-20 em 2011…

O atacante Bruno Cantanhede está em boa fase no futebol do Vietnã, pois é… Neste domingo (2) marcou o terceiro gol em oito jogos pelo Hà Nôi, vitória de 3×1, após cruzamento na área, subiu sozinho e só tirou do goleiro, com classe. Vale ressaltar que em 2019, fez uma grande campanha pelo The Cong, foram 15 gols em 14 partidas.

Aliás, tem muito jogador brasileiro atuando na liga vietnamita, é curioso de ver. Inclusive atletas que atuaram na seleção brasileira de base, no total são 23 brasileiros, sendo assim o país com mais estrangeiros na competição.

Tem melhor jogador no Chipre

Fabiano, campeão brasileiro pelo São Paulo em 2007 e 2008, foi o goleiro menos vazado do Chipre, sofreu apenas 13 gols em 30 jogos na Liga Chipriota. Foi eleito o melhor jogador de 2020 e recebeu prêmio há alguns dias.

Atualmente com 33 anos, na época Fabiano era um jovem de 19 anos e teve missão de substituir Rogério Ceni e Bosco em uma partida importante para o São Paulo em 2007.

Foi no duelo contra o Fluminense, 1×1 no Maracanã. Pois cometeu primeiro pênalti da partida, e não defendeu cobrança de Thiago Neves. Mas na segunda penalidade na partida, defendeu a cobrança de Gabriel, e salvou o Tricolor Paulista de uma possível derrota, no geral foi uma boa atuação.

Inter campeã na Itália; Toloi e Eduardo participam

O volante Eduardo Henrique, teve uma passagem pela base do São Paulo em 2013, era tido como grande promessa vinda do Guarani. Mas não renovou com o clube e seguiu para o Atlético Mineiro. O início do volante no futebol foi promissor, mas foi sumindo, e atualmente está na reserva do Crotone, entrou na derrota de 2×0 em casa para a campeã Internazionale. Pois esse resultado gerou o rebaixamento do seu time Crotone para a segunda divisão, durante a campanha foram 19 jogos e um gol marcado pelo volante.

Por outro lado, a Inter para ser campeã, precisava de um tropeço da vice-líder, Atalanta, de Rafael Toloi que encarou o Sassuolo. O zagueiro foi titular no empate de 1×1 e acabou cometendo penalidade que gerou o empate.

Quer saber sobre algum ex-São Paulo? Comente que buscaremos informações de como está!

Fábio Martins

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.