Repercussão do jogo: Juan Branda comenta sobre estratégia e Léo exalta defesa

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Na última quarta-feira, São Paulo e Corinthians não saíram do 0x0 em jogo que foi disputado no Neo Química Arena pela 8ª rodada do campeonato brasileiro. No pós jogo do clássico, tivemos Juan Branda, auxiliar técnico do São Paulo que está comandando o time nas partidas, comentando sobre Miranda, Rigoni, Bentitez, e também o zagueiro Léo, exaltando parte do time, confira toda a repercussão do jogo.

Confira as notas de São Paulo 0x0 Corinthians

Branda comenta sobre cansaço do time e estratégia usada para o jogo

Em coletiva pós-jogo, Juan Branda destacou alguns pontos sobre o jogo, uso de jogadores e estratégias, além de substituições. Sobre começar com Luan, Liziero, Daniel Alves e Benitez no meio, Branda disse: “Tratamos de buscar, tanto com o Daniel Alves, quanto com o Liziero e Benitez, ocupar o meio de campo com as chegadas dos meios-campistas. Acreditamos que poderia ter acontecido mais”. Juan ainda comentou a respeito do atacante Rigoni, que apesar de vir em um bom momento, começou no banco para o clássico. “Já falamos outras vezes que ele (Rigoni) não iria jogar seguidamente no início. Mas quando chegou algo precisou atuar em muitos jogos e sentiu alguns incômodos. Estamos controlando o aspecto físico ao longo das partidas”, disse o auxiliar.

O São Paulo produziu pouco no jogo, e finalizou apenas 3 vezes no gol. Mas, apesar da falta de ofensividade, Juan Branda afirmou na repercussão do jogo que o tricolor entrou no jogo com a intenção de ser ofensivo. “A intenção foi ser ofensivo. Não terminamos no último terço como gostaríamos, mas a ideia foi ser ofensivo”, disse Branda. O auxiliar ainda comentou sobre a substituição do Miranda no final do jogo: “Sim, Miranda sentiu um desconforto e tiramos ele para cuidar”.

Léo exalta defesa e comemora boa partida

Após bom jogo, no qual contribui defensivamente e ofensivamente, Léo ganhou o prêmio de craque do jogo da TV Globo. O jogador exaltou seus companheiros de defesa, e ainda comemorou o prêmio. “Quero dedicar esse prêmio para toda a equipe e a galera da zaga que trabalha todos os dias, toda a equipe. Não foi o resultado que queríamos, não tomamos gol e agora é focar no próximo jogo”, disse Léo.

Tabu continua

Outra repercussão do jogo foi o tabu do São Paulo não ganhar do Corinthians na Neo Química Arena ter continuado. Após o empate, já são 15 jogos sem ganhar na casa do rival. Mas, apesar do número negativo, com o resultado de 0x0, foi a primeira vez que o time do São Paulo visitou o rival em sua casa e não levou um gol sequer.

Patrick Rehder

Patrick Rehder

Estudante de jornalismo. Colunista e ADM do SPFC 24 HORAS. Twitter: @1caraQualqueer

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.