Notas: Bragantino 4×2 São Paulo | 28ª rodada – Brasileirão 2020

(Foto: @SaoPauloFC)

O São Paulo foi até Bragança Paulista enfrentar o Bragantino pela 28ª rodada do Brasileirão 2020 e acabou sendo derrotado por 4×2, com gols marcados por Tchê Tchê e Gonzalo Carneiro.

Notas –

Tiago Volpi: Salvou o time de uma goleada maior. 7,0.

Igor Vinícius: Perdido, bizarramente mal marcando. 2,0

Diego Costa: Pior em campo. 2 gols do Bragantino na conta dele. 0,0

Bruno Alves: Perdido, deixando espaços livres. Péssimo. 1,0

Reinaldo: Não conseguiu criar ofensivamente, defensivamente mal. 3,0

Tchê Tchê: Personagem do jogo. Cornetado pelo Diniz, autor de um dos gols do São Paulo e expulso em lance infantil. 2,0

Daniel Alves: Deu início a tragédia, entregando o primeiro gol. Desligado, mal demais! 0,0

Gabriel Sara: Não conseguiu criar, chutou bizarramente quando teve a oportunidade. 2,0

Igor Gomes: Sumido no jogo, quando teve a bola parece ter entrado na comunidade de atletismo do clube. Correu o campo todo pra contornar a própria zaga. 2,0

Vitor Bueno: Brigou pela bola no começo, mas caiu de rendimento junto ao time. Substituído sem agregar. O trote ao voltar pra marcar é o que mais irrita o torcedor. 2,0

Brenner: Teve poucas oportunidades, desperdiçando-as. Não ajudou a equipe. 2,0

Léo: Entrou no intervalo, no lugar do péssimo Diego Costa. Todas as vezes, correndo atrás do atacante. Seis por meia dúzia. 3,0

Paulo Boia: Entrou no intervalo, no lugar do péssimo Igor Vinícius. Mal encostou na bola, poucas oportunidades de pisar e trazer o jogo pra si. 5,0.

Rodrigo Nestor: Entrou no lugar de Vitor Bueno aos 62 minutos, após a expulsão de Tchê Tchê. Pouco apareceu. Ao menos não levamos mais gols com sua marcação. 5,0

Santiago Tréllez: Entrou aos 75’, no lugar do Igor Gomes. Não apareceu pro jogo, pouco efetivo ofensivamente. 4,0

Gonzalo Carneiro: Autor de um dos gols mais bizarros da história do futebol já aos acréscimos. Pela luta e o gol chorado, nota 7,5.

Diniz: Escalou o que tinha à disposição para o jogo. Considero o menos culpado. De qualquer forma, se exaltou demais com o Tchê Tchê. Descarregou a tensão do jogo no atleta. 4,0

Nota geral: Considero o desempenho da equipe como critério. Péssimo. 0,0.

Bola cheia

Gonzalo Carneiro. Um gol que pode dar confiança ao centroavante uruguaio, que já passou por muita coisa e recebe poucas oportunidades. Soube aproveitar a chance que teve, mesmo em um gol chorado. Seu contrato se encerra em março. A ver se irão renovar.

Bola murcha

Desfalques. Inovando um pouco neste quadro, dou a bola murcha da partida de hoje aos desfalques (ou melhor, do peso que tiveram no desempenho do São Paulo). Sem o Luan, a marcação é extremamente fragilizada. Não podemos depender de nenhum jogador.

Abraços

Gabriel Sá

Facebook: @SPFC24Horas | Instagram: @spfc24horas | Twitter: @spfc24horas_

Gabriel Sa

Gabriel Sa

15 anos, fundador e administrador do portal Noticias do Tricolor. Acima de tudo, são-paulino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.