Vamos ver o que acontece

Para quem esperava uma goleada contra o Atlético MG, depois de um ridículo jogo contra o América MG, foi lucro.

O importante foi a atitude dos jogadores, correndo os 90 minutos e marcando em cima o Galo. Não deixando eles jogarem.

Pelo menos, dois jogos seguidos sem tomar gols.

De ruim, não há explicação para deixar de fora um volante meia como Gabriel Neves e colocar Benítez no banco, sem utilizá-lo.

Se Benítez não tem condições físicas para jogar, porque deixá-lo no banco?

É algo sem explicação!

Colocar Calleri aos 40 e poucos minutos, é ridículo, porque o que 8 minutos vão fazer diferença?

O jogador teria que jogar uns 20 minutos para ir readquirindo ritmo de jogo.

A cada jogo, minutos a mais.

Parece que as conversas na sexta-feira resultaram em algo de bom.

Muricy é craque nisso!

Era o que tinha que ser feito.

Agora vai ter uma semana para treinar para o jogo contra a Chape, essencial 3 pontos.

A sequência tem Santos (casa), Cuiabá (fora), Ceará (casa) e Corinthians (casa).

Mais 2 vitórias e 2 empates seria o desejável. Ou seja, 11 pontos em 15 possíveis.

Acreditemos que essa semana de treinos seja proveitosa.

E que a programação de preparação física seja adequada, porque esse time tem que correr mais.

Só assim para sair dessa zona delicada, subir ponto a ponto.

Entretanto, o São Paulo tem que se afastar da zona de rebaixamento, ir ganhando 3 pontos a cada partida e talvez dependendo do “andar da carruagem”, pretender algo a mais.

Voltar a jogar bem, com fôlego para os 25 minutos finais das partidas e sendo inteligente taticamente é o que se precisa.

Vamos ver o que acontece.

Reprodução

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: