Aguirre muda e São Paulo vence o clássico

Parece que, ao menos por hora, Aguirre definiu o esquema tático que o São Paulo jogará sob seu comando. O time estava muito inconstante e hoje, contra o Santos, ele entrou em um esquema variante de 4-2-3-1 com a bola e 4-4-2 sem a bola.

A escalação foi: Sidão; Militão, Anderson Martins, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei, Hudson e Nenê; Everton, Marcos Guilherme e Diego Souza.

Com a bola, Nenê, Marcos Guilherme e Everton faziam a linha de 3 atrás do Diego Souza. Hudson deu sustentação ao meio de campo e foi bem demais no jogo de hoje. Sem a bola, Marcos Guilherme e Everton recuavam e compunham uma linha segunda linha de 4 juntamente com Jucilei e Hudson, liberando um pouco mais Nenê e Diego Souza da marcação. Os dois pontas são os jogadores mais importantes do esquema e Marcos Guilherme mostra sua importância em jogos como o de hoje. Ele não é um primor tecnicamente, mas é muito importante taticamente. Não há outro jogador no elenco que faça o que ele faz.O time começou abafando e não deixando o Santos jogar, mas, como em outros jogos, perdeu muitas chances.

(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Esse é um ponto importante a ser trabalhado por Aguirre. Após os 20 minutos, o São Paulo abaixou um pouco a pressão e o jogo ficou mais igual, mas com o São Paulo continuando a dominar as ações e o Santos jogando em um possível contra ataque, apostando na velocidade de seus atacantes. No primeiro tempo, o São Paulo criou, pelo menos, quatro oportunidades que não conseguiu converter em gols.

No segundo tempo, o jogo continuou com o ritmo do primeiro tempo até que, em cruzamento de Everton, Diego Souza ganhou do zagueiro e abriu o placar. Gol merecido e placar merecido pelo que os dois times mostravam até o momento. Após o gol, outro velho problema: o time recuou demais e chamou o Santos pro seu campo. Passando sufoco nos minutos finais. Além de não ter convertido a pressão dos primeiros muitos em gols, após o gol, o São Paulo teve duas chances claras em contra ataques com Everton e Nenê. Everton errou o ultimo passe para Trelléz e Nenê segurou muito a bola, esperando a defesa se recompor.

O que se pode levar de positivo desse jogo é a entrega do time. Três jogadores tiveram câimbras e Marcos Guilherme terminou o jogo sem nenhuma condição de jogo. Sem os três zagueiros e três volantes, o time tem tudo para engrenar e vale a pena esperar evolução.

Notas dos jogadores:
Sidão: Fez uma defesa importante, falhou em outros 2 lances que poderiam ter resultado em gol do Santos. 6,5
Militão: Muito seguro e importante na recomposição defensiva. Parece até lateral de origem. 7
Anderson Martins: Fez bom jogo. Seguro e salvou um lance quase em cima da linha. Expulso no final. 6
Bruno Alves: Há tempos merecia a titularidade. Firme, joga simples e ganha todas no alto. Baita partida. 8
Reinaldo: Importante no apoio e na contenção. Partida regular do lateral. 7
Jucilei: Motorzinho do time. Marca muito e distribui bem o jogo. 8
Hudson: Muito bem no jogo. Deu a contenção pro meio que Petros não estava dando. Firme na marcação e sem enrolar com a bola no pé. Fez o simples. 7,5
Nenê: Hoje, como meia central, segurou um ponto a mais bola. Poderia ter distribuído melhor o jogo e feito a bola correr mais. No mais, parece que tem 23 anos. 6,5
Marcos Guilherme: Como dito acima, não é um primor técnico, mas ajuda muito taticamente e se doa como poucos. Merece um esforço da diretoria. Esforço não é loucura. 7
Everton: Faz o mesmo papel do Marcos Guilherme do lado esquerdo. Importante demais no esquema de Aguirre. 7
Diego Souza: Gol e muita movimentação na frente. Outro belo jogo. 8,5
Liziero, Edmar e Trelléz: Entraram e mantiveram o ritmo. Bom jogo dos três. 6,5
Aguirre: Demorou um pouco para entender que o time não funciona jogando com três zagueiros e três volantes. Nenê não pode jogar aberto em uma das pontas. Hoje, escalou Nenê centralizado e dois pontas que ajudam muito na marcação. Time fez ótimo jogo. Esperamos que mantenha o esquema. 7,5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.