Análise do adversário – Santos – 6ª Rodada

(Foto: Fábio Martins | SPFC 24 Horas)

Neste domingo (20) o São Paulo terá o primeiro clássico no Brasileirão 2018, o jogo válido pela sexta rodada será contra o Santos, único adversário que venceu a equipe são-paulina dentro do Morumbi na temporada.

O clássico San-São ocorreu uma vez em 2018, vitória do Santos, 1 a 0 no Morumbi, gol do Gabriel em chute rasteiro, o jogo ocorreu em fevereiro, na primeira fase do Paulistão, quando São Paulo ainda contava com Dorival Júnior no comando. Antes desse reencontro no Morumbi, o clássico SanSão teve sete partidas fora do Morumbi, alternando entre Vila Belmiro e Pacaembu, o Tricolor Paulista venceu no segundo turno do Brasileirão 2017, no Pacaembu, 2 a 1, já a última vitória no Morumbi foi em 2015, 3 a 2 emocionante.

Em 2018, o Santos comandado por Jair Ventura contém os seguintes números, 27 jogos, 12 vitórias, 5 empates e 10 derrotas, marcou 37 gols e sofreu 29, ou seja, números que tornam a equipe praiana questionável na temporada, inclusive no último jogo na qual Jair Ventura poupou diversos jogadores na derrota para a Luverdense por 2 a 1, o técnico e elenco foram bastante questionados por torcedores e imprensa, os relatos são de que os jogadores reservas em geral não agradam.

O rival santista é conhecido pela maioria dos são-paulinos, a equipe comandada por Jair Ventura que visa inicialmente a organização tática e fora de casa costuma esperar o adversário para tomar alguma iniciativa, explorando normalmente os espaços deixados em velocidade de contra-ataque, foi assim que superou o São Paulo no último confronto. Em outros desafios, como na Libertadores, o sistema ofensivo mostrou muito entrosamento, velocidade e qualidade, no caso o trio Gabriel, Sasha e Rodrygo, também assustaram o Palmeiras na semifinal do Paulistão, foram eliminados apenas nos pênaltis.

Com boa parte dos atletas poupados no jogo contra a Luverdense no meio de semana pela Copa do Brasil, o time de Jair Ventura deve ser no 4-3-3 formado por: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Alison, Jean Mota e Vitor Bueno; Gabigol, Eduardo Sasha e Rodrygo. Os desfalques para o jogo são: Bruno Henrique e Guilherme Nunes (lesão muscular na coxa), Arthur Gomes (entorse no tornozelo).

A equipe no papel é ofensiva, os laterais Victor Ferraz e Dodô sabem jogar na contenção, mas gostam de apoiar, o Alison é volante marcador, já Jean Mota é o polivalente do time, por vezes lateral, outras volante, mas é meia de origem, assim como Vitor Bueno que era o destaque do time em 2016 e começo de 2017, mas se lesionou grave e não retornou igual, já o trio ofensivo Gabriel, Eduardo Sasha e Rodrygo contam com a velocidade, até ajudam na recomposição, mas o forte de todos eles é a finalização.

Ponto forte: O ataque santista é muito forte, marcou 1,37 gols por jogo, são 37 gols em 27 jogos, e Gabriel marcou cinco gols nos últimos dois jogos que atuou, enquanto Sasha deu duas assistências na vitória de 3 a 1 sobre o Paraná, Rodrygo também marcou gol, ou seja, é um trio muito perigoso. O goleiro Vanderlei tem sido sempre um ponto forte da equipe santista.

Ponto fraco: Se por um lado o ataque é bom, por outro o sistema defensivo deixa a desejar em vários momentos, recentemente enfrentaram o Grêmio no Sul e perderam por 5 a 1, em um jogo terrível do sistema defensivo santista, mas também sofreu três gols da Luverdense em dois jogos, um do Paraná, são 29 gols sofridos em 27 jogos, média de 1,07 por jogo, e só não é pior pelo fator Vanderlei, o goleiro salva o time muitas vezes… E outro fator é a armação, sem Lucas Lima, e Vitor Bueno ainda sem render o esperado depois do retorno da lesão, o Santos tem batido cabeça no setor.

Fique de olho: Apesar do Gabriel ser o artilheiro do time com 10 gols em 17 jogos, chamo atenção para o jovem atacante Rodrygo, veloz, habilidoso e bom finalizador, é para tomarmos cuidado!

Caso tenha alguma informação ou correção, comente…

Fábio Martins

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.