Ceni cita possíveis 6 desfalques contra o São Paulo e ainda espera exame de dupla

O Flamengo enfrentou o Atlético Goianiense na noite de sábado (14) e acabou empatando em 1×1 no Maracanã, aumentando sequência negativa da equipe que agora é comandada por Rogério Ceni.

Além do resultado, que inclusive fez o São Paulo passar a equipe flamenguista na classificação, o time teve dois problemas durante a partida, Gabriel saiu com dores musculares, e Thiago Maia sofreu entorse no joelho, virando dúvida para enfrentar o São Paulo no Morumbi na quarta (18).

Rogério Ceni comentou após partida: “Pedro como já devem saber, foi cortado da Seleção por uma lesão. Rodrigo Caio, Diego e Filipe Luis não têm condições para quarta. Vamos ter que avaliar o Gabriel. Também no Thiago Maia. O Isla, pela distância, acho difícil poder. O Everton Ribeiro, possivelmente deve jogar o segundo jogo da Seleção. Infelizmente nós temos um grande número de jogadores experientes com alguns problemas”.

CONFIRA ⇒ São Paulo venceu Fortaleza e ainda ‘poupou’ peças

O Flamengo ainda teve a notícia do corte do Pedro da seleção brasileira que jogou na sexta (13) e o centroavante entrou no decorrer da vitória de 1×0 sobre a Venezuela no Morumbi, e iria para o jogo contra o Uruguai na terça (17), mas devido cansaço muscular, acabou cortado. Everton Ribeiro segue na seleção e atuou no jogo contra a Venezuela, e deve ser titular na segunda partida. Isla também foi titular pelo Chile que venceu o Peru por 2×0.

Nos casos de Everton Ribeiro e Isla são duvidas, mas podem aparecer na partida do Morumbi, Pedro também pode surgir caso reúna condições físicas.

Desfalques confirmados por Rogério Ceni foram apenas Rodrigo Caio, Diego e Filipe Luis, que já não atuaram no primeiro jogo, assim como Pedro, Everton Ribeiro e Isla também ficaram fora da ida que ficou em 2×1 para o São Paulo.

Facebook: @SPFC24Horas | Instagram: @spfc24horas | Twitter: @spfc24horas_

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário