Marcos Guilherme se despede do São Paulo: “Foi o período mais feliz da minha vida”

Foto: Site oficial/saopaulofc.net

Após ter feito o sexto jogo pelo São Paulo no Brasileirão 2018, Marcos Guilherme falou em tom de despedida, mas ainda citou que tinha esperanças, já o diretor Raí dizia que esperaria o começo da semana para definir o futuro do atacante, porém neste domingo (3) foi confirmado oficialmente que o atleta não seguirá no clube.

Só tenho a agradecer ao São Paulo por todo o esforço que fez para que eu permanecesse, por tudo que vivi aqui, aos torcedores, dirigentes, funcionários. Realizei um sonho, e com certeza foi o período mais feliz da minha vida. Espero voltar a jogar aqui. Até logo”, falou o Marcos para o site oficial.

Com 49 jogos e 10 gols marcados, Marcos Guilherme foi importante na reação do São Paulo em 2017, quando chegou o time vivia um período turbulento e lutando contra o rebaixamento, logo na estreia marcou dois gols contra o Botafogo, se firmou no time, e atuou em 44 jogos seguidos desde que chegou contra o Botafogo até abril de 2018 quando não entrou no jogo contra o Atlético-PR, um dos recordes na história do clube.

Neste domingo (3) em reapresentação, o atacante Marcos Guilherme esteve presente, mas se reuniu com Raí e pediu que fosse liberado do clube, logo em seguida se despediu dos companheiros.

Agradecemos pela dedicação e empenho do Marcos Guilherme enquanto jogador do São Paulo. É um grande profissional, e por isso fizemos todo o esforço para que permanecesse. Infelizmente, nesse momento não será possível, o Atlético tem outras caminhos para ele e não cedeu nas conversas. Desejamos sucesso a ele e as portas estarão sempre abertas”, afirmou Raí.

Na despedida contra o Palmeiras, no Choque-Rei, o gol foi dado para o atacante que citou em entrevista que seria espetacular se despedir do clube em um clássico na qual ele teria feito o gol da vitória, mas não aconteceu…

Jogador importante, obviamente, temos falado com a diretoria, mas tem coisas que às vezes dificultam a continuidade do jogador, não é meu desejo, ou da diretoria, mas tem coisas que acontecem, se ficar tudo bem, se tiver que ir embora tudo bem também, temos que pensar em outra solução”, falou Aguirre em entrevista após o Choque-Rei.

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.