Crespo mira ‘ficar dez anos’ e lamenta empate; Léo diz ‘falar menos e trabalhar mais’

SPFCTV

No terceiro empate seguido do São Paulo no Brasileirão 2021, desta vez contra a lanterna Chapecoense, 1×1… Ou seja, repercutiu bastante, e o técnico Crespo explicou situações da partida.

Crespo sobre a partida

O treinador falou sobre a partida: “Acredito que tivemos a bola, fomos protagonistas. Tivemos muitas oportunidades de gol para fechar o placar. E quando não fecha o placar, no futebol de altíssimo nível, pode pagar caro. Acredito que o placar não foi justo. Merecíamos ganhar. Tivemos chances de gols, muitas. Tivemos ocasiões muito claras contra o goleiro deles, mas isso é o futebol, quando não fecha o resultado pode acontecer esse tipo de coisa”.

Em seguida frisou sobre o empate e tarde ruim: “Foi uma tarde ruim nesse sentido, porque fizemos talvez o gol mais difícil e aqueles que em teoria pareciam mais fáceis não fizemos. Na situação em que estamos não podemos permitir que isso aconteça numa tarde assim, em que fomos completamente superiores ao adversário. Futebol é assim. Agora é levantar a cabeça, pensar no clássico contra o Santos e tentar fazer uma sequencia de bons jogos e bons resultados”.

No questionamento sobre falta de jogadas, Crespo falou: “É uma pergunta ou afirmação? Não concordo com isso (falta de jogadas ofensivas). Acho que, já falei, se viu perfeitamente o jogo vê que tivemos ótimas chances. Esse jogo deveria acabar por dois ou três gols de diferença. Jogamos para ganhar de dois ou três gols de diferença. Não aconteceu. Não fechamos o placar. Eles tiveram uma mínima chance e empataram. Isso é o futebol. Mas acho que o time voltou a jogar com linha de passe, jogou pelos lados, jogou de maneira vertical. Chegamos ao gol adversário. Faltou fazer mais gols”.

Lembrança do Paulistão e ficar 10 anos?

Um tema constante tem sido a conquista do Estadual: “Tenho que pensar que fomos campeões no Paulista. Claramente não estou satisfeito. Acredito que vamos melhorar, continuar melhorando pelo objetivo, que é a Libertadores. Temos ainda rodadas importantes”.

Crespo citou sobre ficar mais dez anos:  “Penso sempre nas coisas. Penso no presente, porque é fundamental pensar sempre no presente, mas penso que vou ficar 10 anos no São Paulo. Minha ideia é sempre pensar no projeto. Meu pensamento sempre foi assim, independentemente do que pode acontecer. Penso no presente para conseguir essa vaga na Libertadores, mas penso como se vou estar aqui 10 anos”.

E o Léo na saída de campo

O zagueiro falou brevemente com a imprensa na saída do gramado: “A gente tem que só lamentar as chances que perdemos. Complicado nesse momento falar algo. É falar menos e trabalhar mais para acertar o que hoje não deu certo”.

Zagueiros acionados demais?

Galeano e Arboleda fora no próximo jogo

Titular na ala, o paraguaio recebeu terceiro amarelo e está fora do próximo jogo que será o SanSão com volta do público. Ou seja, Crespo terá problemas no time, já que Arboleda também estará fora por conta da seleção.

Organizada apoia Crespo

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: