Sugestões de reforços na pausa da Copa

Fala nação tricolor!

Pois bem, voltamos a época das especulações, muito também devido à pausa para a Copa do Mundo.

Sendo assim, vou entrar um pouco nessa brincadeira, e citarei nomes para as posições que vejo como as mais carentes. Alguns mais viáveis, e outros também mais difíceis, mas que podem ser viabilizados.

  • Goleiro: Não concordo em nada com a tese de que “temos que blindar e manter Sidão de titular”. Já cometemos esse erro em 2016 com Denis, custando campeonatos para nós como a Copa do Brasil, e não quero ver meu time cometendo esse mesmo erro de novo. Nomes? Rafael Cabral, que está livre no mercado, seria minha prioridade, pois além de ser mais viável financeiramente, é um grande goleiro, que já foi convocado para a seleção brasileira e foi destaque do Santos no título da Libertadores de 2011, embora não tenha tido grande destaque no futebol europeu, amargando a reserva do Napoli por muito tempo. Outros nomes que acho válido observar são o de Tiago Volpi, ótimo goleiro que joga no futebol mexicano, e Rafael, que está na reserva do Cruzeiro e que fez excelente temporada em 2016. Pensando um pouco além, tem Caballero, da seleção argentina e que está na reserva do Chelsea, e que já demonstrou admiração por Rogério Ceni nas mídias sociais, Bravo, goleiro titular do Chile que está na reserva do Manchester City, o que é um grande desperdício na minha opinião, Gomes, que faz um bom tempo que joga em bom nível na Premier League, sendo destaque positivo rodada sim e rodada não, Pedro Gallese, goleiro da seleção peruana e que também interessa ao Boca Juniors, é um que vira e mexe é sempre citado no Twitter, Guilhermo Ochoa, titular da seleção mexicana, um dos grandes destaques da Copa de 2014, e que joga no futebol belga.
  • Lateral-direita: Faz muito tempos que acho que o São Paulo precisa de um jogador para essa posição, mais ainda com a possível saída de Éder Militão, e o nome mais viável e que vem sendo comentado por jornalistas é o de Michel, que jogou no Las Palmas e fez parte do Galo campeão da Libertadores de 2013. Não conheço seu futebol, então não tenho como opinar se é bom nome ou não, sendo assim, nomes que recomendo (por enquanto, que ainda não completaram 7 jogos) são o de Victor Ferraz e Jonathan, que ainda jogam no futebol brasileiro. Pensando além, tem os uruguaios Maxi Pereira e Cáceres, ambos da seleção uruguaia que vai disputar a Copa, estão livres no mercado, acho que seria bem interessante se fizessem, pelo menos, uma consulta para ambos.
  • Meio-campo: Não acho que essa seja a posição mais carente de todas, mas é sempre interessante ficar atento ao mercado para (boas) oportunidades no mercado. Hernanes é o maior sonho do torcedor são paulino, mas não sei se é viável, pois voltou a jogar como titular no seu time e até mesmo a fazer gols, mas pelo fato do regulamento de lá ser ruim para os estrangeiros, fica a esperança de um novo empréstimo. Acho que seria interessante a diretoria ficar atenta ao caso de Gustavo Scarpa, jogador que foi líder de assistências em 2017 e que cairia bem no time, sendo também alternativa para jogar aberto pelos lados do campo, ao lado de Nenê, no 4-2-3-1. 

    xScarpa-entrou-na-Justica-contra-o-Fluminense.jpg.pagespeed.ic.zYze3cnOsH
    Foto: Marcelo Theobald / Agência “O Globo”
  • Ataque: Sempre fui favorável a permanência de Marcos Guilherme, mas não achava necessário contratar reposição, pois vejo no elenco boas alternativas para suprir sua saída, como Morato e os jovens provenientes da base. Porém, com a saída de Valdívia, vejo uma lacuna aberta no ataque, e agora o discurso muda um pouco. Vitinho, atualmente no CSKA, Bernard, que vai ficar livre no meio do ano, são jogadores extremamente talentosos e que seriam facilmente titulares do time, e não acredito que suas negociações sejam tão difíceis. Pensando um pouco além, tem o colombiano Yimmi Chará, mas o que pesa é o fato de sua contratação ser avaliada em torno de 20 milhões de reais, mas assim como Éverton, que também foi caro, é um jogador que viria pra jogar e que compensaria o investimento. Outro nome, que foi especulado no início do ano, é o de Éder, atacante ítalo-brasileiro da Inter de Milão, e já que foi especulado uma vez, porque não consultar de novo?

Basicamente é isso, quem tiver mais sugestões, deixe seu comentário, e vamos torcer para que o time volte ainda melhor após a parada da Copa!

Saudações.

Este post tem um comentário

  1. Julio

    Se for pra trazer meia boca, vamos dar oportunidade para os jogadores da base, Tuta , walce, Rodrigo, Weverson, Luan, Cássio, Igor Gomes, Helinho, Toro e vai por aí.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.