Análise do adversário: Destrinchando o Deportes Tolima na Sul-Americana 2023

(Foto: Tolima)

 

Na Sul-Americana 2023, o São Paulo chega na 3ª rodada para enfrentar o Deportes Tolima, clube colombiano que era tido como a força do grupo junto com o Tricolor. Mas vive uma fase conturbada e será a primeira vez que as equipes duelam na história.

O clube

O tradicional Deportes Tolima, nasceu em 1954, mas não era um clube tão falado no Brasil, até a Pré-Libertadores de 2011 quando eliminou o Corinthians. Ali a equipe repercutiu bastante no futebol brasileiro e desde então tem sido um time indigesto para alguns brasileiros como na Libertadores de 2022 onde enfrentou Atlético e América. Bem verdade que perdeu para o Atlético e empatou com América em casa, mas venceu ambos fora.

Na história, o Tolima tem três títulos Colombianos, 2003, 2018 e 2021. Uma Copa da Colômbia em 2014, e uma Série B em 1994. De 2010 para cá, tem tido bons resultados no Campeonato Colombiano e portanto jogando torneios sul-americanos com mais regularidade.

Estádio

O Estádio Manuel Murillo Toro é o palco do Tolima, fica em sua cidade, Ibagué, e tem capacidade para mais de 30 mil pessoas.

O atual momento

A fase do Tolima é ruim, são seis jogos sem vencer, o treinador longevo do clube foi demitido na quarta derrota, Hernán Torres. E o novo treinador ainda não estreou, fará o seu primeiro jogo justamente contra o São Paulo.

A equipe colombiana realizou 20 jogos, venceu apenas 6, empatou 7 e perdeu 7. Foram 22 gols marcados e 24 sofridos, ou seja, não tem feito uma temporada interessante. Com isso é o 13ª colocado do Campeonato Colombiano e deve ficar fora das fases decisivas do Apertura.

Na Sul-Americana, a trajetória começou com vitória sobre o Junior Barranquilla, 1a0, e credenciou o time para a fase de grupos. Começou vencendo o Puerto Cabello, fora de casa, 2a0, quebrando uma sequência incrível dos venezuelanos, e depois sofreu virada para o Tigre, em casa, 2a1.

Novo comandante

O novo comandante do time é o argentino Juan Cruz Real, de apenas 46 anos, que anteriormente trabalhou em Belén FC, Estudiantes de Merida, Alianza Petrolero, Jaguares de Córdoba, América de Cali e Junior Barranquilla. Os dois últimos, grandes clubes colombianos, e sua trajetória mais longeva em jogos, foi no Junior, onde disputou a Sul-Americana de 2022.

Em um grupo tenso na Sula de 2022, o Junior ficou em terceiro lugar com 10 pontos, atrás do Unión Santa Fé, líder com 12, e do Fluminense com 11 pontos. A equipe colombiana venceu o Fluminense, ainda de Abel Braga, por 3a0, depois perdeu a volta de 2a1, já com Diniz. No último trabalho usava o 4-2-3-1, com muita movimentação dos laterais e principalmente dos meio campistas mais recuados da equipe. Resta saber se manterá a ideia no novo clube.

O time

Com a mudança de treinador, é difícil projetar um time, mas o Tolima tem jogado no 4-2-3-1 com: Vargas, Riascos, Quiñones (capitão), Cuenú e Hernández (Arboleda); Trujillo e Ríos; Guzmán, Arango e Boné; Herazo.

É um time que tem muitas peças no meio de campo, fecham e atacam com cinco. Mas ao mesmo tempo, as linhas ficam espaçadas e dá espaço para o outro time jogar, pelo menos deu para perceber isso nos últimos jogos da equipe. Gostam de um lançamento longo procurando Herazo que sempre busca um companheiro, assim como o experiente Juan Fernando Caicedo que foi titular contra o Tigre. Ambos centroavantes de força física.

A estratégia

Imagem

O Tolima contém dois centroavantes de muita força física, e presença de área. São eles Juan Fernando Caicedo e Diego Herazo, ambos revezam nos jogos e na titularidade. Curiosamente ambos atuaram bastante no ano, mas é raro vê-los juntos pela característica semelhante.

Na última partida, o Lucumí, que era uma joia colombiana, jogou nas seleções de base em 2015, mas não estourou na carreira. Voltou depois de um mês, e jogou 45 minutos, é velocista, pode ser uma opção para variar o jogo. Outro que atuou em seleções de base, mas do Uruguai, é o Boné, jogador que mais atuou pelo Tolima na temporada, são 19 jogos, 3 gols e 1 assistência. Curiosamente, o uruguaio jogou no Vila Nova de Goiás, na Série B de 2019, sem grande sucesso.

Outra opção curiosa, mas que é reserva, Brayan Gil, jovem atacante de El Salvador, e defendeu sua seleção em amistoso recentemente.

Ponto forte

Começam de começar a jogada com toques de bola, construindo até o campo de ataque. Mas tem um detalhe, apesar do estilo de toque de bola, eles também gostam de lançamentos longos surpreendendo o adversário e explorando a força dos seus dois centroavantes de força física. Assim fizeram alguns gols na temporada, contra o Tigre foi um deles.

Ponto fraco

Apesar de inúmeras opções no meio de campo, a equipe é muito espaçado no meio de campo, e sofre contragolpes, ou mesmo com toques de bola rápido, envolve o sistema adversário. Assim a defesa fica perdida, dá para sentir nos números e analisando partidas, que o time tem problemas defensivos, foram 24 gols sofridos em 20 jogos na temporada.

Fique de olho

Apesar da fase atualmente estar ruim, a equipe possui um atacante na qual o Tricolor deverá estar atento. Se trata de Diego Herazo, centroavante do Deportes Tolima. O jogador foi titular em seis jogos na temporada e marcou cinco gols, deve ser mantido na titularidade, apesar do revezamento com Juan Fernando Caicedo, que é outro jogador forte e perigoso no jogo aéreo.

Curiosidade

O Tolima tem um goleiro brasileiro, Neto Volpi, pois não assuste com o sobrenome, ele realmente é parente de Tiago Volpi, ex-São Paulo. É primo dele, e tem passagem por outros clubes colombiano, América de Cali e Deportivo Pasto. Mas estava no Peñarol do Uruguai e ainda não estreou no Tolima.

Agradecer a colaboração do Willian Matheus que acompanhou partidas do Tolima e também analisou o novo treinador da equipe

Tem alguma informação ou correção? Pode subir nos comentários, agradecemos!

Abraços

Fábio Martins

Fábio Martins

Formado em jornalismo, ADM do SPFC 24 Horas desde 2012 e principal responsável pelo site e redes sociais desde 2014. Twitter: @fbiomartins1

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.