Abel Ferreira defende que São Paulo mantenha Diniz: “Tem que ter mais paciência”

(Reprodução)

Em meio ao final da temporada 2020/21, muitas dúvidas e questionamentos seguem pairando o Morumbi. No São Paulo, existem muitas incertezas para a próxima temporada. E uma delas, é sobre o treinador que vai comandar a equipe a partir do Campeonato Paulista.

Fernando Diniz tem muitos críticos, na diretoria, no conselho, e principalmente na torcida. Muitos que entendem que o São Paulo poderia ter uma estabilidade maior e uma competitividade mais adequada dentro de campo com um novo comandante. Mas, o atual treinador do Tricolor também tem muitos defensores, que entendem que seu trabalho tem que continuar desde que lhe dêem um material humano melhor para desenvolver seus métodos.

E um dos seus principais defensores se tornou público no último sábado (30), após a final da Libertadores. Abel Ferreira, treinador campeão da competição pelo Palmeiras, foi à coletiva após a vitória sobre o Santos e afirmou que no Brasil é necessário ter mais paciência com os treinadores, e usou Fernando Diniz como principal exemplo.

“Vocês (brasileiros) devem valorizar o que é de vocês. Vocês são bons no que fazem. Potência. Quando vejo o próprio (Fernando) Diniz, tem que ter mais paciência. Para se construir trabalhos é preciso tempo. Sei que queremos resultado de um dia pro outro, mas não é assim que funciona”, afirmou o português.

Abel também se colocou como exemplo, entendendo que pode passar pela mesma pressão no futuro, caso os resultados parem de vir: “Tem de ter paciência comigo. Hoje estou ganhando, mas quando perder vão querer me mandar embora. A coragem dos treinadores é a mesma coragem que os presidentes têm que ter”, afirma Abel, entendendo que Julio Casares e os demais dirigentes que passarem por essa situação precisam ter pulso firme nos momentos de crise mais aguda.

Fernando Diniz segue no comando do São Paulo e em busca da remontada no Brasileirão. A disputa vai se arrastar até o final da competição.

Caio Felix
[email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.