São Paulo bate Paulistano e garante primeira colocação geral no Paulista de basquete

No Ginásio do Morumbi, o São Paulo recebeu o Paulistano pela penúltima partida da fase realinhamento do Campeonato Paulista 2021. Uma vitória garantia ao Tricolor a primeira colocação geral do estadual, fundamental para ter vantagem de decidir todos as séries de playoffs em casa. Portanto, graças ao triunfo por 76 x 71, a equipe conseguiu atingir o objetivo. Bennett e Tyrone foram os destaques do jogo e comandaram o time.

Primeiro Período – São Paulo 17 x 17 Paulistano – Parcial no quarto (17 x 17 – Total)

O Paulistano estava desfalcado, mas começou melhor e liderou a parcial no começo do jogo. Por sua vez, o Tricolor conseguiu tomar a frente do placar com Marquinhos, em chute de três. Depois, no mesmo arremesso de longe, Tyrone abriu boa vantagem para o São Paulo e forçou um pedido de tempo do rival. Porém, após essa pausa, os visitantes se animaram, aproveitaram os espaços e buscaram o empate, igualando o equilibrado quarto.

Segundo Período – São Paulo 18 x 17 Paulistano – Parcial no quarto (35 x 34 – Total)

Ao contrário do período anterior, o São Paulo foi melhor inicialmente. Tyrone seguiu muito bem no ataque, e Isaac também desencantou. Além disso, Bruno Caboclo, voltando de lesão, entrou no jogo. Assim, em um bom momento, o time de Mortari abriu sete pontos de vantagem. Contudo, a equipe se desarrumou e viu o Paulistano crescer novamente no fim, principalmente no garrafão. Isso quase resultou em um novo empate, mas o Tricolor conseguiu ir para o intervalo na frente.

Destaques do 1º Tempo:

  • Tyrone – 13 pontos
  • Marquinhos – 8 pontos
  • Isaac– 8 pontos

Segundo Período – São Paulo 23 x 24 Paulistano – Parcial no quarto (58 x 58 – Total)

Na volta do intervalo, Tyrone seguiu se mostrando presente ofensivamente, só que o Tricolor continuou defendendo mal debaixo da cesta. Com isso, foi a vez do Paulistano abrir vantagem de seis pontos. Então, Bennett, que já estava bem na partida, começou a aparecer no ataque e foi importante na retomada do placar. Além dele, Marquinhos também deu as caras e teve grande sequência de pontos, não o bastante para impedir um novo empate ao zerar do cronômetro.

Segundo Período – São Paulo 18 x 13 Paulistano – Parcial no quarto (76 x 71 – Total)

O último período teve dois momentos completamente diferentes. Primeiro, o São Paulo dominou o Paulistano, chegando a fazer 15 x 0 na parcial. Bennett chamou a responsabilidade e foi fundamental na defesa e no ataque, alimentando Tyrone e fazendo estrago com a dobradinha. Ainda, Caboclo também pontuou e ajudou na criação da vantagem. Mas os visitantes acordaram e correram atrás do resultado, fazendo uma corrida de 13 x 3, que deu tons dramáticos ao jogo, terminando com vitória emocionante do Tricolor.

Notas

Marquinhos: 7 – Importante em certos momentos da partida, fez de tudo um pouco como sempre. Ajudou na armação, pontuou e pegou rebotes importantes (16 pontos, 5 rebotes e 5 assistências)

Bennett: 9 – Assumiu o protagonismo no momento crucial do jogo. Também ajudou na criação, teve um excelente papel defensivo e se fez presente no ataque (11 pontos, 6 rebotes e 8 assistências)

Bruno Caboclo: 5.5 – Voltando de lesão, o ala-pivô teve um retorno apagado, mas mostrou como faz diferença em quadra e vai ser importante quando retomar a melhor forma (5 pontos e 5 rebotes)

Tyrone: 8 – Cestinha do jogo, o camisa 0 Tricolor foi responsável por deixar o São Paulo no jogo nos momentos de crescimento do Paulistano, ainda mais, foi fundamental na arrancada final que garantiu uma gordura ao time. (25 pontos e 9 rebotes)

Henrique Coelho: 4 – Sumido no jogo, o armador não conseguiu ser criativo e, consequentemente, não organizou o time, que precisou recorrer a outros atletas para construir jogadas.  Além disso, não participou do ataque para compensar (5 pontos, 4 rebotes e 1 assistência)

Alex Doria: 5 – Participou bem do jogo quando esteve em quadra, demonstrou alternativa no garrafão, mas não atuou por muito tempo. (3 pontos e 1 rebote)

Isaac: 6.5 – Discreto.  Participou pouco do ataque e não fez a diferença nos arremessos de longe, mas ajudou na pontuação, principalmente no primeiro tempo (10 pontos)

Ware: não jogou

Lucas Bebê: Não Jogou

Eugeniusz: não jogou

Pedro: não jogou

Caio Torres: não Jogou

Kauan Raymundo: não jogou

Considerações finais

A última partida do São Paulo pela 2ª fase do Campeonato Paulista será contra Franca. A bola sobe no próximo domingo (26), às 17h30, no Ginásio Pedrocão. Assim, a equipe já mira os playoffs e segue firme em busca do título estadual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: