No primeiro jogo do ano no Morumbi, SanSão é o ponto de equilíbrio e confiança na reta final

 

Foto: Folhapress

Neste Domingo (10), em clássico válido pela 29ª rodada, começa a contagem regressiva do Brasileirão. O São Paulo estreia no Morumbi em 2021 com 10 jogos para encerrar a temporada. Duelo decisivo para voltar a vencer e manter vantagem na ponta. O alvinegro praiano, focado na Libertadores, poupará a maioria de seus atletas.

FICHA TÉCNICA:

Jogo: São Paulo x Santos

Local: Morumbi

Data: 10 de Janeiro, às 16h

Árbitro: Braulio da Silva Machado  (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Alex dos Santos (SC)

Árbitro de Vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)

Assistentes de Vídeo: Marielson Alves Silva (BA) e Éder Alexandre (SC)

Transmissão: Globo e Premiere

DADOS HISTÓRICOS:

Jogos: 311

Vitórias do São Paulo: 134

Vitórias do Santos: 104

Empates: 74

Gols do São Paulo: 517

Gols do Santos: 448

Primeira partida: Santos 2 x 2 São Paulo – Vila Belmiro, Campeonato Paulista em 1930

Última partida: Santos 2 x 2 São Paulo – Vila Belmiro, Brasileirão 2020

ÚLTIMO CONFRONTO

Pela 10ª Rodada do Campeonato Brasileiro, na Vila Belmiro, o SanSão terminou empatado em 2 a 2. O confronto foi marcado pela ótima atuação de Gabriel Sara, a primeira partida do meia jogando mais avançado, caindo pela faixa direita do campo, anotando os dois gols da equipe tricolor. 

Em jogo bem movimentado, o São Paulo saiu na frente após Sara aproveitar falha de Luan Peres e deslocar o goleiro João Paulo. Madson, com sua principal arma ofensiva, empatou de cabeça. Logo na sequência, Sara recebeu lançamento de Igor Vinícius e colocou novamente o tricolor na frente do placar. 

Após longa pausa na partida causada pelos refletores da Vila, Marinho, que havia começado o confronto no banco de reservas, empatou em batida de falta na intermediária esquerda do campo. Lance foi marcado pela falha do goleiro Volpi, que pediu para a barreira abrir e sequer tocou na bola. 

CURIOSIDADES

O primeiro jogo com portões fechados pela pandemia foi justamente contra o Santos, no Campeonato Paulista de 2020, no Morumbi. O duelo realizado em 14 de março terminou 2 a 1 para o São Paulo, de virada, com 2 gols de Pablo. 

O São Paulo não perde para o Santos desde o dia 27 de Janeiro de 2019, pelo Campeonato Paulista. São 2 vitórias e 2 empates desde então. A última conquista do Peixe no Morumbi foi em 2018, por 1 a 0, gol de Gabigol, também pelo Paulistão.

Os santistas não vencem um clássico desde outubro de 2019, na vitíria de 2 a 0 sobre o Palmeiras, na Vila Belmiro.

RECUPERAR A CONFIANÇA APÓS ÚLTIMOS RESULTADOS

Eliminado da tão sonhada Copa do Brasil para o Grêmio, o São Paulo começou 2021 com uma derrota pra lá de amarga em Bragança Paulista, por um generoso 4 a 2.

Agora, o tricolor desafia um Santos com a cabeça na semifinal da Copa Libertadores, e tenta se aproveitar disso para manter a vantagem na liderança da competição. 

O desfalque de Luan, suspenso, foi muito sentido contra o Bragantino. O volante retorna e deve aumentar o desempenho defensivo do time e dar um maior equilíbrio entre os setores, peça crucial para a equipe desde sua entrada no time titular contra o Atlético-Go, pela 14ª rodada. 

O aproveitamento são-paulino comprova ainda mais a necessidade de Luan, com ele o tricolor possui a marca de 72,9% dos pontos conquistados. Na sua ausência o número é de apenas 37,7%. Os dados são do “SofaScore”,  site especializado em estatísticas de futebol. 

Além dele, peças importantes também retornam aos 11 iniciais, como Juanfran e Arboleda. Pablo treinou normalmente e será opção do técnico Fernando Diniz. Luciano ainda é dúvida. 

DE OLHO NO ADVERSÁRIO 

O último jogo do time da baixada foi contra o Boca Juniors na Argentina. O empate sem gols coloca uma importância ainda maior para o confronto de volta, na próxima quarta-feira (13). Por isso, o Santos deve ir com uma escalação recheada de reservas, assim como fez contra o Flamengo, quando também poupou seus atletas para a competição sul-americana. Na ocasião, a equipe santista levou 4 a 1 dos cariocas. 

PROVÁVEIS TIMES:

São Paulo: Tiago Volpi; Juanfran, Arboleda, Léo (Diego Costa) e Reinaldo; Luan, Gabriel Sara, Daniel Alves e Igor Gomes; Vitor Bueno (Luciano ou Pablo) e Brenner. 

Desfalques: Toró (Covid), Bruno Alves (suspenso) e Tchê Tchê (suspenso).

Santos: João Paulo, Madson, Alex, Laercio (Luiz Felipe) e Luan Peres; Sandry, Jobson e Jean Mota (Pituca); Arthur Gomes, Bruno Marques e Tailson.

Desfalques: John (Covid) e Wagner Leonardo (Covid)

 

Lucas Capeloci

@lucascapeloci

Lucas Capeloci

Lucas Capeloci

24 anos, talvez o dobro disso desfrutando da catarse do futebol em gerações passadas. Jornalista que gosta de histórias, cotidiano, tecnologia, esportes e sua diversidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.