Jogadores Icônicos: Episódio 28 – Roberto Dias, O Zagueiro Artilheiro

(Imagem: Divulgação | Almanaque do Futebol)

Fala galeraTricolor, beleza? No episódio dessa semana iremos falar um pouco sobre um dos maiores ídolos do São Paulo, o volante e zagueiro Roberto Dias Branco.

Dias chegou ao São Paulo com 16 anos, sempre mostrou muita habilidade e por isso atuava tanto como zagueiro quanto como volante, tinha uma boa saída de bola, tais habilidades foram bem trabalhadas na base e quando foi promovido à equipe profissional.

Com a construção do Morumbi na década de 60, o São Paulo e a gestão da época se preocuparam mais com o estádio do que com as conquistas, com isso, o clube viveu um de seus maiores jejuns de títulos da história. Período em que Dias fazia história no clube, ainda que sem títulos, destacando-se em várias partidas inclusive em clássicos, onde nada passava por ele.

Um dos jogadores que Dias marcou foi o Pelé, que sempre o elogiou, por chegar limpo nas roubadas de bola. Isso era um diferencial, pois, naquela época o São Paulo tinha um time menos badalado e que somente lutava para permanecer na elite. Dias era o destaque daquela equipe na zaga, com seu estilo de jogo e nas roubadas que logo se tornava contra-ataques.

Depois de 10 anos de seca o São Paulo mandou um time qualificado e que almejava coisas maiores, e Dias por ter se destacado com o bom futebol apresentado e acabou permanecendo na zaga, o que deixará o zagueiro que foi para a copa de 1996, muito animado. Dias foi movido da zaga para a volância onde melhor jogou. Logo em 1970 conquistou o Paulistão, acabando com o jejum. Em 1971 conseguiu o bicampeonato Paulista, porém os problemas maiores chegaram e em uma partida contra o SFC, o volante foi substituído com falta de ar e dores no peito.

Dias até tentou voltar, porém, não conseguia mais jogar no mesmo ritmo. Em 1973 o São Paulo permitiu que o jogador procurasse outro clube para jogar, o que aconteceu, o jogador se transferiu para o Jalisco. Pelo São Paulo foram 81 gols em 563 jogos.

No dia 25 de setembro de 2007 Roberto Dias sofreu um infarto e acabou falecendo, deixando muitas saudades e um sentimento de gratidão.

Nene Lopes

 

Nenê Lopes

Nenê Lopes

22 anos, estudante de comunicação social hab. Rádio e TV, apaixonado pelo São Paulo FC, baiano "retado". Ex colaborador da página spfc mil grau e design gráfico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.