Análise do adversário – Internacional – 10ª Rodada

(Foto: Ricardo Duarte)

Nesta terça-feira, 5 de junho de 2018, o São Paulo encara o Internacional pelo primeiro turno do Brasileirão 2018, o jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Nacional, ocorrerá às 21 horas no Estádio do Morumbi.

São Paulo e Internacional que já disputaram final da Copa Libertadores em 2006, semifinal da competição internacional em 2010, entre outros duelos importantes na história, ao todo foram 75 partidas com 27 vitórias do São Paulo, 24 empates e 24 vitórias do Internacional, o equilíbrio é grande.

VEJA ⇒ Saiba todos os detalhes do pré-jogo contra o Internacional

Em 2018, o Inter que retornou para a Série A do Campeonato Brasileiro, após disputar a Série B pela primeira vez na sua história, ainda no fim de 2017, os gaúchos trocaram de técnico, iniciaram o ano com o Odair Hellmann efetivado, treinador da base, também já foi auxiliar técnico. Com o jovem treinador, o Inter viveu altos e baixos na temporadas, o início foi promissor, mas a derrota para o Grêmio na primeira fase do Gaúcho e logo em seguida eliminação para o rival nas quartas de final, prejudicou um pouco o trabalho, nem demorou muito e o time ainda acabou eliminado na Copa do Brasil para o Vitória, nos pênaltis…

Ao todo na temporada, o time comandado por Odair Hellmann fez 28 partidas, venceu 14, empatou 7 e perdeu outras 7, marcou 37 gols e sofreu 19, o que mostra o estilo da equipe na temporada e também o seu poder defensivo. O atual momento do Inter é positivo, depois de viver um período complicado de eliminações, e um começo ruim no Brasileiro, o Inter vem de uma sequência sem derrotas, empatou com o Grêmio fora, venceu Chapecoense, Internacional e Vitória, na última rodada empate em 0 a 0 com o Sport em casa.

Para o jogo contra o São Paulo, o treinador do Inter não deve inventar, deve seguir o seu estilo de jogo no 4-3-3 com: Danilo Fernandes, Zeca, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Charles (Gabriel Dias), Edenilson e Patrick; Potker, Lucca e Damião. O esquema é formado com três volantes, sem contar com Rodrigo Dourado, a duvida está entre Gabriel Dias que sofreu uma pancada no treino e Charles, junto com Edenilson, atleta polivalente, e o ex-Sport, Patrick, volante que marca bastante, mas também está saindo bastante para o jogo, aparecendo com perigo ofensivamente. O trio de ataque são de atletas finalizadores, Potker e Lucca atuam pelas beiradas, mas ambos já foram centroavantes e se der espaço vão optar pela finalização, no caso Potker tem até o estilo de trombador.

Na atual temporada, o artilheiro da equipe é o uruguaio Nico López, apenas seis gols em 22 jogos, em seguida Potker com cinco gols, atleta que vive uma seca de 11 jogos sem marcar gols, depois o volante Patrick surge com os mesmo 5 gols, este que contém 4 assistências, seguido pelo D’Alessandro que é um dos artilheiros, líderes de assistências do time, mas não atuará na partida, e o time perde bastante sem o atleta na armação.

Ponto forte: Marcação, o time do Inter quando joga no estilo fechado como deve vir para o Morumbi, é difícil furar, o Grêmio recentemente sofreu com isso, é um jogo muito tático e desgastante para o adversário. Outro fator importante são as opções na reserva, Rossi, Nico López e Camilo podem mudar o jogo no segundo tempo, os atacantes foram decisivos em jogos recentes.

Ponto fraco: Apesar do ataque ser perigoso, bons jogadores individual, Lucca e Potker não são aqueles pontas que incomodam com dribles, ambos são mais de surpreender entrando na área, portanto às vezes falta esse recurso do drible e a velocidade para o time, por isso já empatou algumas vezes por 0 a 0, mesmo fazendo atuações seguras defensivamente, o ataque não rendeu o esperado, foram muito previsível.

Fique de olho: Patrick, o volante que veio do Sport vive um bom momento, está tendo liberdade como volante e tem sido importante, fez cinco gols, deu quatro assistências e ainda colabora na marcação.

Reencontro: Alguns jogadores do atual elenco do Inter quase vieram parar no Morumbi, mas o reencontro da vez é com o zagueiro e agora lateral-direito, Danilo Silva, atleta de 31 anos, atuou no São Paulo em 2007, fez três partidas e foi campeão brasileiro com o Tricolor naquele ano, mas logo deixou o clube e foi justamente para o Internacional naquele época.

Caso tenha alguma informação ou correção, comente…

Fábio Martins

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.