BCLA: São Paulo encara San Lorenzo neste sábado pelas quartas de final

 

(Foto:Reprodução/Fiba.Basketball)

Após vir de uma sequência positiva no NBB com seis vitórias consecutivas, o São Paulo enfrenta neste sábado (10), a equipe do San Lorenzo (Argentina). A partida válida pelas quartas de final da Basketball Champions League Américas acontece às 14h40 horário de Brasília, no ginásio Alexis Argüello, em Manágua, na Nicarágua. A transmissão desse duelo decisivo por uma vaga na semifinal da competição será da plataforma de streaming DAZN.

Último Confronto

Na última terça-feira (6), o tricolor enfrentou a equipe do Campo Mourão no único jogo dessa temporada do NBB em que não houve transmissão de TV do basquete são-paulino. Com o terceiro lugar assegurado e já pensando na sequência decisiva da temporada, o técnico Cláudio Mortari poupou todo o time titular e mostrou a força do elenco que foi montado para essa temporada na vitória por 99 a 74.

Começando o jogo com Dawkins, Danilo Penteado, Isaac,Renan e Gerson,a equipe sofreu no começo com a falta de entrosamento e não fez um bom primeiro quarto sendo derrotada por 22 a 17. A partir do segundo período, a equipe deslanchou e contou com as boas apresentações de Dawkins e Renan Lenz que juntos anotaram 63 dos 99 pontos da equipe.

Destaque absoluto da partida, o ala-pivô Renan demonstrou mais uma vez todo o seu potencial e colocou uma pulga atrás da orelha do treinador em relação a titularidade na posição 4. Já não bastassem os 38 pontos anotados, o destaque do basquete tricolor ainda quebrou vários recordes pessoais, tendo pego 16 rebotes, convertido 8 de 13 bolas de três pontos tentadas e ainda obtendo 45 de eficiência. Dawkins também vêm corroborando seu bom momento na temporada e anotou 25 pontos e 8 assistências.

O adversário – San Lorenzo (CASLA Básket)

Uma das equipes mais tradicionais da América do Sul e campeão da extinta Liga das Américas em 2018 e 2019, o time de Almagro faz uma campanha perfeita na BCLA até aqui. São 4 jogos e 4 vitórias. Tendo em seu grupo o compatriota Obras Sanitárias e o Franca Basquete, o time do técnico Silvio Santander venceu o Obras duas vezes por 86 a 81 e 87 a 73 e o Franca também em duas oportunidades por 73 a 68 e 75 a 70. Todos os jogos desta chave foram disputados na Argentina no Templo do Rock, mesmo ginásio em que o São Paulo atuou pela primeira janela.

Com uma equipe bastante experiente e rodada, os destaques são atletas já muito conhecidos no cenário sul-americano. Destaque absoluto da equipe nessa edição da Champions, o armador Jose Vildoza atuou as 4 partidas e vêm com médias expressivas de 19,3 pontos por partida, 2,8 rebotes e 6,3 assistências. Um dos melhores pontuadores do perímetro da competição, o armador possui 45,7% de aproveitamento na linha dos 3, o que é um ótimo número. Mais um destaque da equipe Argentina é o ala-armador norte-americano Dar Tucker que tem médias de 11,8 pontos por partida, 2,5 rebotes e 3,8 assistências em 4 partidas atuadas. Outro destaque do time do Papa é o experiente Nicolás ‘Penka’ Aguirre com 10,8 pontos de média, 4,3 rebotes e 5 assistências. O pivô Kevin Hernandez vem tendo boas atuações vindo do banco, anotando 10 pontos por partida, com 5,5 rebotes e 1,3 assistências. Por fim, o ala-pivô Facundo Piñero é mais um dos experientes atletas do San Lorenzo que possui boas médias na competição com 9,5 pontos, 5,3 rebotes e 1,3 assistências.

O San lorenzo possui em seu elenco 4 remanescentes do último título internacional que conquistou, a Liga das Américas de 2019, em que bateu o Guaros de Lara na final por 64 a 61. São eles o norte-americano e MVP da competição Dar Tucker,e os argentinos Penka Aguirre, Máximo Fjellerup e Jose Vildoza.

O jogo 

A expectativa é de um jogo duríssimo para o São Paulo. Apesar de estar em grande momento na temporada, toda competição mata-mata tem sua característica especial e vamos enfrentar uma equipe digamos mais acostumada a esses momentos chave que o tricolor. Aos comandados de Cláudio Mortari as palavras chave dessa partida são concentração e foco.

