Ser Trikas ou não, eis a questão…

Nem Shakespeare faria um enredo misto com divertimento, tragicomédia e curiosidade.

Alguém na rede social inventou o termo “Trikas”, o vocábulo novo pegou, principalmente com os torcedores jovens.

Por outro lado, houve a truculência, cheia de ranço de violência, mentalidade atrasada e arcaica, chegando a ameaças aos próprios seguidores da organizada.

O clube, por sua vez, passou meio batido, apesar da apresentação de Nikão ser do Trikas.

Porquê passou batido? Porque o termo foi extremamente utilizado e ganhou manchetes, hashtags e etc. e o clube devia aproveitar esse embalo para “lucrar marqueteiramente”, inclusive alavancando os patrocínios maiores como Sportsbet.io e Bitso.

E bobeou e dançou…

Ainda pode repensar e aproveitar a “onda Trikas“, que veio tal um tsunami.

Acredito que por ser uma novidade, por ser um termo leve, alegre e fácil, pode pegar e ser incorporado pelos “teen são Paulino(a)s.

A rede social veio para o bem e para o mal…mas acho que ignorância, atraso e grosseria não vão fazer com que Trikas não seja usado.

Até pode fazer um efeito contrário tipo, ” ah, é não querem que eu use, então, agora vou usar”.

Quem gosta, use.

Quem não gosta, não use, mas respeite.

É preciso respeito quanto às diferenças e divergências.

Tem o gordo, o magro, o ateu, o evangélico, o católico, o judeu, o negro, o oriental, o índio, o mulato, o gay, a lésbica, o trans, o hetero, o deficiente, o idoso…todos merecem nosso respeito, podemos não concordar com a posição, mas há de ter respeito, para fazermos da convivência, um lugar melhor e com paz.

Já dizia um célebre sábio, “Amai uns aos outros…”.

Trikas parece que veio para ficar.

Assim como Patrick, Alison, Jandrei, Rafinha e Nikão também. Então, não critiquem!

Deixem eles jogar e mostrarem em campo, o que demonstraram nas coletivas.

Eu, fã do Rogério goleiro e maior jogador da história do SPFC, sou crítica do Ceni técnico.

Não queria a saída do Crespo…foi uma coisa nojenta dessa diretoria golpista, ao ver no dia seguinte a saída de Hernan, apagarem sua frase daquela parede.

Mas, como São Paulina, quero o melhor para o clube. O melhor é o atual, é o RC.

Então, é torcer, que ele encontre os melhores 11 para representarem nossa tradição.

Não vai ser fácil, há muitas possibilidades de variações táticas de acordo com os perfis escolhidos.

Que ele seja iluminado na hora de suas escolhas.

Eu e mais uns 19,99 milhões de torcedores estaremos aqui torcendo e querendo aplaudir.

O perfil do elenco mudou.

Faxinou-se.

Agora é hora de torcer para que dê certo, menos o golpe!

Não ao golpe!

É o 10 do Trikas(color)
(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.