Herói da vitória diante do Linense, Rodrigo Caio vê São Paulo melhor na partida, dedica gol ao grupo e afirma: “Não tem vaidade nenhuma”

Rodrigo Caio marcou seu primeiro gol em 2018. (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

O São Paulo venceu o Linense neste domingo, no Estádio Gilbertão, em Lins, (4) por 2 a 1 e quebrou o jejum de três jogos sem vencer no Campeonato Paulista. De quebra, a equipe abriu vantagem na liderança do Grupo B da competição. Após a partida, o autor do gol da vitória, Rodrigo Caio, falou com os jornalistas presentes no estádio.

Ainda no campo e bastante contagiado pelo gol que marcou nos acréscimos da segunda etapa, o zagueiro ouviu Diego Souza fazer um desabafo ao repórter e depois deu seu parecer.

O camisa 3 explicou as palavras do atacante reforçando que muitas coisas são ditas pela imprensa e torcida no dia a dia e que não são verdade. O elenco do São Paulo não se deve deixar influenciar por essa pressão externa.

Rodrigo também fez questão de reforçar que o grupo está em construção, com jogadores recém-chegados, que teve pouco tempo para treinar e entrosar, mas que aos poucos vai se acertando. O zagueiro julgou como boas as participações de Diego Souza e Nenê, que entraram no decorrer do jogo, e afirmou que é assim que se constrói uma equipe forte.

O zagueiro também revelou que pensou em comemorar com Dorival Júnior logo após marcar o gol, pois o treinador merece, está trabalhando muito e é bastante querido pelo elenco.

Sobre o clássico de quinta-feira (8), próximo compromisso do Tricolor, Rodrigo foi confiante e afirmou que a equipe está preparada para o desafio.

“Eu posso dizer que a gente está preparado, eu acho que o momento de jogar um clássico é esse. Vamos entrar muito focados, dar o nosso melhor… O resultado a gente não controla, mas uma boa atuação a gente pode controlar”

Fora de campo

Com menos adrenalina no corpo, Rodrigo voltou a se dirigir aos repórteres na zona mista do estádio do Linense. O zagueiro analisou a partida e julgou a vitória um resultado justo. Disse que o time se arriscou em busca do resultado positivo, o que fez com que ele e Arboleda tivessem que ficar mais expostos em certos momentos.

Novamente questionado sobre a comemoração do gol e o clima animado pela vitória, Rodrigo rasgou elogios ao elenco do São Paulo.

“Esse grupo é muito bom, todos se gostam, não tem vaidade nenhuma, todos são alegres e isso contagia. Não tem coisa mais importante do que isso, por isso esse gol não é só meu, é do grupo”

O zagueiro também fez questão de valorizar Dorival Júnior, que em sua opinião é alguém muito trabalhador e sincero, e afirmou que os jogadores sempre entram em campo tentando fazer o que o comandante pede.

Rodrigo também voltou a comentar sobre o clássico contra o Palmeiras, que para o jogador é um dos melhores times do Brasil no momento. O camisa 3 disse entender a cobrança para cima do São Paulo, devido às duas derrotas anteriores em clássicos, mas que é necessário inteligência e tranquilidade para disputar a partida da próxima quinta-feira.

Álvaro Logullo

21 anos, estudante de jornalismo e devoto do São Paulo FC. Filho, neto, irmão e sobrinho de são-paulinos. Apaixonado por estádios de futebol, pretendo ir a todos os jogos do Tricolor, no Morumbi, em 2018. Porque se a fase é ruim, o amor é eterno!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.