São Paulo e Grêmio acertam troca de atacantes

(Reprodução)

O São Paulo e o Grêmio acertaram a troca de atacantes envolvendo Luciano do Grêmio para o Morumbi, e Everton do São Paulo para Porto Alegre.

Luciano, 27 anos, trabalhou com Fernando Diniz no início de 2019 pelo Fluminense, foram 31 jogos e 15 gols marcados naquela ocasião. O atacante passou por Atlético Goianiense, Avaí, Corinthians, Leganés e Panathinaikos, retornou para o futebol brasileiro no Fluminense, mas rescindiu com o clube por conta dos salários atrasados. No Grêmio foram 36 jogos e 8 gols.

Everton, 31 anos, chegou no Morumbi em 2018 e teve destaque no início, foi decisivo durante o Brasileirão de 2018. Mas a lesão contra o Ceará o tirou de ritmo, caiu de produção naquele ano, em 2019 não recuperou futebol e foi perdendo espaços no São Paulo. Com Diniz entra durante os jogos, marcou gol contra o Guarani neste Paulistão 2020, e tem atuado como um lateral-esquerdo improvisado no desespero. No Morumbi foram 70 jogos com 8 gols marcados e 10 assistências.

Everton tinha contrato com o São Paulo até o meio de 2021, enquanto Luciano tinha contrato com o Grêmio até o fim de 2022. A troca não envolveu financeiro entre os times.

A negociação tinha travado na última semana, pois o Grêmio queria manter uma parte dos direitos de Luciano, o São Paulo exigiu que o clube gaúcho repasse por completo, e também negociou com o Leganés-ESP que tinha 50% do atacante… Depois do acordo que São Paulo permanece com 50% de Everton e o Grêmio com uma parte de Luciano, a negociação foi concretizada pelos clubes.

E aí, aprovou a negociação?

Facebook: @SPFC24Horas.com.br | Instagram: @spfc24horas | Twitter: @spfc24horas_

Fábio Martins

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.