Notas – Flamengo 0 x 1 São Paulo

(Foto: @saopaulofc)

No retorno do Campeonato Brasileiro, o São Paulo visitou o atual líder Flamengo no Maracanã lotado e acabou vencendo por 1 a 0, a famosa lei do ex com Éverton!

Em um primeiro tempo bastante brigado, o São Paulo começou marcando forte, e explorando espaços deixados pelo Flamengo, mas não conseguiu aproveitar contra-ataques, teve chances com Éverton, Diego Souza e Nene, mas nenhum aproveitou. Foi o Flamengo que chegou com mais perigo no fim da primeira etapa, após falta cobrada por Diego, Paquetá ganhou de cabeça da defesa do São Paulo, e Sidão ficou no meio do caminho, bola foi no travessão, que susto!

Logo no início do segundo tempo, aos 2′, o São Paulo contra-atacou, Nene errou o primeiro cruzamento, no segundo mandou forte demais, mas o Tricolor recuperou, a bola chegou em Joao Rojas que cruzou na medida para Éverton marcar de cabeça, 1 a 0. Aos 5′ Guerrero teve boa chance, cabeceou fraco e Sidão defendeu. Com 12′ Marlos Moreno teve ótima chance, mas não dominou, felizmente para o São Paulo. Aos 14′ foi a resposta, Nene chutou de fora da área e passou com perigo. Aos 15′ foi o Flamengo que chutou de fora, Sidão assustou, mas defendeu. Aos 20′ novamente Sidão trabalhou, pegou uma bola em cima, mas rebateu para o meio da área, Uribe perdeu. No minuto seguinte, novamente Sidão trabalhou, cabeçada no chão, com perigo, e Sidão defendeu. O Flamengo partiu para cima com tudo, o jogo ficou quente, mas permaneceu no 1 a 0.

Notas –

Sidão – De fato não passa confiança, novamente contou com a sorte, mas também fez duas defesas importantes no segundo tempo. 6.5

Militão – Teve uma atuação regular, seguro pelo seu setor de campo, e desafogou bem algumas jogadas que vieram ‘ruins’. 6.5

Arboleda – O defensor ganhou praticamente todos os lances que disputou no mano a mano. 7.0

Anderson Martins – Primeiro tempo impecável, ganhou todas, cortes cruciais, no segundo tempo foi bem pelo chão, mas pelo alto precisa se colocar melhor, teve pelo menos três lances que passou da bola. 6.5

Reinaldo – Atuação regular, sua principal função foi incomodar o Paquetá e fez isso muito bem, mas precisa mais atenção na marcação. 6.0

Jucilei – Atuou por cerca de 30 minutos, estava fazendo uma boa partida, mas sentiu lesão, que pena. 6.0

Hudson – Ótima partida do volante são-paulino, recuperando bolas, marcando demais, dando carrinho em jogadas ‘perdidas’, e a missão era difícil contra três meias de qualidade do adversário. 7.5

Nene – Não estava em um dia feliz, errou a maioria das jogadas que tentou, mas não deixou de ser participativo e de surgir ofensivamente, quase marcou um golaço. 6.0

Joao Rojas – Boa estreia do equatoriano, fez o que era programado, partiu para cima do adversário, quase marcou um gol em jogada individual, e ainda deu o cruzamento para o gol, causou pelo lado direito e ainda ajudou o time na recuperação da bola. 7.5

Éverton – Estava nervoso no primeiro tempo, torcida vaiando, não acertava as jogadas, recebeu um cartão amarelo besta, mas logo no começo do segundo tempo marcou o gol e ficou mais solto. 7.5

Diego Souza – Lutou demais, é outro Diego Souza, e incomodou o adversário em todo o momento, a defesa deles vai sonhar com o centroavante são-paulino. 7.0

Liziero – Entrou no lugar do Jucilei ainda no primeiro tempo, não comprometeu e também não criou muito. 6.0

Araruna – Entrou para segurar o resultado, naquela função que fez em outros dois jogos pelo lado direito, mas esteve meio perdido, recebeu amarelo por ter entrado sem ‘autorização’ do árbitro, sem sentido, depois um outro amarelo pela entrada, acabou expulso… 5.5

Tréllez – Também entrou todo deslocado, no fim do jogo para segurar o resultado, não somou muito. 5.5

Aguirre – Escalou o ‘básico’ que já vinha treinando na intertemporada e usou no jogo-treino, deu resultado, o time foi superior que o Flamengo, venceu o jogo de um rival que não tinha perdido em casa ainda, as entradas de Araruna e Tréllez não concordei muito, deixou o time lento e tinha espaço para contra-atacar, mas no fim deu tudo certo. 7.5

Nota geral – O São Paulo fez uma partida de muita entrega e foi compensado pela vitória fora de casa, valeu os três pontos e o sinal que o time vai brigar até o último segundo. 7.5

Bola cheia –

Entrega – Às vezes pode faltar qualidade técnica, mas não está faltando garra, disputam a bola como se fosse a última, estão focados!

Hudson – O volante foi gigante na partida, ganhou todas as jogadas no meio de campo, se multiplicou na marcação, toda hora aparecia ele desarmando alguém.

Joao Rojas – Ótima estreia do atacante, não sentiu o peso da camisa, entrou com personalidade e foi decisivo para o resultado.

Éverton – Se o cartão amarelo foi muito infantil, colocou a cabeça no lugar, esqueceu as vaias e fez o gol da vitória, a lei do ex respira!

Resultado – Não é fácil voltar de um período de pausa e enfrentar logo o líder do campeonato que não perdeu um jogo em casa na temporada, com o Maracanã lotado, tendo lesão importante no primeiro tempo, e mesmo assim conseguir o resultado? É de se comemorar sim, coloca o São Paulo na briga de vez!

Bola murcha –

Atenção – Apesar da garra e entrega, o São Paulo assustou em alguns lances, falha na marcação ou Sidão em saídas estranhas, é sempre importante corrigir os erros, e ter foco os 90′, como o Guerrero subir sozinho para cabecear uma bola no fim do jogo, já sofremos empate contra o Fluminense em vacilo semelhante, ou aquele lance do Marlos Moreno, que se domina fica cara a cara com o goleiro…

Físico – Como o time joga com muita entrega, em determinado momento do jogo, acabam sentindo fisicamente, é preciso ficar atento, já que Jucilei saiu machucado, Rojas e Éverton também saíram, mas foi mais pelo cansaço aparentemente, e outros atletas mostraram muito desgaste na reta final.

Abraços

Fábio Martins

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.