Ao time do Morumbi, cabe mirar a partida perfeita em que realizou diante da Quimsa na primeira janela, onde a equipe em todo momento foi aplicada, tanto ofensivamente como defensivamente para atingir o resultado positivo. Recentemente no último dia 21 de março, nossos adversários foram derrotados pela equipe de Santiago Del Estero por 88 a 81, mostrando ser completamente possível ao basquete tricolor sair vencedor dessa partida, que será realizada em jogo único.

Não imagino o São Paulo atuando de outra forma, visto ao que já mostrou nessa temporada, e nem deve fazer isso. Aproveitar o grande momento vivido por Lucas Mariano, causando desequilíbrio no garrafão argentino, deve ser uma das estratégias do tricolor nessa partida. Outro fator que vem dando certo na temporada são as jogadas de ”isolation” de Georginho, que nesse quesito conta com a ajuda de Shamell e Bennett.  Será muito importante que a equipe esteja em um bom dia, pois temos uma forte jogada de perímetro que deve ser muito usada nesse jogo,então é importante que as bolas de Shamell e Jefferson principalmente, caiam nesse fundamento. O banco é um fator que também pode fazer a diferença, então a utilização de Renan, Dawkins e Isaac e suas boas atuações podem ser um diferencial para o time.

Para o time argentino, tirar o ritmo de Georginho e Lucas Mariano é meio caminho andado para conseguir a vitória. Vildoza, Aguirre, Tucker e Piñero devem chamar a responsabilidade nesse jogo e estes atletas devem gerar muito cuidado ao São Paulo, pois são decisivos, qualquer desatenção com esses jogadores em determinado momento do jogo, pode ser fatal.  Um duelo interessante nessa partida será o embate de alto nível entre os armadores Vildoza e Georginho, qualquer vantagem nesse confronto entre as principais peças das duas equipes deve fazer a diferença no placar.

Para falar sobre o jogo, a equipe do SPFC 24 Horas falou com o jornalista Enéas Lima , repórter e criador do Blog Garrafão RN , especialista quando o assunto é BCL Américas. Para Enéas, a experiência recente em competições internacionais pode fazer diferença a favor do San Lorenzo. E conclui, ressaltando a importância da frieza e leitura nos momentos finais da partida, fator que pode ser crucial para a definição do vencedor.

” O San Lorenzo é um time que tem muita experiência recente em competições internacionais, inclusive teve hegemonia dentro das Américas. Se o José Vildoza tiver inspirado, ele é capaz de desequilibrar o jogo a favor do time argentino. Kevin Hernandez e Nicolas Romano podem ser dois jogadores que podem dar trabalho ao Lucas Mariano nos dois lados da quadra. É promessa de jogão entre os dois times. Quem tiver mais frieza na leitura do final da partida, sairá com a vitória nesse jogo das quartas de final.”

O técnico Cláudio Mortari deu entrevista para o site oficial do São Paulo, e ressaltou o quanto a equipe deve estar concentrada para minimizar o erro e atingir o resultado positivo. Também destacou a importância do torneio e a oportunidade que ele e os atletas tem de fazer história e marcar seu nome na memória do torcedor.

“Todos os jogos serão decisivos agora e um erro pode significar uma eliminação. Por isso, precisamos estar muito bem preparados para tudo. O problema não é o erro. Errar, todos os times erram. O que precisamos é saber superar o erro para conseguir a vitória. A Champions é uma rara oportunidade de vencermos um torneio internacional. Sabemos o quanto é difícil e vamos precisar correr muito para nos classificarmos. Temos em mente a nossa responsabilidade, de buscar bons resultados para fazer o São Paulo entrar para a história e esse torneio tem um valor enorme para nós”

Será um jogo muito parelho e disputado, característica de um jogo eliminatório. Nesse confronto, é impossível apontar um favorito, pela qualidade que as duas equipes apresentaram na competição. Então, com certeza, a equipe que estiver em um melhor dia, e errar menos, sairá classificada.

FICHA TÉCNICA:

Jogo: San Lorenzo x São Paulo

Local: Ginásio Alexis Argüello, Manágua, Nicarágua

Data e Horário: 10 de Abril, 14h40 (Horário de Brasília)

Transmissão: DAZN

San Lorenzo: Jose Vildoza, Nicolás Aguirre, Dar Tucker, Facundo Piñero e Roberto Acuña. Técnico: Silvio Santander.

São Paulo : Georginho de Paula, Corderro Bennett, Shamell Stallworth, Jefferson William e Lucas Mariano. Técnico: Cláudio Mortari.

Arremesso Tricolor: ouça o podcast de basquete do SPFC24Horas em seu agregador favorito:

O Arremesso Tricolor é uma proposta independente e totalmente exclusiva do site SPFC 24 Horas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.