Candidato ao Conselho, filho de Kalef cita sobre atual política do clube: ‘Um lixo’

Saudações tricolores! Depois das entrevistas com outros conselheiros que disputam, Kristian Orberg e Fábio Machado, é a vez de trazer um bate papo com Ricardo Kalef, candidato ao conselho deliberativo. As eleições ocorrem nesse sábado (28).

(Reprodução)

Ricardo Kalef é publicitário e filho do saudoso Kalef João Francisco que tanto fez pelo nosso Clube nos anos 90, atuando como um dirigente de futebol.

Para começarmos fale um pouco mais sobre você e sobre a sua carreira profissional. São Paulino desde quando?
Sou publicitário com 19 anos de carreira e trabalhei em grandes agencias atendendo grandes contas do mercado de propaganda.
São Paulino desde de sempre. Minha estreia no Morumbi foi quando tinha 4 anos e entrei de mascote com o Gilmar na final do campeonato paulista de 1985 contra a portuguesa onde nos sagramos campeões.

– Seu Pai sendo um grande são paulino e influente dentro do clube você crê em alguma vantagem nisso ou uma pressão maior por ele ter feito tanto por lá? Como você enxerga a herança da família do nome com vários conselheiros como Natel, Kalef, Marcelinho.
Acho que não tem pressão, nem vantagem. Sócio consciente não vota em nome, vote em quem confia para mudar o São Paulo, vota em quem esta presente no clube, conhece as pessoas, conhece os problemas do clube e entende os problemas do futebol.

Ter o sobrenome não cria vantagem mas ajuda mas não apenas pelo sobrenome mas pq tivemos pais, ou qualquer outro parentesco, presentes no São Paulo o que nos deu a oportunidade de conhecer mais de perto como funcionam as coisas no sp. Digo que isso nos deu uma experiência antecipada.

– Como você vê a atual gestão e como acha que pode ajudar sendo conselheiro?
Atual gestão não teve sorte. vemos pela seca de títulos, contratações erradas, marketing inoperante. O presidente Leco se cercou de muita gente ruim.
O conselho precisa ser renovado, precisa de gente mais nova para dar um gás, para apresentar propostas, para pensar somente no São Paulo, para ser fiscalizador. E é isso que pretendo fazer. Existem muitos conselheiros antigos que são fantásticos e acho que é a hora de aliar a experiência deles com sangue novo para o São Paulo evoluir.

– O que acha do atual Marketing do São Paulo? Como melhorar arrecadação com ele?
Inoperante. Precisamos melhorar como instituição. Realizar um choque de gestão e colocar nessa pasta, pessoas que sejam do mercado para que haja uma estratégia de marketing eficiente. Somos muito grandes para estarmos como estamos nesse segmento.

– O que acha do atual elenco? Prevê muitas vendas?
Acho um elenco nota 6. elenco, não time. Prevejo muitas vendas em função da divida que temos. Não existe outra saída a curto prazo.

– Sua chapa apoia o Natel, você entende que o plano de gestão dele é a salvação pro são Paulo? O plano de recuperação financeira precisa ser a primeira coisa a ser feito pela nova gestão?
Começo da salvação. Uma gestão não salva o clube do descaso e da negligencia que aconteceram nos últimos anos. O plano de recuperação financeira tem que ser um dos principais focos do presidente. O MAC tocará o futebol com muita competência como sempre fez e levara apenas as decisões muito importantes para o presidente por isso a recuperação financeira deve ser um dos principais focos, assim como o futebol profissional e a base.

– Como você vê a atual politica do clube?
Curto e grosso: um lixo
Vamos mudar isso

-Vimos que tem muitos candidatos por volta dos 30 anos sendo bem novos, você acha que isso pode ser extremamente importante para o futuro do clube?
Extremamente. Aliar a juventude o sangue novo, novas ideias com a experiência dos excelentes conselheiros que lá estão é fundamental para voltarmos aos tempos de gloria.

Igor Santos 

(@igorsantos_98)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.