Notas: Chapecoense 1×1 São Paulo | 23ª rodada – Brasileirão 2021

Bom dia, boa tarde e boa noite Nação Tricolor.

Rubens Chiri / www.saopaulofc.net

O São Paulo visitou a lanterna da competição, Chapecoense, e saiu com um empate bem amargo de 1×1…

Em um primeiro tempo com domínio são-paulino, mas com poucas chances de gols… Ou seja, o São Paulo explorou os alas, mas os cruzamentos ficaram sempre no quase. Caminhava para o empate de 0x0, até que Liziero carregou a bola, foi desarmado, mas sobrou para Rigoni que soltou um belo chute de canhota, 1×0. Entretanto, a Chape soltou mais e deu ataques perigosos, um com Anselmo Ramon, ficou no quase, só que no contra-ataque Rigoni teve uma grande chance, tocou por cima do goleiro, foi para fora…

Na etapa complementar, o São Paulo manteve o domínio, teve boa oportunidade de ampliar com Rigoni. Mas na reta final foi a Chapecoense que acabou empatando em vacilo no corte defensivo do time, e Dener deixou tudo igual, 1×1. No desespero, o São Paulo teve chances, a melhor com Calleri que já tinha marcado impedido, mas acabou parando no goleiro.

Notas –

Volpi – Claramente muito inseguro, uma hora faz boa defesa, nas outras vai muito mal, e pior ainda na reposição. 3.0

Arboleda – Cortou várias jogadas, tirou de cabeça, pelo chão, então foi um dos únicos que salvou. 6.5

Miranda – Assim como Arboleda, também fez muitos cortes e desarmes, portanto sobressaiu. 6.5

Léo – Fez três desarmes, mas no gol sofrido acabou rebatendo no pé do adversário, um pouco de azar… 5.0

Galeano – Vontade não faltou, mas qualidade… Errou maioria dos cruzamentos e muitas vezes com receio de ir para frente, é um ponta de ala, com liberdade, podia mais. 4.0

Liziero – Um jogador irregular, que fez uma boa jogada no gol, e outras que tentou clarear. Mas tem momentos que apaga no jogo… 5.0

Nestor – Venceu apenas um duelo de 7 disputados, no geral, ficou devendo na marcação e armação. Entretanto, tem muita qualidade nas viradas de jogo. 4.0

Luciano – Como meia atacante não funcionou, perdido, e quando apareceu na área, chutes sem força, má atuação. 3.0

Welington – Em sete cruzamentos, acertou dois… Ou seja, mesmo sendo participativo, ficou devendo. 4.5

Rigoni – Fez um golaço e salvou sua atuação. Pois perdeu outras duas chances claras, mas não tem como culpa-lo, é o nosso melhor jogador atualmente. 7.0

Eder – Teve empenho, mas um centroavante que não finaliza e pouco cria com o lanterna, fica complicado… 3.0

Luan – O volante entrou para segurar o resultado, venceu maioria das disputas, mas não conseguiu empate e no geral pouco contribuiu. 5.0

Calleri – Em 25 minutos, participou bastante, fez um gol impedido, e perdeu uma ótima oportunidade. Portanto ainda sem ritmo, mas deve ajudar a equipe. 6.0

Marquinhos – Entrou no fim da partida, como ala esquerda, e não conseguiu produzir muito. Sem nota

Igor Gomes – Entrou aos 87′, como um ala direito, e ganhou algumas disputas, mas também não produziu jogadas. Sem nota

Crespo – A queda do São Paulo é notória há muito tempo, e hoje era jogo para vencer. Mas o time não venceu e muito menos convenceu no desempenho, é preocupante ver a queda absurda, física, tática, e tudo mais… Pressão vai aumentar e muito! 3.0

Nota geral – O treinador não é o culpado único. O time jogando contra o lanterna, podia mostrar mais ambição de vencer, não mostraram e mereceram sofrer o empate. ZERO

Bola cheia

Dupla de zaga  Arboleda e Miranda merecem destaque por cortarem muitas jogadas. Mas claro, enfrentaram o pior ataque do torneio, mesmo assim, no geral, fizeram sua parte.

Bola murcha

Atuação – O desempenho do time está cada vez pior… E o elenco no geral, está completo desta vez. Enfrentamos o pior time da competição, não conseguiu impor tanto apesar do domínio, e ainda sofreu empate.

Fundamentos – Talvez seja um absurdo, mas vou citar aqui Telê Santana que nos anos 80 na seleção brasileira frisava treinamento de fundamentos. E hoje, vejo que o São Paulo precisa muito treinar fundamentos, passe, cruzamento, domínio, e por fim, finalização, é cada jogada absurda, que assusta!

Falhas – O São Paulo é um time inseguro e irregular. Não consegue segurar o placar nem com um dos piores ataques, tá sempre correndo risco e não mata o jogo.

Ambição – Você vê o time aceitando situações de jogo. No 0x0, no 0x1, no 1×1, é pouca ambição para quem discursa por Libertadores ou algo mais. Ou seja, precisa de Muricy Ramalho, Belmonte, e comissão técnica mudarem postura, precisa mexer no ambiente, isso há tempos!

Abraços

Fábio Martins (@fbiomartins1)

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

One thought on “Notas: Chapecoense 1×1 São Paulo | 23ª rodada – Brasileirão 2021

  • 4 de outubro de 2021 em 08:54
    Permalink

    O Rogerio vem ai.
    Naõ gosto dele mas… que se vai fazer… o Crespo vai embora por imcompetencia !!!!!
    Rogerio é orgulhoso, vaidoso e mascarado!!!!
    Humildade ZERO !!!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: