Segunda Tricolor: Tarde inesperada no Rio e em Barueri

(Foto: André Durão)

Fala Nação Tricolor, tudo em cima?

Uma tarde muito feliz para o torcedor Tricolor em duas cidades diferentes, afinal os times principais de ambas as categorias, masculino e feminino, tiveram resultados inesperados na tarde de domingo (01). Resultados extremamente importantes das equipes de Fernando Diniz e Lucas Piccinato e que dão muita moral para a sequência das competições.

Contra todas as apostas e todos os palpites da imprensa pelo nosso Brasil, o São Paulo não só ganhou do Flamengo, como jogou muita bola dentro do estádio do Maracanã. Local que o São Paulo não perde para o Flamengo desde 2015, já são cinco anos sem derrotas na “casa” do time carioca.

Foi uma tarde onde tudo parecia que iria dar errado no começo, afinal depois de um leve domínio do São Paulo nos primeiros cinco minutos, em sua primeira chegada ao ataque o Flamengo marcou com Pedro. O psicológico do time comandado por Diniz sempre foi uma preocupação durante toda a temporada, mas pelo bem do torcedor apesar do gol sofrido bem cedo o São Paulo não se abalou e conseguiu empatar pouco depois de sofrer o gol. Depois do empate tudo começou a dar certo para o São Paulo.

Volpi sem dúvidas foi o principal, afinal defendeu nada menos que dois pênaltis, o primeiro quando ainda estava 1×1 e o segundo quando o jogo já estava 3×1 evitando a reação do Flamengo. Volpi decidiu atrás e ajudou na frente também com uma assistência para o quarto gol, e a dupla de ataque mais uma vez decidiu. Já faltam palavras para falar sobre a importância de Brenner e Luciano nesses últimos jogos do SP, o camisa 30 marcou 5 gols dos últimos 8 marcados pelo São Paulo em três partidas. Agora Brenner tem 13 gols na temporada e isso já é mais que o número de gols somados de Pato e Pablo no ano passado que marcaram 12. Luciano desde que chegou tem sido cada vez mais importante, decidindo com gols e assistências, recompondo para defender e mostrando vontade.

Apesar da preocupação com o próximo jogo, contra o Lanús, o torcedor tem que sim comemorar e exaltar muito essa vitória do São Paulo. Bom lembrar que o tabu continua, o São Paulo não perde para o Flamengo desde 2017, uma derrota no estádio da Portuguesa do Rio e não perde para o Flamengo no Maraca desde 2015, no Morumbi nem se fala, a última foi em 2011, estreia de Luís Fabiano.

Enquanto o jogo do masculino rolava no Rio, as comandadas de Piccinato jogavam em Barueri e avançaram a semifinais do Brasileirão feminino Série A1. Para isso tiveram que eliminar o grande time do Santos que conta com a ex- são-paulina e grande nome do futebol feminino, Cristiane. As sereias da Vila terminaram a fase classificatória em primeiro lugar enquanto o São Paulo foi apenas o oitavo. O primeiro jogo com mando Tricolor terminou 0x0, na volta, na Arena Barueri, as meninas do São Paulo não só venceram por 2×0 com gols de Jaqueline e Thais de pênalti, como dominaram o forte time do Santos. Agora, Cristiane verá seu ex time jogar a semifinais contra o bom time do Avaí.

Parabéns a todas as jogadoras e toda a comissão técnica que em sua primeira vez na Série A1 já chegam entre as quatro melhores equipes. O caminho ainda é difícil, tem bons times pela frente, mas não é impossível sonhar com o título.

UMA ÓTIMA SEMANA A TODOS!

Gustavo Dervelan (@dervelan_1999)

Gustavo Dervelan

20 anos, Paulistano e são-paulino de berço! Estudante de Jornalismo na Universidade São Judas Tadeu. Apaixonado por esportes Brasil a fora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: