Notas – Bahia 1×3 São Paulo | 23ª rodada – Brasileirão 2020

Jogadores do São Paulo contra o Bahia — Foto: Tiago Caldas / Estadão Conteúdo

Foto: Tiago Caldas – Estadão

O nosso costume aqui é sempre analisar e dar as notas referentes a uma partida como um todo, mas hoje tivemos, sim, somente meio tempo de jogo.

São Paulo cansou de errar no primeiro tempo, podemos chegar nesta posição com o congestionamento feito pelo Bahia no meio de campo, causando um jogo feio dos dois lados.

Não vi nenhuma superioridade de nenhum dos dois times na primeira etapa.

Então vamos dar as notas pelo segundo tempo, claro os que jogaram no primeiro tempo também merecem nota:

Volpi – Ainda toma gol de bola cruzada rasteira o que assusta, é falho na saída de gol e hoje quase causou sua expulsão, mas segurou quando precisou – Nota 6

Juanfran – Jogou somente o primeiro tempo, foi bem nos cruzamentos e só, parecia cansado para voltar e recompor a defesa- Nota 4

Arboleda Foi melhor, ganhou todas por cima, fez um belo gol, mas no gol do Bahia, poderia ter feito eficaz, mas voltou bem, participativo, podemos confiar nele, jogando..rs – Nota 8

Léo – Mais pelo primeiro tempo que apoiou como lateral, perdeu bolas bobas e mas não complicou e sua força assusta e é boa para nós – Nota 5

Reinaldo Poderia dizer que foi um dos melhores em campo pelas três assistências dadas aos gols, mas na sua retaguarda tomamos o gol, mas jogou muito, sem mi mi  mi- Nota 8

Luan – Sozinho no primeiro tempo, mas seus passes e troca de bola, e desarmes, foi que salvou nosso time no primeiro tempo, no segundo anulou Rodriguinho, gostei e a cada dia se firmando
mais no meio, e esta melhorando sua saída de bola – Nota 7

Daniel Alves – Se joga na bola, corre, da carrinho, lança, difícil não gostar de Dani, hoje foi muito melhor no segundo tempo, virando o jogo e marcando quando tinha que marcar, eu tenho uma certa preocupação com sua idade, mas a cada dia me surpreende sua dedicação e entrega ao time – Nota 7

Igor Gomes – Tá difícil falar muito de Igor, tem hora que muda o jogo e o transforma, trava, tem hora que não acerta uma passe, mas é um jogador que marca, e joga muito coletivamente, sua dedicação supera as vezes os erros por isto – Nota 7

Gabriel Sara – É um motorzinho, não para, mas um erro seu quase tomamos um gol bobo na saída de bola, pela marcação e batalha minha nota, hoje ficou devendo
chegar mais no ataque – Nota 7

Luciano – Muito bem por dois gols, sabendo onde tem a bola para tocar para dentro, marcou bem e foi o diferencial do time pelos gols, fez dois, um de bicicleta pela insistência e posicionamento, e outro de bateu de primeira, coisa de quem conhece e sabe o que esta fazendo, posição e segurança e muita muita confiança, assim ele leva minha nota máxima aqui hoje – Nota 10 (primeira vez que dou..kkk)

Brenner – Hoje jogou um pouco mais fora da área, o que deve ter atrapalhado não fazer nenhum, mas voltou ajudou na marcação e sempre mostrando a bola em direção ao gol, foi caçado
no primeiro tempo, como querendo intimidar, mas não ficou assustado, por isto minha nota – Nota – 7

Tchê Tchê – Entrou no lugar de Juanfran, foi melhor que o espanhol, mas todos melhoraram no segundo tempo, aparece mais que Juanfran na frente, mas cruza mal – Nota 6

Vitor Bueno – Por incrível que  pareça foi um dos motivos na melhora de todos, fez bem o meio e desmontou o time baiano, frequentando tanto o meio de campo quanto a ponta esquerda, enfim hoje entrou bem, foi uma bela surpresa – Nota 8

Rodrigo Nestor – Entrou e ajudou a fortalecer o meio, tem cara de ser muito, muito promissor, toca fácil, aparece para o jogo, espero vê-lo dando muita alegria a nós – Nota 6

Pablo – E aí ? Eu até gosto de Pablo, mas tem hora que desanima, mas uma coisa podemos escrever, ele corre, marcar e de sua cabeça na defesa tirou um gol do Bahia – Nota 5

Hernanes – Ainda fico na duvida da condição física de Hernanes, mas técnica é excelente, ainda não entrou no ritmo de toca e vai, ele sempre quer o drible e dar sequência sozinho – Nota 5

Diniz – Este foi para mim o personagem do jogo, mudou completamente o segundo tempo. Vendo como o Bahia povoou o meio de campo, fez a mudança de tirar Léo e Juanfran e colocou Vitor Bueno e Tchê Tchê, isto mostra como a equipe é treinada e sabe o que o treinador quer, onde quer e como quer.
Hoje deu para notar como Diniz tem o elenco na mão e sabe tirar proveito de cada um no momento certo, exemplo disto foi Arboleda, confiou no zagueiro, minha nota seria a maior de todas, mas pelo primeiro tempo, vai ser menor – Nota 9

Bola Murcha – Complicou, tá difícil, bom vou dar ao todo time pelo primeiro tempo medonho e vergonhoso, deu raiva de ver todos, então a Bola Murcha foi o horroroso time do São Paulo no primeiro tempo.

Bola Cheia – Poderia também dar para o time todo, mas vamos ser justo com Reinaldo com três assistência perfeitas e Luciano que aproveitou duas destas assistências, Bola Cheia dupla – Reinaldo e Luciano

Bom pela nota deu para terem uma ideia do primeiro tempo, mas conseguimos segurar assim mesmo um time desfigurado do Bahia, que também não deu trabalho. O São Paulo jogou uma segunda etapa quase que perfeita, até fazer os três a zero, deu uma paradinha, pois poderia fazer mais, e ao contrário tomou um gol no contra ataque de quem entrou para isto, Nino Paraíba.

O que mais me deixou contente que estamos vendo uma equipe unida, e que pode chegar longe, apesar dos inúmeros contra que vemos diariamente da torcida.

Veja a tabela, estamos em segundo lugar com um (1) ponto a menos que o primeiro colocado, mas temos mais 6 pontos a disputar.
O que você acha?  Dá para acreditar?

Eu sou meio contemporâneo e muito otimista, acho que vamos ter alegrias com esta equipe, com este time, com este treinador.

Até a próxima
Lembrem: Usem máscara e álcool gel sempre.

Abração de longe
Pedro Sforcini
@sforcinijunior (Twitter)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.