Depois da campanha, São Paulo justifica falta de uniformes femininos e promete melhorias na linha feminina

Nivea Kalmar, musa do São Paulo, em apresentação dos uniformes da Under Armour em 2015. (Foto: saopaulofc.net)

Depois da campanha bem sucedida do #saopaulinasuniformizadas no Twitter e outras redes sociais, o São Paulo se posicionou sobre o assunto na noite de terça-feira (7).

A campanha #saopaulinasuniformezadas esteve entre os mais comentados do Twitter no Brasil na noite de segunda-feira (6), a ação mira direitos iguais para as mulheres que querem comprar produtos do clube, mas que nunca encontram a linha feminina, muitas vezes acabam tendo que recorrer a linha infantil.

Também pelo Twitter, a comunicação do São Paulo elogiou a ‘justa manifestação’ dos torcedores e citou a alta venda dos produtos femininos, o que prejudicou o estoque, mas que está sendo reabastecido segundo a ‘nota oficial’.

 

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.